quinta-feira, 30 de abril de 2020

Deputado Estadual e Delegado, Érick Lessa alerta: Pernambuco registrou alta de mais de 14% nos homicídios em março de 2020

Lessa: “É o terceiro mês seguido em que a violência volta a crescer no estado.
Considerando os três últimos meses, é um aumento de 10,4%”. (Alepe).

Pernambuco registrou alta de 14,2% nos homicídios em março de 2020, em comparação ao mesmo período do ano passado. O alerta foi feito pelo deputado Delegado Erick Lessa (PP), durante a Reunião Plenária da Assembleia Legislativa de Pernambuco, realizada na última semana. Ele, que coordena a Frente Parlamentar de Segurança Pública da Alepe, manifestou preocupação com o recrudescimento da violência no Estado, após a queda observada em 2018 e 2019.

“É o terceiro mês seguido em que a violência volta a crescer. Considerando os três últimos meses, é um aumento de 10,4%”, salientou. E ressaltou, ainda, a necessidade de reconhecimento salarial dos profissionais de segurança pública em meio à pandemia da Covid-19. “Assim como os trabalhadores da saúde, eles estão se expondo à possibilidade de serem atingidos pela doença por continuarem atuando nas ruas”, observou.

Assim como Lessa, o deputado Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB) também pediu que os trabalhadores de áreas essenciais tenham incremento salarial pelo trabalho em meio à pandemia. “Pensamos na situação de todos os profissionais que atuam na área de saúde, como médicos, enfermeiros, maqueiros, assim como os motoristas de ambulância e porteiros. E também nos bombeiros e policiais, tanto civis como militares”, listou.

Erick Lessa voltou a mencionar a necessidade de fiscalização do uso de recursos públicos no enfrentamento ao coronavírus. Ele informou ter pedido ao presidente da Comissão de Negócios Municipais, deputado Rogério Leão (PL), que o colegiado faça esse acompanhamento, juntamente com o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE).

Emenda destinada à Garanhuns por Eduardo da Fonte para construção de um posto de saúde não foi motivada por pedido de Zaqueu, foi em atenção ao Prefeito Izaías Régis

Vale lembrar que em 2018 quando o deputado Eduardo da Fonte destinou a emenda, 
Zaqueu era aliado de Silvio Costa Filho para quem pediu votos e inclusive era filiado ao partido dele.

Correligionários do vereador Zaqueu Lins (PP), pré-candidato a prefeito de Garanhuns, estão espalhando um vídeo nas redes sociais tentando atribuir a indicação de uma emenda parlamentar do deputado federal Eduardo da Fonte, do ano de 2018, ao vereador, que naquela época era aliado de Silvio Costa Filho. A intenção certamente é promover lucro político ao vereador, numa estratégia típica da velha política.

A história dessa emenda é muito fácil de se entender. Há cerca de três anos, o prefeito Izaías Régis estava em Brasília numa de suas viagens oficiais, e por acaso, se encontrou com o deputado Eduardo da Fonte. Foi quando o deputado teria dito que gostaria de fazer um gesto com Garanhuns, a pedido do seu ex-sogro, Carlos Wilson Campos (in memorian). “Izaías, meu ex-sogro gostava muito de você e certa vez me disse que se um dia eu pudesse lhe ajudar, o fizesse porque você era um amigo que ele tinha. Vou colocar uma unidade básica de saúde pra você”, teria dito o deputado ao prefeito. 

Segundo Izaías, em 2018, a assessoria do deputado entrou em contato com a gestão municipal para confirmar a destinação da emenda no valor de R$ 600 mil reais, o que configura que o gesto do deputado foi pessoal e não se deu por pedido de nenhum político de Garanhuns.

Vale lembrar que em 2018 quando o deputado Eduardo da Fonte destinou a emenda, Zaqueu era aliado de Silvio Costa Filho para quem pediu votos e inclusive era filiado ao partido dele. Mudou de partido no mês passado por conveniência política.

Blog do Néu