quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Polícia Civil de Canhotinho pede que população denuncie e ajude na elucidação do assassinato do vice-prefeito. Anonimato será garantido

Até o momento, ninguém foi preso; e ainda não há informações sobre a
motivação do crime. Delegacia de Canhotinho segue empenhada na elucidação do caso.

A Polícia Civil, através da Delegacia de Canhotinho divulgou nota nesta quarta-feira (19), onde informa dois telefones; por meio dos quais a população poderá ajudar na investigação do assassinato do vice-prefeito daquele município, Erinaldo Santos, ocorrido no início do mês na cidade; são eles: o disk-denúncia 81-3719-4545 ou o telefone da própria Delegacia de Canhotinho 87.3781.2811. De acordo com a PC, o anonimato será garantido para quem auxiliar no curso da investigação.

Relembre o caso – Erinaldo Santos (PSD) 52 anos; vice-prefeito de Canhotinho foi assassinado dentro da sua residência na manhã de quinta-feira, dia 13 de janeiro.

O político foi alvo de vários disparos de arma de fogo. O crime ocorreu por volta das 7h45. Erinaldo estava no segundo mandato e era pré-candidato a prefeito nas próximas eleições municipais. Até o momento, ninguém foi preso; e ainda não há informações sobre a motivação do crime. A Delegacia de Canhotinho segue empenhada na elucidação do caso.