terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

FOLIA: Prefeitura de Garanhuns divulga programação do Carnaval 2020

Shows terão início na terra da garoa na
sexta-feira (21), seguindo até a terça-feira (25).

Uma programação gratuita e repleta de atividades culturais promete agitar Garanhuns durante o Carnaval 2020. A Secretaria de Cultura divulgou hoje (18) a grade completa do evento, que este ano acontece entre os dias 21 e 25 de fevereiro. A festa conta com polos nos bairros Magano e Boa Vista, além do Parque Musical no Parque Euclides Dourado e eventos descentralizados apoiados pela Prefeitura. 

O Parque Musical vai trazer shows durante os quatro dias do Carnaval, sempre das 15h30min às 18h30min. No sábado (22), o show será marcado por artistas que apresentam músicas pop, com Davi Meneses e Josué Sax.

No domingo (23), será a vez de curtir apresentações da Música Popular Brasileira, com Fábio Aladin e Francielle. Segunda-feira (24), a música instrumental tomará conta do espaço, com Marcos Cabral e Banda. O Parque Musical encerra na terça-feira (25) com muito forró, que ficará por conta de Messias Sanfoneiro. Também haverá mais una edição da Feira no Parque. O espaço irá oferecer artesanato, plantas e gastronomia diversificada durante os dias de folia.
.

O primeiro bairro a receber a festa carnavalesca será o Magano, que terá shows a partir das 14h do domingo (23) com o grupo Ed Fernandes, Axé Retrô, Michele dos Anjos e Orquestra Metais no Frevo. Já na segunda (24), também a partir das 14h, é a vez do bairro Boa Vista promover o Carnaval, com o grupo Frevart, Paty Carlos, Banda UsCafuçu e a cantora Carla Marques. Na terça de Carnaval (25), no mesmo bairro, Wallace Santos, o grupo James Bonde, o conjunto Legião Brasileira do Samba se apresentam. O grupo o grupo Chibakana encerra o show de atrações do polo.

Bloco das Virgens — O tradicional Bloco das Virgens dará início à temporada de Carnaval na sexta-feira (21), com muita alegria e irreverência. O bloco fará seu 30° desfile oficial, prometendo reunir cerca de 10 a 12 mil pessoas para abrir a folia carnavalesca de 2020. A concentração está marcada para começar às 19h, na avenida Rui Barbosa, e depois segue em direção à Praça Mestre Dominguinhos. O show ficará por conta de Carla Marques e Banda.
.

Encontro Cultural Cordas, Flores, Cores e Poesia — O Parque Ruber Van Der Linden, conhecido como Pau Pombo, também contará com programação gratuita. O Encontro Cultural Cordas, Flores, Cores e Poesia inicia no sábado (22), com muita poesia, música e artes plásticas. O evento acontece das 10h às 20h e segue até a terça-feira (25).

Polos descentralizados — Ainda na programação das festividades carnavalescas de Garanhuns, a terceira edição do Carnaval da Paz da Liberdade acontece no domingo (23), a partir das 11h, e contará com diversas atrações musicais. O Bloco Camisa Azul, criado por moradores do bairro Magano, também acontece na sexta-feira (21), a partir das 19h. Para quem quiser outra opção, além da programação tradicional, o 2° Carnamoto Rock vai trazer shows de rock entre os dias 22 e 25 de fevereiro, a partir das 17h. O evento acontece na Praça Coronel Antônio Vítor, próximo à Praça Mestre Dominguinhos.
.

A pedido do MP, Juiz determina extinção de torcidas organizadas de PE

Decisão foi do juiz Augusto Sampaio Angelim, da 5ª Vara da
Fazenda Pública da Capital pernambucana, Recife.

O juiz Augusto Sampaio Angelim, da 5ª Vara da Fazenda Pública, decretou nesta terça-feira (17) a extinção compulsória da Torcida Jovem do Sport, da Inferno Coral e da Fanáutico. Também determinou que cada uma pague à Justiça 10% dos honorários advocatícios do valor da causa. A sentença foi resultado de duas ações movidas pelo Ministério Público de Pernambuco contra as torcidas organizadas, em 2012 e 2014. Mas que receberam forte pressão para serem finalizadas após o episódio mais recente de violência protagonizada por esses grupos, quando uma uniformizada do Sport invadiu festa de 106 anos do Santa Cruz, levando pânico ao bairro da Boa Vista, na região central do Recife.

Com a decisão do juiz Augusto Sampaio Angelim, a Receita Federal do Brasil está oficiada para cancelar os CNPJs das três torcidas organizadas, assim como o Banco do Brasil tomar todas as medidas cabíveis. 

Na primeira ação, apresentada pelo Ministério Público em 2012, além das três maiores torcidas organizadas de Pernambuco, foram citados ainda o Estado de Pernambuco, Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Federação Pernambucana de Futebol (FPF), além dos clubes Náutico, Sport e Santa Cruz. Isso porque o MPPE entendeu, na época, que essas entidades, de alguma forma contribuíam para a violência crescente das organizadas.

Ao longo do processo, no entanto, todos conseguiram se munir de iniciativas para comprovar à Justiça que estava em movimento de luta contra as uniformizadas. 


A segunda ação, de 2014, é movida apenas contra a Torcida Jovem, Inferno Coral e Fanáutico. Tem como objetivo impedir que que essas uniformizadas frequentem os estádios da Região Metropolitana do Recife (RMR), bem como com qualquer objeto que as identifique. O mérito final da ação é também a extinção das facções. 

Extinção anunciada

Pressionadas pelos atos de violência do começo deste mês, as autoridades do Estado se reuniram no último dia 10 para debater soluções para o problema da crescente violência dessas uniformizadas no Estado, em dia de jogos de futebol. Na ocasião, o juiz do Juizado Especial do Torcedor (JETEPE), José Bispo, adiantou que a extinção das torcidas organizadas havia ganhado força. O endurecimento da pena de dois para , no mínimo três anos de reclusão, para os crimes promovidos por membros dessas facções também surgiu como possibilidade.  

Policiais civis decidem: Categoria não entrará em greve no Carnaval

“Vimos que o povo estava temeroso e vamos respeitar a maior festa popular
do Estado, garantindo a segurança”, destaca Áureo Cisneiros, presidente do Sinpol.

Não se engane. A repercussão negativa de uma possível greve da Polícia Civil em pleno Carnaval pesou na hora da negociação entre o governo e o Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), na tarde desta terça feira (18). O próprio presidente da entidade, Áureo Cisneiros, admitiu ter recebido em suas redes sociais muitas críticas com relação à ideia de uma eventual paralisação da categoria em pleno Carnaval.

“Vimos que o povo estava temeroso e vamos respeitar a maior festa popular do Estado de Pernambuco; garantindo a segurança”, disse ele, após sair da reunião com representantes do Executivo Estadual

No fundo, a categoria sabia que, mesmo se o governo não tivesse feito o gesto mínimo de dizer que iria conversar sobre a pauta (a reunião acontecerá no dia 11 de março), seria um suicídio perante a opinião pública paralisar as atividades durante a festa.
.

Ainda está vivo na memória da população o dia de caos provocado pela manifestação dos profissionais de saúde no dia 12 de fevereiro, quando a Avenida Agamenon Magalhães, principal via do Recife, foi fechada por 12 horas. Imagine nos quatro dias da maior manifestação cultural do Estado.

No fundo, o que aconteceu foi uma boa oportunidade para a categoria alertar o Palácio do Campo das Princesas para as reivindicações. Todos saíram ganhando. Os policiais por conseguirem um prazo para avaliação das demandas. E os foliões, por motivos óbvios.

E a lição que fica: o exercício da indignação, seja nas ruas ou pelas redes sociais, ainda é um poderoso ativo da população.


Blog JC Metropolitano

Economia de Pernambuco cresce 1,1% em 2019, aponta Banco Central

Banco Central (BC) divulga nesta terça-feira (18), às 10h, no Recife, o seu
Boletim Regional, incluindo dados da economia de Pernambuco.

O Banco Central (BC) divulga nesta terça-feira (18), às 10h, no Recife, o seu Boletim Regional, publicação trimestral cujo objetivo é trazer uma visão das regiões do País a partir de dados e indicadores econômicos. Mesmo com a apresentação oficial marcada, os números de alguns Estados já começaram a circular, incluindo os de Pernambuco. Segundo os números da instituição, entre os Estados que cresceram acima da performance nacional de 0,9% – indicador que é visto como uma prévia do PIB, que será divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geográfica e Estatísticas (IBGE) em março –, a economia de Pernambuco ficou logo acima, com 1,1% de crescimento durante o ano o ano passado.


No Nordeste, o Ceará lidera o crescimento com 1,7%. O Estado que mais cresceu, segundo o BC, foi o Amazonas (4,6%), seguido de São Paulo (2,8%) e Santa Catarina (2,5%). Dentre aqueles que cresceram menos que a média nacional, aparecem Minas Gerais (0,6%), Bahia (0,2%) e Espírito Santo, onde a economia encolheu 1,3%.

O economista Guilherme Tinoco, compilou parte dos dados em postagens no Twitter, nesta segunda (17), e salientou que o Estado de São Paulo representa 1/3 da economia brasileira e cresceu três vezes mais que o País. Nesta mesma lógica, Pernambuco, que tem um peso de apenas 2,7% na economia nacional, cresceu 22% acima da média brasileira, se distanciando ainda mais da pujança paulista. Segundo o economista, o crescimento pífio e até decrescimento de ES, MG e Ba podem ser explicados pelo “efeito Brumadinho”.

Para continuar lendo a matéria, clique aqui.