terça-feira, 14 de janeiro de 2020

TROCOU O FUTEBOL PELA POLITICA: Carlinhos Bala confirma pré-candidatura a vereador da capital pernambucana, Recife

Único profissional a jogar nos três clubes do estado,
Bala se auto-intitula “O Rei de Pernambuco”.

Com o apoio do deputado federal Eduardo da Fonte, o Partido Progressistas filiou o ex-jogador Carlinhos Bala, que confirmou sua pré-candidatura para vereador do Recife, ganhando também o apoio do deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco, Eriberto Medeiros.

Na foto, estão o secretário-chefe de Relações Internacionais da Prefeitura do Recife, Beto Rabelo; além do pré-candidato a vereador de Olinda Rafael Leitão. “_Quero proporcionar mais oportunidades para os jovens, combater o desemprego e ampliar meu projeto social na comunidade de San Martin, para que ele possa crescer e atender a todo Recife, levando o esporte como um importante aliado na saúde, educação, ocupando os jovens e trabalhando a questão social e psicológica dessas crianças e adolescentes_”, declara o pré-candidato, se dizendo animado com a disputa deste ano.

Carlinhos Bala é o único jogador da história a jogar nos 3 maiores Clubes de Pernambuco: Sport, Santa Cruz e Náutico; este último onde se tornou ídolo e artilheiro. Bala foi campeão da Copa do Brasil em 2008; 5 vezes Campeão Pernambucano, jogou a Copa Libertadores da América em 2009 e se auto-intitula “O Rei de Pernambuco”.

          Blog do Edmar Lyra

SEIS MESES DE ESPERA: Cantora ironiza Governo de Pernambuco por demora em pagar Cachê do Festival de Inverno

Karina Buhr: “Para tudo, vou comemorar, acabou de cair
o cachê do Festival de Inverno de Garanhuns!”

A cantora Karina Buhr fez uma postagem, em rede social, ironizando a demora no pagamento do seu cachê por participar da edição de 2019 do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), ocorrida em julho do ano passado.

“Para tudo, vou comemorar, acabou de cair o cachê do Festival de Inverno de Garanhuns! É plantar numa estação pra colher na outra, respeitar o solo, os ventos, os juros e as correções monetárias dos bancos”, disse a artista, nessa quinta-feira, dia 9.

O show da artista aconteceu no dia 21 de julho, e teve repercussão nacional, pois a mesma puxou um “Fora Bolsonaro!”, no palco pago pelo Governo do Estado. A secretaria de Cultura era controlada pelo PCdoB, avalista da aliança do PT e PSB nacionalmente. Também o PSB ensaiava voltar aos braços do PT, no plano nacional, enquanto esperava rifar adversários locais como Marília Arraes (PT) para eleger Paulo Câmara. Fatos que se confirmaram em outubro passado..
.

Segundo o publicado pelo JC na época, em vários momentos do show, aproveitou o evento do Governo do Estado para exprimir sua opinião sobre o momento político do País. A artista louvou ainda Garanhuns, “que pariu Caetés, que pariu o melhor Presidente”, disse em referência ao ex-presidente Lula (PT). Em seguida, soltou um “Fora, Bolsonaro”, que foi entoado em coro por grande parte do público.

Karina Buhr é cantora, compositora, percussionista, poeta e atriz. Aos 8 anos, mudou-se para o Recife, cidade natal de sua mãe, onde iniciou sua carreira musical em 1992, nos grupos de maracatu Piaba de Ouro e Estrela Brilhante.

          Blog do Jamildo; via Blog do Carlos Eugênio
.

PERNAMBUCO: Ministério Público abre inscrições para estágio em Direito. 9 vagas são para Garanhuns

Estágio é voltado para os estudantes que estão cursando a partir
do 5º período de Direito. Taxa de inscrição custa R$ 41,50.

Estão abertas até o dia 11 de fevereiro as inscrições para o Programa de Estágio Universitário em Direito do Ministério Público de Pernambuco (MPPE). Estão em oferta 151 vagas, das quais 118 para Recife e Região Metropolitana e 33 para o interior do Estado (9 são para Garanhuns). Os estudantes interessados podem se inscrever para a seleção através da página do Instituto Sustente.

A taxa de inscrição custa R$ 41,50 e os candidatos que quiserem solicitar isenção têm até sexta-feira (10) para efetuar o pedido. Para ter direito à isenção, os candidatos precisam estar inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e se enquadrar nos critérios de baixa renda estabelecidos pelos Decretos Federais nº 6.135/2007 e nº 6.593/2008.

No ato da inscrição, o candidato deverá selecionar a localidade onde deseja exercer as suas atividades (disponíveis no Anexo I-A do edital) e escolher o local onde fará as provas, que serão aplicadas em Recife, Caruaru, Serra Talhada e Petrolina, no dia 8 de março.

O programa de estágio é voltado para os estudantes que estão cursando a partir do 5º período de Direito em Instituições de Ensino Superior reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) e conveniadas com o Ministério Público. O estágio tem como objetivos a complementação do ensino e aprendizagem por meio da participação efetiva dos estagiários na atuação dos órgãos de execução do MPPE.

Conforme o edital de inscrição, o estágio terá duração mínima de seis meses, podendo ser prorrogado até o limite máximo de dois anos. A seleção se dará por meio de uma prova objetiva de Direito, composta de 50 questões de múltipla escolha além de uma redação. Já a divulgação do resultado final da seleção deverá ocorrer até o dia 1º de junho.

Reserva de vagas — conforme o Estatuto da Igualdade Racial (Lei Federal nº 12.288/2010), foram reservadas vagas para os candidatos que se autodeclararem negros ou indígenas. No caso dos negros, a reserva é de 20% das vagas em cada localidade com três ou mais vagas ofertadas.

Já para os indígenas, o percentual é de 5% das vagas, nas localidades onde o número total de vagas for superior a dez. Os candidatos aprovados nesta categoria serão entrevistados pela Comissão de Avaliação para o Sistema de Cotas para Minorias Étnico-Raciais do MPPE.

Também estão reservadas 10% das vagas para as pessoas com deficiência, nos termos da Lei Federal nº 11.788/2008. O quadro detalhado das vagas reservadas deve ser consultado no Anexo I-A do edital.