quarta-feira, 10 de junho de 2020

Tem irmão de pré-candidato se apropriando de projetos em Garanhuns

Caso envolve o ex-diretor da Ciretran, Johny Albino e a aprovação
de um projeto de autoria da vereadora Carla Patrícia..

Quanto mais se aproximam as eleições, mais espertalhões despontam na política tentando enganar a população. Em Garanhuns, o pré-candidato a vereador Johny Albino (PSB), irmão do deputado estadual e pré-candidato à Prefeitura de Garanhuns pelo PSB, Sivaldo Albino, se apropriou da paternidade do projeto, já sancionado pelo prefeito Izaias Régis (PTB), suspendendo, enquanto durar a pandemia, a taxa de iluminação pública dos  consumidores de baixa renda, que consomem até 220 kwh de energia por mês.

A proposição, na realidade, tem as digitais da ex-presidente da Câmara, Carla Patricia, trabalhista, aliada do prefeito, com quem se encontrou como o Prefeito para agradecer a sanção do seu projeto. "Fiquei indignada ao ler nos blogs que a iniciativa foi de Johny, o que de longe não é verdade", desabafou .

Ex-diretor do Ciretran de Garanhuns, Johny Albino (PSB) alega que foi o primeiro a propor que a taxa não fosse cobrada durante a pandemia, mas o projeto que o prefeito sancionou foi o de Carla, sensível aos estragos dos efeitos  econômicos perversos da Covid-19 nos diversos segmentos da população, especialmente os mais pobres, sem condições sequer de pagar a conta da luz.

"A iniciativa e todo esforço a convencer o prefeito foram meus", desabafa a parlamentar. Ela diz que se sente indignada e ao mesmo tempo triste diante da situação, o que, infelizmente, tem sido corriqueira em outras Câmaras também.

Blog do Magno Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário