quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Givaldo sai em defesa da Cultura, do Turismo, do ensino e do comércio como saídas econômicas para Garanhuns. Parte II

Para empresário, que também é pré-candidato a Prefeito, formatos de alguns eventos
no município devem ser repensados, caso do Viva do Minguinhos e do FIG.

Givaldo: “Assim, a defendemos (Garanhuns), e sem embargo de tantas e tantas outras valorosas ideias, o seguinte: Festejos do “TRÍDUO DE MOMO” com frevo e samba em trios elétricos nos bairros e nos distritos, e Jazz e Blues na Esplanada para dezenas de milhares que gostam desses gêneros musicais, da cidade e de fora dela - turistas.

Público seletivo e consumidor. Gerador, portanto, de emprego e renda; Festejos do “VIVA DOMINGUINHOS”, maior. Em dois finais de semana - sextas-feiras e sábados, sem prejuízo dos dias da semana - domingos às quintas-feiras, com artistas da cidade e da região; Festejos de “SANTO ANTÔNIO, SÃO JOÃO E SÃO PEDRO”. Que carecem renascer. E grandes! Modelos Caruaru e Campina Grande, centrando suas maiores atrações em quatro finais de semanas, e, durante os dias da semana - domingos às quintas-feiras, com os nossos artistas; que tão bem nos representam país à fora.

Festejos do “FIG” em trinta dias, centrando suas atrações maiores, do Palco Dominguinhos, em quatro finais de semana - sextas-feiras e sábados. E, durante os dias da semana - domingos às quintas-feiras, com artistas da cidade. Nos demais Palcos - Cultura Popular, Instrumental, Som da Rural, Pop, Forró, Artes Cênicas, Música Erudita e, claro, Mestre Dominguinhos, além das peças, das oficinas, do cinema e das demais atrações, ao longo do Festival; Festejos do “PRIMAVERA VERÃO”, a ser criado, em saudação a essas estações do ano, oferecendo aos turistas, que gostam de nossa cidade, dias e noites mais aprazíveis que em suas cidades  de  origem; Festejos  da  “MAGIA DO NATAL” em oito finais de semanas, como já vem ocorrendo, oferecendo civilidade e religiosidade; encanto e poesia, para milhares e milhares que vêm à nossa cidade, saindo, daqui, felizes e sonhando com as próximas Magias, tudo por conta da sua beleza, e de nossa  vocação  receptiva, fruto do nível cultural dos que fazem a ‘Cidade Poesia’; Promoção do “FUTEBOL NOS GRAMADOS”, além-fronteiras. 

          Sim! No campeonato estadual. Temos vários motivos para essa defesa. Dentre eles: Primeiro - a cidade estar certa que não pode ficar mais de fora desse campeonato. Segundo - a cidade estar consciente que é chegada a hora de preservar seu estádio. Terceiro - cresce, visivelmente, a qualidade do esporte amador em nossa cidade. Devemos pensar, também, na capacitação da nossa juventude para viabilizar seu ingresso no mercado de trabalho. Em Garanhuns são milhares que precisam dessa nossa iniciativa. E, enquanto ela não chega, estão por aí sem emprego, portanto, sem renda que possam atender, pelo menos, suas necessidades. Temos feito um pouco para combater essa chaga, através de nossos cursos de cabeleireiros. Contudo, reconhecemos que só com a união da iniciativa privada, induzida pelo poder público, poderemos mudar essa triste realidade. Vamos sonhar juntos! Tudo começa com sonhos. E, como dizia Proust, ‘é melhor sonhar a vida, ainda que vivê-la seja ainda sonhá-la.’ Vamos sonhar juntos!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário