quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

INSEGURANÇA: Moradores do Viana e Moura pedem mais apoio da Polícia devido ao aumento dos casos de furto e de roubo no bairro

Enquanto a PM não intensifica as rondas, os moradores vão tomando medidas paliativas. 
Atualmente, o bairro conta com câmeras de segurança para o seu monitoramento.

O aumento no índice de roubos e furtos no bairro Viana e Moura aqui em Garanhuns tem chamado atenção e provocado medo em quem mora na localidade. Carros e motos são tomados de assalto diariamente. Já para o caso das residências, as invasões são constantes; o que tem provocado uma sensação de insegurança na população.

A Polícia Militar; tem sido frequente através de rondas ostensivas. O problema, contudo, reside no pouco tempo dispensado pela PM para o patrulhamento do bairro; o que de acordo com os moradores; justificaria a ousadia dos bandidos e as ações criminosas.
.

Enquanto a PM não intensifica as rondas, os moradores do Viana e Moura vão tomando medidas paliativas. Atualmente, o bairro conta com câmeras de segurança que são utilizadas para o seu monitoramento. Nesta quarta, por exemplo, o equipamento contribuiu para prisão de um assaltante que estava armado com faca praticando roubos no bairro.

Com as imagens, foi possível identificar o homem. Ele foi preso a partir da ação de um policial a paisana que trabalha na empresa responsável pelo monitoramento, a Equipe Segurança Solidária; que tem auxiliado a Polícia. Os moradores do Viana e Moura também ajudaram na prisão. O Homem foi identificado como Gabriel Ferreira dos Santos, de idade não informada. Ele foi autuado em flagrante e em seguida encaminhado à Audiência de Custódia. O caso segue sendo investigado.

“As câmeras ajudam bastante, pois conseguimos filmar quase tudo que acontece por aqui, mas o que nós precisamos mesmo é que a PM  intensifique as rondas e que permaneça por mais tempo no bairro, pois do contrário a criminalidade irá aumentar”, registrou uma moradora que entrou em contato com o Blog, para reclamar ajuda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário