quarta-feira, 6 de novembro de 2019

Alepe: Priscila Krause questiona aumento do Estado com propaganda

Conforme a proposta, a ação “Divulgação Governamental em Todos os Meios de Comunicação” 
passaria de cerca de R$ 68 milhões em 2019 para mais de R$ 90 milhões em 2020.

O aumento no volume de recursos para propaganda institucional previsto no Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) para 2020 do Estado foi alvo de críticas da deputada estadual Priscila Krause (DEM), na Reunião Plenária desta terça (5) da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Conforme a proposta, a ação “Divulgação Governamental em Todos os Meios de Comunicação” passaria de cerca de R$ 68 milhões em 2019 para mais de R$ 90 milhões em 2020, o que representa um incremento de 33%.

“Em um ano em que as prefeituras têm limitação nos gastos com publicidade, o governador Paulo Câmara manda um orçamento recorde para a propaganda estadual. Não é preciso ser muito perspicaz ou inteligente para entender o significado dessa medida”, declarou a parlamentar, em discurso proferido na Casa Joaquim Nabuco.

A democrata comparou o crescimento desses gastos com o orçamento para programas como o Mãe Coruja, que, segundo ela, teve redução de 83%. “Como o Governo pode falar de proteção às mulheres quando diminui os recursos para esse programa, de R$ 4,8 milhões para R$ 794 mil? Temos aumento de R$ 30 milhões em propaganda, enquanto o Mãe Coruja perde mais de R$ 3 milhões”, observou.

Priscila anunciou que enviará uma emenda ao PLOA 2020 a fim de recuperar o orçamento do Programa Mãe Coruja, retirando verbas destinadas à publicidade institucional. “Vamos fazer esse debate aqui na Alepe não só na discussão do Orçamento, este ano, mas também na execução que ocorrerá no ano que vem”, frisou. “Os pernambucanos pagam os impostos mais altos do Nordeste, e estamos alertando cotidianamente que o Governo precisa utilizar melhor esses recursos que são pagos por todos nós”, ressaltou a deputada.

Garanhuns: Com gestão aprovada, Prefeito Izaías pode eleger sucessor

Se o julgamento aqui na cidade se der pelo Governo Izaías, 
Haroldo já pode preparar a beca da posse.

Em tempos tão bicudos, prefeito bem avaliado é coisa raríssima neste Nordeste de desigualdades sociais gritantes. Garanhuns, um dos cartões postais do turismo, foge à regra. Aqui, o trabalhista Izaías Régis, fechando a segunda gestão, tem incríveis 66,7% de aprovação, segundo pesquisa do Instituto Opinião.

Pelo levantamento, o vice-prefeito Haroldo Vicente, candidato apoiado pelo prefeito, já desponta em segundo lugar, com 16,3% das intenções de voto ante 22,7% do socialista Sivaldo Albino, das forças governistas no Estado lideradas pelo governador Paulo Câmara.

Transferir voto é uma barreira quase intransponível em colégios eleitorais urbanos como Garanhuns, mas a história mostra que prefeitos com avaliação positiva acima de 60% dificilmente deixam de emplacar seus sucessores. Se o julgamento em Garanhuns se der pelo Governo Izaías, Haroldo já pode preparar a beca da posse.

Com informações do Blog do Magno Martins

Política: Delegado Israel Rubis assume presidência do PP em Arcoverde

Ao ingressar na legenda, Rubis aceita o desafio de lançar um nome forte para prefeito (que pode ser ele
próprio); além de criar uma chapa que irá eleger um grande número de vereadores na cidade.

O delegado Israel Rubis, que ficou à frente da delegacia regional de Arcoverde por 17 meses, conseguiu alcançar um grande trabalho, ao melhorar os índices de violência na região. Ele, junto com o inspetor da PRF Edjailson Tavares, recebeu o convite da cúpula do partido Progressistas para assumir o comando da legenda em Arcoverde. O desafio de lançar um nome forte para prefeito foi aceito; além de criar uma chapa que irá eleger um grande número de vereadores na cidade.

Israel foi transferido inesperadamente do comando da regional de Arcoverde, para o comando da Delegacia de Narcotráfico de Vitória de Santo Antão, gerando uma grande comoção dos moradores da cidade sertaneja, inclusive com manifestações na Câmara de Vereadores da cidade, algo que inclusive, mostramos aqui.

Com informações do Blog do Edmar Lyra