segunda-feira, 4 de novembro de 2019

Pesquisa Opinião: Sivaldo larga na frente e Haroldo é 2º em Garanhuns

De acordo com o estudo, se a eleição fosse hoje, Albino
teria 22,7% dos votos ante 16,3% de Vicente.

A primeira pesquisa do Instituto Opinião trazendo o cenário da sucessão do prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB), contratada com exclusividade pelo Blog do jornalista Magno Martins, e divulgada ontem a zero hora, trouxe números favoráveis ao deputado estadual Sivaldo Albino (PSB). De acordo com o primeiro estudo do Opinião, Sivaldo sai na frente na corrida pelo Palácio Celso Galvão, mas com uma pequena vantagem em relação ao pré-candidato do PTB, Haroldo Vicente.

Segundo o estudo, se a eleição fosse hoje, Albino teria 22,7% dos votos ante 16,3% de Vicente. Silvino Duarte, ainda sem partido definido, vem em seguida com 14,8% e Zaqueu Lins (PP) desponta bem próximo, com 13%. Luizinho Roldão (PCdoB) é preferido por 4,3%, Givaldo Calado (Avante) pontua com 2,8% e Pedro Veloso (PT) tem 2,3%. Brancos e nulos somam 13% e 10,8% disseram que não sabiam ou se recusaram a responder.
.

Na sondagem espontânea, na qual o entrevistado é forçado e lembrar o nome do seu candidato sem o auxílio do disquete com todos os postulantes, a situação se inverte e quem sai na frente é Haroldo, com 4,5%, seguido por Sivaldo e Silvino empatados, com 3%. São citados ainda Zaqueu com 2,3%, Roldão com 2%, Veloso com 0,5%, Izaias com 0,3% e Zé da Luz, com 0,3%. Neste cenário, indecisos sobem para 73,6% e brancos e nulos representam 10,5% do universo pesquisado.

O levantamento foi feito entre 30 e 31 de outubro, através de 400 questionários, com margem de erro de 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos e 95% de intervalo de confiança. A modalidade de pesquisa envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação.  Foram realizadas entrevistas pessoais e domiciliares.
.

O item rejeição também foi avaliado. Entre os pré-candidatos, o que aparece com maior taxa é Haroldo. Dos entrevistados, 12,3% disseram que não votariam nele de jeito nenhum. Em segundo lugar aparece Givaldo Calado, com 10,3% e em terceiro Sivaldo, com 9,8%. O ex-prefeito Silvino Duarte detém uma taxa de 6,8%, Luizinho Roldão 5,3%, Zaqueu Lins 4,3% e, por ultimo, Pedro Veloso, com 4,0%.

Na estratificação da pesquisa, as maiores de intenção de voto de Sivaldo se situam entre os eleitores com grau de instrução superior (30,9%), entre os eleitores jovens, na faixa etária de 16 a 24 anos (25,4%) e entre os eleitores com renda familiar com mais de dois salários (23,8%). Por sexo, 26,6% dos seus eleitores são masculinos e 20,2% femininos.
.

Já Haroldo aparece melhor situado entre os eleitores na faixa etária acima de 60 anos (19,4%), entre os eleitores com renda familiar até dois salários mínimos (16,9%) e entre os eleitores com grau de instrução até o 9º ano secundário (17,4%). Por sexo, 22,6% dos seus eleitores são homens e 11,2% mulheres.

PESO DOS APOIOS - O Instituto Opinião sondou também a influência na eleição do prefeito Izaias Régis, que desponta com gestão aprovada pela população. Quando o eleitor é informado que Haroldo é o candidato de Izaias, frente a Sivaldo, igualmente lembrado como candidato do governador Paulo Câmara, o cenário é de empate. Sivaldo aparece com 32,6% contra 31,3% de Haroldo. Neste confronto, brancos e nulos somam 21,8% e indecisos, 14%.

AVALIAÇÃO DE GESTÃO - Da mesma forma, o levantamento incluiu a visão do eleitorado frente aos três níveis de poder – municipal, estadual e federal. O melhor avaliado é o prefeito, que tem 66.7% de aprovação ante 25,8% de desaprovação. O Governo Paulo Câmara tem 40% de desaprovação e apenas 18% de aprovação, enquanto o presidente Bolsonaro aparece como o mais reprovado. Dos entrevistados, 54% disseram que reprovam contra 17% de aprovação.
.

DISPUTA PELO TRÁFICO: Homem morre e outro fica ferido em troca de tiros na madrugada desta segunda na Liberdade, aqui em Garanhuns

A equipe da 22° Delegacia de Homicídios ficará
responsável pelas investigações.

Um homem foi morto em uma troca de tiros na madrugada desta segunda-feira (4), na comunidade conhecida como Liberdade, aqui em Garanhuns. Um outro indivíduo ficou ferido. Segundo a Polícia, o crime ocorreu na Rua Padre Adriano.

De acordo com informações, Evaldo dos Santos Silva, de 30 anos, passou a trocar tiros com Jonh Carlos da Silva, de 33. No tiroteio, ambos ficaram feridos, mas Evaldo não resistiu e faleceu no local. Já Jonh foi socorrido em estado grave para o Hospital Dom Moura.

Ele foi removido sob custódia policial para um hospital na capital do estado. Os dois seriam ex-presidiários e o motivo da rixa entre ambos seria a disputa pelo tráfico de drogas na localidade. O corpo de Evaldo foi encaminhado ao IML de Caruaru. A equipe da 22° Delegacia de Homicídios ficará responsável pelas investigações.

Secretaria criada pelo Governo Izaías já atendeu mais de 8 mil mulheres

Além de atender as mulheres, a Secmul também desenvolve ações de prevenção e enfrentamento à violência
doméstica, com palestras em entidades públicas e privadas e ainda cursos de empoderamento financeiro.

Desde sua criação; ainda em 2014, segundo ano do primeiro Governo Izaías Régis, a Secretaria da Mulher de Garanhuns (Secmul) tem se tornado referência estadual em atendimento e encaminhamento de mulheres vítimas de violência doméstica. De acordo com uma pesquisa desenvolvida pela secretaria, o Centro Especializado de Atendimento à Mulher Joana Beatriz de Lima Silva (Ceam), orgão inserido na pasta, até o mês de setembro deste ano, já atendeu cerca de 8.500 mulheres, sendo mais de 1.800 em 2019. 

De janeiro a dezembro de 2018, mais de 1.700 mulheres receberam acompanhamentos em assistência social, psicológica e jurídica. De acordo com a gestora da pasta, Walkíria Alves, o número crescente traz um saldo positivo para o trabalho desempenhado. “Nós observamos um aumento no número de atendimentos a partir das nossas ações preventivas e educativas nos espaços. Estamos muito felizes pois esse aumento gradativo é um sinal de que a sociedade começa a se incomodar com essa violência, as pessoas estão denunciando, as mulheres estão começando a compreender que violência não é normal e que não faz parte do relacionamento”, afirma.
.

Além do atendimento a mulheres, a Secmul também desenvolve diariamente ações de prevenção e enfrentamento à violência doméstica, com palestras em entidades públicas e privadas, cursos de empoderamento financeiro, atuação em eventos estaduais, municipais e federais que debatem a temática e atividades específicas em eventos culturais da cidade. A secretaria também atua em conjunto com a Câmara Técnica de Enfrentamento à Violência de Gênero, formada pelas secretarias de Educação, Saúde e Assistência Social e Direitos Humanos; comandos da Polícia Militar e Polícia Civil; Ministério Público Estadual, Poder Judiciário, representantes do Centro de Apoio e Acompanhamento às Penas e Medidas Alternativas (Ceapa) e Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT).

Ainda segundo o levantamento, os números de boletins de ocorrência registrados na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) também receberam um acréscimo. Em 2014, foram registrados 440 boletins, já de janeiro a setembro de 2019, o número chegou a 665. As solicitações de medidas protetivas, mecanismos legais de proteção a indivíduos em risco, da Lei Maria da Penha também aumentaram de 36 (2014) para 390 (janeiro a setembro de 2019).
.

A secretária destaca que o aumento está atrelado ao apoio da Câmara Técnica no acolhimento à mulher. “O número crescente de pedidos de medidas protetivas é extremamente necessário, pois quando a mulher sai do campo de visão do suposto agressor, o conflito que pode desencadear em um assassinato, é evitado. Quando a mulher é acolhida pela rede de apoio, ela está mais protegida e o número de feminicídios é bem menor. Esses serviços apoiadores ajudam a resguardar a vítima”, finalizou.

A Secretaria da Mulher funciona das 8h às 14h, na rua Simoa Gomes, nº 16, em frente à Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. A população pode entrar em contato pelo telefone: (87) 3762-0109.
.

.