quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Câmara: Alcindo quer abono educador anualmente para os professores

Correia: “O retorno do abono é uma forma de valorizar os profissionais
do magistério do nosso Município. Por isso meu requerimento”.

Foi aprovado na reunião ordinária da câmara de vereadores de Garanhuns, na última quarta-feira (23), requerimento do vereador Alcindo Correia (que está de saída do PCdoB), que pede a volta do abono educador e que o benefício seja pago todos os anos aos professores da rede municipal, independente das sobras dos recursos da educação. O pedido foi aprovado por todos os parlamentares presentes a sessão.

Em seus argumentos, o vereador cita o fato de que o abono educador era um direito já há muito tempo assegurado no município e em uma das reformulações do plano de cargos e carreiras, foi vinculado que a benesse,  somente seria paga aos professores, acaso houvesse sobras dos recursos do FUNDEB; o que na prática nunca ocorreu.

O requerimento pede que o abono educador, no valor de um salário mínimo seja pago, independente de sobras ou não, restabelecendo assim um direito antigo da categoria, que todo mês de outubro recebia o valor. "O retorno do abono, é uma forma de valorizar os profissionais do magistério do nosso Município. Por isso meu requerimento. Esperamos que a partir dessa iniciativa, o Governo Municipal realize um estudo, a fim de permitir que o abono entre em vigor ainda este ano”, frisa Alcindo.

Com informações do Blog do Wellington Freitas

Lava Jato pede anulação da sentença de Lula no caso do sítio de Atibaia

Supremo Tribunal Federal irá analisar, no próximo 
dia 30, se o processo deve voltar à primeira instância.

O MPF (Ministério Público Federal) defendeu que o TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) anule a sentença em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foi condenado à prisão no caso do sítio de Atibaia (SP).

O Tribunal irá analisar, no próximo dia 30, se o processo deve voltar à primeira instância. O julgamento acontece em razão de decisões do STF (Supremo Tribunal Federal) sobre a ordem de pronunciamento dos réus na etapa de alegações finais.

De acordo com o STF, réus delatores devem se manifestar antes dos acusados que não possuem acordo. As alegações finais são a última manifestação dos réus antes que a sentença seja proferida em um processo.

Ao marcar nesta quarta (23) o julgamento da semana que vem —informação dada em primeira em mão pelo UOL—, o desembargador João Pedro Gebran Neto, relator das ações da Operação Lava Jato no TRF-4, pediu que o MPF na segunda instância se manifestasse.

No documento protocolado no final da noite de quarta, o procurador regional Mauricio Gotardo Gerum disse que a posição por anular a condenação é "para salvaguardar a coerência do sistema jurídico quanto para evitar futuras alegações de nulidade que certamente conduzirão a um grande prejuízo em termos processuais".

O MPF é a favor de que a ação seja refeita a partir da etapa de alegações finais. Lula foi condenado a mais de 12 anos de prisão nesse processo. O ex-presidente foi acusado dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro por participação em um esquema de corrupção envolvendo a Petrobras e empreiteiras. O ex-presidente teria sido beneficiado com reformas no sítio frequentado por ele no interior de São Paulo. A defesa dele nega as acusações.

Apesar de defender o retorno do processo à etapa de alegações finais, Gerum, porém, diz que "não há diferença substancial entre o rito observado neste processo quanto à ordem de apresentação das alegações finais e aquele considerado pelo STF como ofensivo à Constituição". O procurador atua nas ações da Lava Jato na segunda instância. Além do MPF, a defesa de Lula e dos outros réus também devem se manifestar a respeito do julgamento do TRF-4.

A defesa de Lula já havia feito pedido com base nessa regra à primeira instância, mas a solicitação foi negada. Os advogados de Lula ainda não apresentaram sua manifestação no processo, mas, em nota, disseram que irão insistir junto ao Tribunal para que todo o processo do sítio seja anulado. "Além do oportuno reconhecimento de que Lula não praticou qualquer crime", pontuaram.

          Com informações do Portal Uol Notícias

Pré-candidato a Prefeito, Haroldo comemora sua evolução em pesquisas

Vicente: “Estamos trabalhando junto as comunidades e acompanhando as pesquisas mês a mês. Em 
junho tínhamos 5%, evoluímos em julho e em agosto e chegamos agora em outubro com 21%”.

O Vice-prefeito e pré-candidato a Prefeito de Garanhuns, Haroldo Vicente (PSC), que também é pré-candidato a Prefeito, vem comemorando os últimos números de uma pesquisa realizada pela Plural Pesquisa, aqui em Garanhuns.

De acordo com os números divulgados pelo Instituto sediado em Olinda, Haroldo partiu de 5%, em junho passado, para 21% das intensões de voto para Prefeito, visando as eleições de 2020, neste mês de outubro. “Estamos trabalhando junto as comunidades e acompanhando as pesquisas mês a mês. Em junho tínhamos 5%, evoluímos em julho e em agosto e chegamos agora em outubro com 21%, dois a menos que o pré-candidato que lidera as pesquisas (Zaqueu), porém dentro da margem de empate técnico, já que a margem de erro da pesquisa é de 4,9% para mais ou menos”, vibra Haroldo.

“Nós temos o apoio do Prefeito Izaías, dos vereadores e do Governo Municipal, mas, principalmente do povo de Garanhuns. Vamos seguir trabalhando e mostrando que podemos avançar mais. Em nosso futuro Governo vamos manter o que vem dando certo com Izaías, corrigir as possíveis falhas e avançar. Garanhuns precisa seguir se desenvolvendo. Izaías já mostrou que isso é possível e com ajuda dele e de todos que querem o bem de Garanhuns, tenho certeza que faremos um grande Governo”, registrou Haroldo.

SOBRE A PESQUISA – O Instituto Plural de Pesquisas e Monitoramento de Mídias aplicou 400 questionários em diferentes localidades de Garanhuns, entre os dias 10 e 13 deste mês, tendo como público-alvo a população eleitora do Município. O Estudo apresenta uma margem de erro de mais ou menos 4,9%, e um grau de confiança de 95%.

          Com informações do Agreste Violento

Givaldo Calado confirma sua pré-candidatura a Prefeito de Garanhuns

Givaldo: “Não adianta tentarem esconder meu nome porque a gente da minha cidade sabe 
muito bem o que quer. Serei candidato pelo que poderei fazer por Garanhuns.”

Estimulado com sua pontuação em pesquisas de opinião pública, o empresário, cronista e homem público Givaldo Calado de Freitas disse, em Recife, na tarde desta quarta-feira (23), aos repórteres e jornalistas Tarcísio Regueira e Edmar Lyra que “estou à disposição de minha cidade para encarar o próximo pleito de 2020, agora como pré-candidato e, amanhã, como candidato a prefeito de minha cidade.”

“Sei o que estou dizendo”, acrescentou. “Não adianta tentarem esconder meu nome porque a gente da minha cidade sabe muito bem o que quer. Serei candidato pelo que poderei fazer por Garanhuns. O que fiz e o que faço, ela já absorveu e incorporou ao seu patrimônio. Mas ela quer mais, e sabe que posso fazer muito mais com o mesmo zelo e carinho que toco minhas empresas. E digo: talvez até com muito mais zelo e carinho irei fazer, porque para todos. Para a população.”

Liberei meu nome, e em vista disso, sou pré-candidato a prefeito de minha cidade. Para isso, e cônscio de meu dever, já começo a fazer o dever de casa. Vendo tudo da minha cidade e conferindo suas dificuldades. A questão da geração de emprego e renda para todos nomeio como seu ponto principal. Estou pronto à luta”, crava Givaldo.
.

IV Bienal Internacional do Livro de Garanhuns é aberta oficialmente

Evento segue até o domingo (27), das 9h às 21h, na
Praça Mestre Dominguinhos. (Secom/PMG).

O Teatro Luiz Souto Dourado recebeu, na noite desta quarta-feira (23), a abertura oficial da IV Bienal Internacional do Livro do Município de Garanhuns. A cerimônia contou com a participação de diversas autoridades, além do professor Cláudio Gonçalves, homenageado do evento; da filha do também homenageado, o jornalista Humberto de Moraes (in memorian), Maria do Carmo Moraes, e ainda com a apresentação da Orquestra Manoel Rabelo. O evento, que segue com extensa programação até o próximo domingo (27), é uma realização da Associação do Nordeste das Distribuidoras e Editoras de Livros (Andelivros), com patrocínio da Editora Construir, e apoio da Prefeitura de Garanhuns.

O prefeito Izaías Régis reverenciou a realização da Bienal de Garanhuns, contando um pouco de sua história de vida e relatando a importância de ter visão naquilo que faz as pessoas crescerem. “Garanhuns tem um potencial que só nós, todos juntos, podemos levar essa cidade para o lugar dela. Essa bienal traz pra nós a oportunidade, que nós queremos e precisamos ter, de ler”, pontuou o prefeito Izaías em trechos de sua fala.
.

A secretária de Educação, Eliane Vilar, destacou a participação da Rede Municipal no evento. “Nós estamos vivendo um momento muito feliz com a abertura da Bienal do Município de Garanhuns. É um momento muito rico em que a Secretaria de Educação se sente privilegiada em participar de todo o processo de organização. Agradeço à Andelivros por acreditar no potencial da cidade para receber um evento tão grandioso. Convido a todos do Agreste Meridional para conferirem as atividades que serão realizadas na feira”, reforçou.

O presidente da Andelivros, Alventino Lima, explicou que a Bienal de Garanhuns é a maior feira literária do interior de Pernambuco. “Garanhuns é conhecida em todo o estado como uma cidade que lê muito. As pessoas realmente comparecem à feira e consomem as novidades, participam das palestras e debates e conferem as atrações do evento. Temos mais de 40 estandes disponíveis para o público e atrações para todas as idades”, ressaltou.
.

O vice-prefeito Haroldo, as secretárias de Desenvolvimento Econômico, Janecélia Marins, e de Turismo, Neile Barros, também estiveram na composição de mesa que, na cerimônia oficial, contou ainda com homenagens e premiação aos alunos, e seus professores, que participaram do Concurso Ler Bem e da Olimpíada de Língua Portuguesa. 

A IV Bienal Internacional do Município de Garanhuns estará aberta das 9h às 21h, até o próximo domingo (27), na Praça Mestre Dominguinhos. A entrada é gratuita e livre para todos os públicos. A programação completa está disponível no portal da Prefeitura de Garanhuns: https://garanhuns.pe.gov.br/.
.