terça-feira, 15 de outubro de 2019

ELEIÇÕES 2020: PSB de Garanhuns define nova comissão provisória, e em mesmo ato assegura que pretende disputar a Prefeitura no próximo ano, bem como conquistar até seis vagas na Câmara Municipal. Dorgival Figueiredo segue como presidente da legenda. Sivaldo será o vice

Albino: "Temos a obrigação de mostrar um bom projeto de desenvolvimento social e 
econômico, e é isto que vamos priorizar, deixando o debate eleitoral para a época eleitoral.

Sem surpresas e de forma consensual, o PSB definiu sua nova Comissão Provisória Municipal aqui em Garanhuns. O odontólogo Dorgival Figueiredo permanecerá à frente da Legenda, tendo como Vice-presidente o deputado Estadual Sivaldo Albino.

Além de Figueiredo e Albino, a Comissão conta ainda com o empresário Ivailton Areias; o servidor público Johny Albino; o instrutor Leonardo Figueredo; a advogada Claudomira Andrade e o engenheiro Hélio Faustino. Juntamente com outros filiados, Eles terão a missão de conduzir o partido do Governador Paulo Câmara a vitória na principal cidade do Agreste Meridional.

          METAS PARA 2020 – E as metas do PSB em Garanhuns para as eleições de 2020 são bem claras. Os Socialistas apostam na montagem de um grupo competitivo, capaz de eleger entre quatro e seis Vereadores. Já em relação a Prefeitura, apesar das negativas iniciais, o nome trabalhado é o de Sivaldo. Ele, que foi derrotado por Izaías Régis (PTB), em 2016, com uma diferença de quase 29 mil votos, é o principal nome da oposição para chegar ao Palácio Celso Galvão.

"2020 a gente trata em 2020, por enquanto o empenho é montar um grupo forte, inclusive com partidos aliados, a exemplo do PSD dos nossos amigos Alexandre Marinho, Roberval e Rafael Peixoto, e o MDB, que tem a presidência do amigo e aliado, ex-prefeito Ivo Amaral", desconversa o Deputado Socialista. 

"Temos a obrigação de mostrar um bom projeto de desenvolvimento social e econômico, e é isto que vamos priorizar, deixando o debate eleitoral para a época eleitoral", finalizou Sivaldo, que apesar do discurso de indefinição, já imprime uma forte agenda de visitas e de compromissos políticos no Município.
.

POLÊMICA: Sivaldo e Marco Aurélio se estranham através de notas emitidas a blog da capital. Albino critica Fernando Bezerra e defende Paulo Câmara. Em resposta, Aurélio censura Sivaldo e diz que ele demonstra lealdade ao PSB, a fim de preservar o seu "emprego"

Embate, vem ocorrendo por meio do blog do jornalista Magno Martins, cuja editoria
está estabelecida na capital pernambucana, Recife. Entenda a celeuma:

Os deputados estaduais pernambucanos, Sivaldo Albino, líder do PSB na Alepe, e Marco Aurélio, que por outro lado ocupa a liderança da oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco e que é filiado ao PRTB, estão em pé de guerra desde o início da semana através de notas emitidas ao Blog do jornalista Magno Martins, cuja editoria está estabelecida na capital pernambucana, Recife.

Toda a celeuma é por conta do Senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), que no Congresso Nacional, vem protagonizando uma articulação, que no caso de obter êxito, ocasionará uma perda de cerca de R$ 200 milhões de reais ao estado de Pernambuco, por meio da cessão onerosa da exploração do petróleo no Brasil. FBC nega que seja responsável pela perda, e isso você pode conferir, clicando aqui.

Apesar de negar, FBC tem sido alvo de muitas críticas da ala governista aqui de Pernambuco, e é aí onde entram Albino, Marco Aurélio e o Prefeito de Petrolina, Miguel Coelho; este último que incomodado, saiu em defesa de seu pai; sinalizando que esse resultado negativo para Pernambuco é fruto de uma construção democrática que vem envolvendo todos os governadores do país, assim como os deputados federais.

Não satisfeito com a posição de Miguel; Sivaldo acionou a sua assessoria, de maneira que através de nota, ele rebateu o Prefeito de Petrolina; defendeu Paulo Câmara e ainda atacou o Senador Fernando Bezerra Coelho (confira).

Após esse embate, a celeuma ganhou novos contornos. Escalado e enfurecido, o deputado estadual Marco Aurélio, que é o líder da oposição na Alpe, partiu para o ofensiva contra o deputado garanhuense. Também através de nota enviada ao Blog do Magno Martins, ele censurou Sivaldo, aproveitando ainda para "desmascarar" o atual Governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB).
.

Leia a nota de Aurélio, na íntegra:

“O suplente de deputado em exercício, Sivaldo Albino, em sua ávida necessidade de comprovar lealdade ao PSB, e assim preservar seu emprego, escreve uma nota na qual demonstra seu total desconhecimento sobre o processo legislativo. O deputado costuma abaixar a cabeça e votar a favor das pautas do governo sem qualquer discernimento próprio. Se exercesse o mandato de forma independente, ele saberia que o Poder Legislativo é um lugar plural, onde se debate temas complicados de forma respeitosa em busca de consensos. Foi exatamente o que aconteceu no acordo da cessão onerosa, que teve a frente a figura do senador Fernando Bezerra Coelho. O líder do governo no Senado conseguiu costurar um entendimento que contou com apoio de todos os estados da Federação, inclusive dos governadores do Nordeste.

O contraste entre a capacidade de trabalho do senador Fernando Bezerra Coelho com a atual gestão estadual favorece o parlamentar. O senador conseguiu a liberação de mais de R$ 82 milhões para a Adutora do Agreste, R$ 150 milhões de empréstimo do BID para o Governo do Estado e outros R$ 200 milhões para a Prefeitura do Recife através de financiamentos da Caixa Econômica Federal. Com essas ações, o senador demonstra que exerce seu mandato honrando a confiança de todos os pernambucanos, independente de região e de cores partidárias.

Por outro lado, temos um governador que sequer consegue articular as emendas de bancada dos deputados federais de sua base. Essa falta de articulação é inerente de uma gestão que nunca se encontrou, em quase cinco anos. Um governador que assiste a previdência estadual explodir, atrasa salários de servidores terceirizados, não paga emendas parlamentares impositivas, esfacelou o Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal (FEM) e fez do estado o campeão em fechamento de postos de trabalho ao longo de 2019. Até compreendo a sabedoria do suplente em defender Paulo Câmara, a Dilma de Pernambuco. Se o governador tiver a mesma sorte que a ex-presidente, o suplente ficará desempregado, como milhares de pernambucanos.”

Marco Aurélio – deputado estadual e líder da Oposição na Alepe

Sivaldo não se deu por vencido e retrucou. Leia a nota de Albino:
.

“Com relação ao nervosismo do deputado Marco Aurélio, que é mestre na arte de destratar os colegas, é verdade que sou leal ao governador Paulo Câmara, até porque a lealdade (e não o oportunismo) tem sido minha postura desde quando assumi meu primeiro mandato de vereador, em 2001.

Sou fiel a um líder que tem transformado a vida das pessoas. Não é por acaso que a Folha de São Paulo o considera um dos melhores gestores do país. Sempre fui fiel e leal aos meus atuais líderes e muito grato àqueles a quem servi no passado. É assim que se faz a boa política. Por isso que fico sem saber se a Dilma à qual o companheiro Marco Aurélio se refere, é aquela da qual o senador Fernando Bezerra foi ministro e fiel escudeiro poucos anos atrás. Porque isso só evidencia sua contaminação com a deslealdade e a ingratidão.

Até entendo a agressividade do caro colega, até porque não é fácil explicar o prejuízo de 200 milhões que lamentavelmente seu senador causou ao estado. Oportuno dizer ainda duas coisas: primeiro que não se exerce mandato de deputado quem não o conquista com as bênçãos de Deus e o voto de seus eleitores, razão pela qual, na Alepe, o voto do deputado eleito vale tanto quanto o voto do suplente em exercício de mandato; segundo, que se o povo de Pernambuco não reconhecesse a seriedade e a competência do governador Paulo Câmara, o mesmo não teria sido reeleito em primeiro turno, como poucos tiveram esse privilégio nas últimas eleições, no Brasil".

Sivaldo Rodrigues Albino - Deputado estadual pelo PSB

GARANHUNS: Secretaria de Educação solicita adesão de escola ao Programa Nacional de Escolas Cívico-militares elaborado por Bolsonaro

Programa foi lançado no início do mês de setembro e está previsto para ser implementado 
em 216 colégios até 2023 – 54 por ano, a começar por 2020. (ACSI/PMG).(ACSI/PMG).

A Secretaria de Educação de Garanhuns enviou ao Ministério da Educação (MEC), uma solicitação de adesão ao Programa Nacional de Escolas Cívico Militares (Pecim). De acordo com a pasta da Educação, caso o pedido seja autorizado, será realizada uma consulta pública com a comunidade escolar da instituição que atende aos critérios do programa, para que a iniciativa seja concretizada. A consulta é uma das normas de adesão, já que a implementação do programa é voluntária. Atualmente, Garanhuns dispõe de 57 escolas municipais, somando cerca de 18 mil alunos. 

Pecim — O Programa Nacional de Escolas Cívico-militares é desenvolvido pelo Ministério da Educação, em parceria com o Ministério da Defesa, e busca “contribuir para a melhoria do ambiente dos profissionais de educação e para a redução dos índices de violência, da evasão, da repetência e do abandono escolar”. O programa foi lançado no início do mês de setembro e está prevista a implementação em 216 colégios até 2023 – 54 por ano, a começar por 2020.
.

Depois de 18 anos, homem que matou esposa é preso em Garanhuns. De acordo com a Polícia, ele recebia pensão por morte de sua vítima

José Costa da Silva, estava em liberdade provisória e
recentemente saiu a sentença condenatória. (Comando Policial).

Um idoso foi preso pela equipe Malhas da Lei de Caruaru na tarde da última segunda-feira (14), aqui em Garanhuns. José Costa da Silva, de 79 anos, matou a companheira no ano de 2001 na cidade de Alagoinha, também no Agreste de Pernambuco. A vítima era funcionária da Prefeitura de Alagoinha, e mesmo José tendo sido o autor do crime recebia uma pensão por sua morte desde o ano de 2015. 

José, estava em liberdade provisória e recentemente saiu a sentença condenatória. Ele foi submetido a exame traumatológico e recolhido ao sistema prisional onde permanece a disposição da justiça de Alagoinha.

Donos do mundo, Bolsonaro e Paulo Câmara desafiam a justiça e descumprem liminar que manda fornecer medicamento a paciente vítima de câncer de pulmão em estágio avançado

Noélia Brito: “Tanto o governo Bolsonaro quanto o governo Paulo Câmara preferem 
pagar multa do que salvar uma vida. Mais parecidos, impossível.”

Atendendo a um Agravo de Instrumento (PJE Nº 0807885-89.2019.4.05.0000) de uma paciente vítima de câncer de pulmão em estado avançado, o Desembargador Federal Paulo Cordeiro, do TRF da 5ª Região, determinou à União Federal e ao Estado de Pernambuco, o fornecimento à parte autora, portadora de Adenocarcinoma de Pulmão, com metástases pulmonares, o fornecimento do medicamento PEMBROLIZUMAB 200 mg, a cada 21 dias. A ordem deveria ter sido cumprida no prazo de cinco dias, sob pena de multa diária de R$ 500,00 (quinhentos reais), pro rata , para fins de Bloqueio via Bacen-jud, sem prejuízo da Responsabilidade dos Servidores envolvidos no caso. A União e o Estado de Pernambuco foram devidamente intimados em 19/08/2019, de modo que o prazo final para satisfação da obrigação foi 24/08/2019.

Em contato com o Blog da Noélia Brito, que é o autor desta reportagem, familiares da paciente denunciaram que até a presente data (09 de outubro), nem o governo Bolsonaro, nem o governo Paulo Câmara, que parecem compartilhar verdadeiro desprezo com a vida humana, cumpriram a ordem judicial.

De acordo com a decisão do desembargador federal, a paciente é acometida "de Adenocarcinoma de Pulmão, com metástases pulmonares, necessitando de Pembrolizumab (Keytruda) 200mg, que possui registro na ANVISA, o qual, certamente, irá lhe proporcionar um melhor controle de sintomas e da doença. Ressalte-se que a promoção da saúde pública é, em face do art. 196 da Constituição Federal, dever do Estado a ser cumprido, nos termos da Lei nº 8.080/90, com a conjunta participação da União, dos Estados e Municípios. Em vista do dever acima referido, da imprescindibilidade de a agravante ser medicada com a droga acima referida, para o tratamento de doença que já se encontra em estágio avançado, e do fato de que a ausência do referido medicamento compromete o próprio direito a sua vida, resta, a princípio, devidamente demonstrada a necessidade do provimento pretendido."

A Turma rejeitou um agravo interno do Estado de Pernambuco que pretendia se furtar ao fornecimento da medicação.Tanto o governo Bolsonaro quanto o governo Paulo Câmara preferem pagar multa do que salvar uma vida. Mais parecidos, impossível.

        O Blog do Gidi Santos tentou contato com os Governo Federal e do Estado para que ambos se pronunciassem sobre a matéria, entretanto até o momento não obtivemos êxito. O Blog segue a aberto há ambos.
.

.

.

Mais Educação: Alcindo propõe que escola funcione em tempo integral

Proposta, foi aprovada por unanimidade na última quarta-feira na Câmara. Correia: “Não queremos 
apenas horas a mais de ensino, mas sim, a ampliação do universo de experiências educativas”.

A Escola Municipal Padre Agobar Valença, que por anos funcionou ao lado da Aesga, hoje anexa aquela Autarquia, e que por iniciativa do Governo Municipal passará a operar em novas instalações localizadas imediatamente ao lado da Câmara Municipal, pode se tornar a primeira escola na história do município a oferecer o ensino de tempo integral para alunos que estão cursando do 6º ao 9º ano do ensino fundamental.

A proposta, de autoria do vereador Alcindo Correia, foi aprovada por unanimidade na última quarta-feira na Câmara. De acordo com ela, que ainda pode passar por alterações, a Padre Agobar Valença oferecerá dupla jornada para turmas com carga horária de 45 horas aulas semanais: durante os cinco dias da semana; mas de modo a permitir aos alunos, conciliar os horários de estudo com programas de estágio ou mesmo do jovem aprendiz.

Por trás da proposta inicial de Alcindo, coexiste outro objetivo: que é o de estimular a construção de uma política pública permanente de educação aqui em Garanhuns; de modo a permitir que o Governo Municipal possa transformar escolas regulares em unidades de ensino de referência. “Queremos importar experiências exitosas de outros estados e colocar em teste um projeto piloto aqui em nosso município. Não queremos apenas horas a mais de ensino, mas sim, a ampliação do universo de experiências educativas, pois sabemos que o que faz a diferença é o que e como os estudantes aprendem nesse período. A escola de tempo integral será um passo importante para Garanhuns, pois ela permitirá aos nossos alunos um protagonismo juvenil em busca da formação de um jovem autônomo, competente, solidário e produtivo”, destacou Alcindo ao falar sobre a proposta ao Blog.

          Vale registrar, para que a escola Padre Agobar Valença opere em modelo de tempo integral, será necessário que o Prefeito Izaías Régis associado a Secretária de Educação Eliane Vilar, decidam a favor da proposta de Alcindo.
.