sábado, 28 de setembro de 2019

Estudantes do IFPE Garanhuns têm trabalho premiado no 47º Cobenge

Trabalho, que obteve a 5ª colocação no Congresso realizado em Fotaleza, no Ceará,
versa sobre experiências de aprendizagem no ensino da Engenharia Elétrica.

Os estudantes Jackson Alves de Araújo, Jonas Mateus da Silva Galindo e José Emanuel da Silva Plácido, da graduação em Engenharia Elétrica do Campus Garanhuns, obtiveram o 5º lugar na avaliação dos melhores artigos aprovados e apresentados na 47ª edição do Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia (Cobenge). A edição de 2019 aconteceu em Fortaleza (CE), de 17 a 20 de setembro.

O trabalho intitulado Experiências de aprendizagem baseado em projetos no ensino da graduação em Engenharia Elétrica, idealizado e coordenado pelo docente Gerônimo Barbosa Alexandre, recebeu premiação de 5º lugar entre os 10 trabalhos premiados em um universo de 555 trabalhos inscritos de várias partes do Brasil.

Para Jackson, estudante que apresentou o trabalho no Cobenge, a experiência de premiação em seu primeiro congresso como estudante de Engenharia foi inacreditável. “Foi minha primeira experiência em congressos e até agora não caiu a ficha. Assistimos às apresentações e eram uns trabalhos melhores que os outros e foi surpreendente para todos nós e gratificante poder trazer esse reconhecimento para o IF”, relatou.
.

Jackson citou a importância da verticalização do ensino, ofertada pela Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, no seu desenvolvimento acadêmico. “Ter feito meu Ensino Médio atrelado à formação técnica aqui no IFPE contribuiu muito para esse resultado, pois o nível de exigência é alto e saímos muito preparados para entrar em qualquer universidade, escrever trabalhos e artigos científicos, além da formação técnica contribuir muito na assimilação dos conteúdos”, concluiu.

        DOCENTES - Além do apoio do coordenador do trabalho premiado, a comitiva de estudantes do Campus Garanhuns foi acompanhada no Cobenge pelos docentes Wilker Azevedo e Cosmo Mariano da Silva Júnior que vê na premiação muito simbolismo para todos os envolvidos no resultado. “Aumentamos em mais de 100% o número de publicações submetidas entre nossa primeira participação no Cobenge e a nossa terceira edição no evento (entre o 45° e 47° congresso) e estes resultados proporcionam o reconhecimento das ações do grupo, o incentivo a outros estudantes do curso e, além disso, fazer com que a instituição continue se esforçando por materializar, no cenário que estamos, o fomento a ações semelhantes no futuro”, diz Cosmo.

          COBENGE - É o mais importante fórum de discussão sobre a formação e o exercício profissional em Engenharia no Brasil. Trata-se de um evento de periodicidade anual que vem sendo realizado pela Associação Brasileira de Educação em Engenharia (ABENGE) desde 1973, e tem como missão produzir mudanças necessárias para a melhoria da qualidade do ensino de graduação e pós-graduação em Engenharia e Tecnologia no Brasil, contribuindo decisivamente para a formação de profissionais cada vez mais qualificados e capacitados que levem desenvolvimento e tecnologia a todos os pontos do país pelos benefícios que a engenharia pode proporcionar a toda população.
.

Garanhuns: Quinta, Prefeitura inaugura novo Posto de Saúde no Magano

De acordo com Governo, unidade contará com duas equipes de saúde da família, 
que serão formadas por mais de 25 profissionais de diversas áreas da saúde. (Secom/PMG).

A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, promove, na próxima quinta-feira (03), às 19h, a solenidade de inauguração da nova sede da Unidade Básica de Saúde (UBS) Magano I e III. A nova sede da unidade está localizada entre as ruas Serra Branca e Julião Cavalcante (antigo prédio da Escola Dom Mário), no bairro Magano.

A UBS vai compreender os serviços de duas unidades em uma, atendendo uma área de cobertura de mais de 5 mil pacientes. De acordo com o Governo, a unidade contará com duas equipes de saúde da família, formadas por mais de 25 profissionais.

Com a mudança, os atendimentos das UBS’s Magano I e Magano III estarão suspensos no período de terça (01) a quinta (03). As demandas dos pacientes acompanhados pelas duas unidades poderão ser atendidas nas demais UBS’s do município. Os serviços serão retomados na sexta-feira (04), no novo endereço da unidade.

Câmara: Projeto de Alcindo vai regulamentar o transporte alternativo

Composto por 38 artigos, Projeto de Lei prevê que além de Garanhuns, as demais 
cidades do Agreste Meridional também devem permitir o pleno funcionamento do serviço.

Preocupado com a Lei 13.855/19, sancionada no mês de julho deste ano, pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, que aumenta a punição a condutores de veículos que fazem transporte escolar e alternativo intermunicipal, sem a devida autorização, o vereador Alcindo Correia (PCdoB), propôs uma Lei na Câmara Municipal de Garanhuns; que no caso de ser aprovada; se encarregará de regulamentar o serviço.

O PL, composto ao total por 38 artigos, prevê que além de Garanhuns; as cidades que compreendem o Agreste Meridional; também devem  permitir o pleno funcionamento do serviço. De acordo com o texto, para que a regulamentação abranja toda a região, será necessária prévia autorização dos municípios, através de legislação semelhante, aprovada pelo Legislativo e sancionada por meio do Poder Executivo.

Aqui em Garanhuns, a atividade será gerenciada pela Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transporte (AMSTT). Segundo o texto da Lei, os prestadores do serviço serão definidos por meio de um certame público realizado pelo Governo Municipal. Também ficará a cargo do Executivo, a definição do regime de exploração da atividade, tais como: itinerário, número de viagens, período de operação, locais de embarque, bem como pontos de parada dos veículos e valor tarifário a ser cobrado.

Ainda de acordo com a Lei 103/2019, para se enquadrar no Serviço de Transporte Público Alternativo de Garanhuns, o veículo a ser utilizado, deverá ser dotado de quatro (04) portas, com capacidade mínima de nove (09) lugares, e máxima de vinte (20), acomodados em assento. Além disso, o veículo precisará de placa de aluguel concedida pelo Detran-PE, bem como de uma vistoria realizada pela AMSTT; e ainda de um seguro contra riscos de responsabilidade civil; com cobertura para passageiros.
.

Ainda segundo a proposta, os veículos serão equipados obrigatoriamente com um tacógrafo; dispositivo que tem por objetivo monitorar o tempo de uso, a distância percorrida e a velocidade desenvolvida pelos automóveis. Em se tratando do tempo limite de uso de um mesmo veículo na atividade, ele será de cinco anos.

Quanto ao condutor, ele terá de ser habilitado na categoria D; não ter feitos criminais; e ainda estar clinicamente apto para o execício da função; o que poderá ser comprovado através de atestado médico. Além do titular, será possível cadastrar um motorista reserva e ainda dois auxiliares cobradores para realização do serviço.

GRATUIDADE – A exemplo do que acontece com os transportes convencionais, os alternativos deverão reservar 10% (dez por cento) dos assentos sem custo para os maiores de 65 anos anos; ou assegurar gratuidade para até dois usuários, por viagem, também de 65 anos; como preconizam o Estatuto do Idoso e a Lei Estadual 10.643, respectivamente.

Buscando aprimorar o Projeto de Lei de sua autoria; que prevê a regulamentação do transporte alternativo em Garanhuns e na Região Agreste Meridional, o vereador Alcindo Correia convocou uma audiência pública para discutir o texto do PL, já para a próxima segunda-feira, dia 30 de setembro. O momento, que será aberto ao público, acontecerá na sede do Poder Legislativo de Garanhuns, a partir das 19 horas.
.