segunda-feira, 26 de agosto de 2019

Mudança: Governador troca Nilton Mota por José Neto na Casa Civil

No lugar de José Neto, ocupando o posto de Secretária de Administração, ficará
a advogada Marília Raquel Simões Lins, que atualmente é secretária executiva da pasta.

O governador Paulo Câmara definiu, nesta segunda-feira, mudanças na Casa Civil e na Secretaria de Administração. O secretário de Administração, José Neto, assume a Casa Civil no lugar de Nilton Mota, que vai para a Presidência da Pernambuco Participações Investimentos S/A (Perpart). No lugar de José Neto ficará a advogada Marília Raquel Simões Lins, que atualmente é secretária executiva na Administração.

Formado em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco, José Neto é auditor do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE). No governo Eduardo Campos exerceu os cargos de secretário executivo de Administração de 2007 a 2009 e em 2010, titular da pasta. Do início de 2011 a março de 2014, ocupou o cargo de secretário executivo da Fazenda. De abril a dezembro de 2014 se tornou titular da Secretaria de Administração novamente. No primeiro governo Paulo Câmara foi chefe da Assessoria Especial e chefe de Gabinete de Governo. Ela retornou a Secretaria de Administração em janeiro deste ano.

Marília é formada em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap). Ela entrou na Secretaria de Administração do Estado (SAD) como estagiária em 1999 e chegou ao cargo de secretária entre abril e dezembro de 2018. Desde o início do ano era secretária executiva de pessoal da SAD e agora assume novamente a titularidade da pasta.

Fernando Rodolfo garante 1,5 milhão de reais para o Ministério Público de Pernambuco investir em tecnologia contra o crime

Recurso destinado pelo deputado ao MP, atende a um pleito feito 
pelo procurador geral do órgão aqui no estado, Francisco Dirceu Barros.

O deputado federal Fernando Rodolfo (PL), reafirmou nesta segunda-feira (26), em audiência com o procurador geral do Ministério Público de Pernambuco, Francisco Dirceu Barros, o compromisso de destinar R$ 1,5 milhão de reais em emendas parlamentares para o órgão investir no desenvolvimento de projetos na área de tecnologia contra a corrupção. O dinheiro também será utilizado para a compra de um software chamado Guardião, que oferece aos promotores mecanismos de última geração nas investigações criminais.

Também estiveram presentes ao encontro, o promotor Antônio Rolemberg, secretário de tecnologia e informação do MPPE, o promotor Maviael Souza, secretário geral do MPPE e o promotor Paulo Augusto, chefe de gabinete do PGJ. Na opinião de Rolemberg, os recursos assegurados pelo parlamentar chegarão em boa hora. “Estamos desenvolvendo alguns projetos que irão auxiliar muito os promotores de Pernambuco que atuam no enfrentamento ao crime organizado. Tenho convicção de que com esse recurso daremos um grande salto no combate à corrupção”, comemorou.

Por sua vez, Francisco Dirceu, demonstrou otimismo com a sinalização positiva do deputado, que atende a um pleito feito pelo próprio procurador dias atrás durante visita à Câmara dos Deputados. “Essa parceria é importante porque temos muitas ideias e projetos que ainda não foram colocados em prática por falta de recursos”, explicou.

O deputado ressalta sua luta contra a corrupção e seu apoio integral à atuação e autonomia  do Ministério Público. “Quem me colocou em Brasília não espera outro comportamento, senão, o combate firme à corrupção. Estou satisfeito e feliz por deixar minha digital marcada nessa luta”, finalizou.

Adolescente de 17 anos é estuprada com madeira aqui em Garanhuns

Depois de ser estuprada, mulher entrou em luta corporal com os 
homens que a violentaram e com isso conseguiu fugir. (G1)

Uma adolescente de 17 anos foi estuprada na madrugada do domingo (25) aqui em Garanhuns. Segundo a Polícia Militar, a vítima informou que foi abordada por dois homens em um carro. Eles a forçaram a entrar no veículo e a levaram para um matagal.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, a vítima informou que os homens colocaram um pedaço de madeira no órgão genital dela. A adolescente entrou em luta corporal com os homens que a violentaram, e com isso, conseguiu fugir. 

Policiais revelaram a imprensa local, que a vítima teve uma crise nervosa e foi encaminhada para o Hospital Regional Dom Moura. A Polícia Civil vai investigar o caso.