segunda-feira, 18 de março de 2019

Garanhuns: Prefeitura convoca mototaxistas para capacitação no dia 28

Treinamento será promovido no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti.
Expectativa do Governo é atender 400 profissionais desse segmento. (Secom/PMG).

A Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) irá promover, no dia 28 de março, uma capacitação para mototaxistas de Garanhuns. O evento é gratuito e será realizado no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti, a partir das 19h. O principal objetivo da ação é qualificar os profissionais no atendimento à população e aos turistas.

De acordo com o diretor de Transportes da AMSTT, Wagner Pontes, a capacitação que será oferecida pelo órgão, tem a expectativa de atingir mais de 400 mototaxistas. “Nosso objetivo é trazer mais informações para que esses profissionais possam realizar um trabalho de excelência com os clientes”, explicou.

O treinamento, que conta com a parceria do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Pernambuco (Sebrae/PE) e EMOTO, irá proporcionar aprendizado por meio de uma série de palestras com os temas “Regularize”, “Tendências no Mundo Digital” e “Inovando o Transporte de Garanhuns”. O Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti está localizado na Praça Dom Moura, bairro Santo Antônio, área central da cidade.

Tribunal de Contas julga ilegais 747 contratações da Prefeitura de Jupi

Tribunal ainda apontou a acumulação de cargos de forma ilegal. 
Prefeito Marcos Patriota foi multado em R$ 8.240 reais. (TCE).

A Primeira Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE), julgou ilegais, na última quinta-feira (14), contratações temporárias de pessoal realizadas pela prefeitura de Jupi, no exercício financeiro de 2017, tendo como interessados o prefeito Antônio Marcos Patriota. O relator dos processos foi o conselheiro substituto Ricardo Rios.

Foram analisadas  747 contratações temporárias em Jupi (processo n° 1851652-0), para cargos como auxiliar administrativo, profissionais de saúde e de educação, entre outros.  Foram encontradas irregularidades como a ausência de documentação essencial à legalidade das admissões e falta de comprovação do excepcional interesse público, além da extrapolação do limite de despesa com pessoal.  De acordo com informações do TCE, ainda foi apontada a acumulação de cargos de forma ilegal.

Além de votar pela ilegalidade e, consequentemente pela negativa de registro dos respectivos contratos dos servidores, o relator aplicou uma multa ao Prefeito Marcos Patriota no valor de R$ 8.240,00. Também foram realizadas algumas determinações com o objetivo de que se realize o levantamento da necessidade de pessoal para execução dos serviços ordinariamente oferecidos pela Prefeitura daquela cidade.

O voto foi aprovado por unanimidade, no entanto, o Prefeito ainda pode recorrer. Representou o Ministério Público de Contas (MPCO), a procuradora Eliana Lapenda Guerra.

PIB de Pernambuco cresce 1,9% em 2018, superando média nacional

Dados foram divulgados no início da manhã desta segunda-feira (18) pela Agência 
de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco (Condepe/Fidem). (JC Online).

O Produto Interno Bruto (PIB) de Pernambuco apresentou crescimento de 1,9% em 2018, acima da média nacional de 1,1%. No ano anterior, a alta registrada foi de 2% a nível estadual e mesmo índice de 2018 a nível nacional.

Os dados foram divulgados no início da manhã desta segunda-feira (18) pela Agência de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco (Condepe/Fidem), que no ano anterior havia estimado uma expectativa de crescimento de 3%.

Setores - Entre os setores que impulsionaram o crescimento do Produto Interno Bruto no Estado em 2018, a agropecuária aparece na liderança, com alta de 5,3% embora o índice seja inferior aos 19% de alta registrados em 2018.

Já a indústria, que no ano passado teve queda de 1,1%, mostrou recuperação e atingiu crescimento de 2%. O setor de serviços se manteve estável em comparação com 2018, subindo 1,7% ante 1,9% no último balanço.

O resultado do PIB poderia ter sido melhor se não fosse o desempenho no quarto trimestre de 2018, no qual alguns segmentos da indústria puxaram o índice para baixo, como produtos têxteis (-9,4%), derivados do petróleo (-7,9%) e metalurgia (-5,0%). Já na agropecuária, houve queda de 11% nas lavouras temporárias de cana de açúcar, feijão, milho, arroz e cenoura. No geral, o setor que teve maior queda no ano foi o comércio (-0,4%).

Delegada da extinta Decasp é convidada para a equipe de Sérgio Moro

Reconhecida pelo trabalho de combate à corrupção em Pernambuco, Patrícia Domingos
deve atuar na Secretaria Nacional de Segurança Pública, em Brasília. (Blog Ronda JC).

Quatro meses após o fim da Delegacia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp), a delegada especial Patrícia Domingos recebeu um convite para atuar na equipe do ministro Sérgio Moro. Reconhecida pelo trabalho de combate à corrupção em Pernambuco, Patrícia deve atuar na Secretaria Nacional de Segurança Pública, em Brasília.

“Já aceitei o convite para atuar na diretoria de Políticas Públicas de Segurança. Estou muito feliz. Agora estou aguardando a liberação do Governo de Pernambuco”, afirmou a delegada. A resposta precisa ser dada nos próximos dias, já que a ideia é que Patrícia comece a atuar no Governo Bolsonaro a partir de 1º de abril.

Atualmente, Patrícia atua no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). A turbulenta transferência dela aconteceu em meio à extinção da Decasp – imposta pelo Governo do Estado por meio de projeto de lei enviado à Alepe. A antiga Decasp foi substituída pelo Departamento de Repressão ao Crime Organizado (Draco).

Na época em que a Decasp foi extinta, a especializada estava investigando sete deputados estaduais pelo crime de desvios de verba pública. Do total, seis votaram a favor do fim da delegacia que combatia a corrupção no Estado. 

Quase 95% dos assaltos nas ruas não são resolvidos pela polícia de PE

Em 2017, ano em que o estado contabilizou um recorde da
violência, houve 98.712 roubos e furtos a pedestres. (Blog Ronda JC).

Mais de 182 mil assaltos nas ruas de Pernambuco foram registrados nos dois últimos anos, segundo estatísticas da Secretaria de Defesa Social (SDS). Apesar do alto número de roubos e furtos a pedestres, a taxa de crimes investigados e esclarecidos pela Polícia Civil ainda é bem abaixo do esperada. Do total de inquéritos abertos pelas delegacias do Estado, entre os anos de 2017 e 2018, a polícia só conseguiu solucionar menos de 10 mil. Desta forma, quase 95% das investigações estão sem solução.

Em 2017, ano em que Pernambuco contabilizou um recorde da violência, houve 98.712 roubos e furtos a pedestres. Mas a polícia só conseguiu resolver 4.939 casos – ou seja, 5%. No ano passado, o número dessa modalidade criminosa teve uma queda: 83.679 ocorrências registradas nas delegacias. A polícia solucionou 4.883 inquéritos – ou seja, 6% do total. A média da taxa de resolução nos dois anos foi de 5,4%. As estatísticas da Secretaria de Defesa Social (SDS) foram obtidas por meio da Lei de Acesso à Informação.

Vale lembrar que crimes mais simples como furtos de celulares, relógios ou joias muitas vezes não são registrados pelas vítimas nas delegacias porque muitas dizem acreditar que a polícia não vai investigá-los. A subnotificação, no entanto, gera mais impunidade e também não contribui com o trabalho da Polícia Militar, que fica sem dados para mapear os pontos mais vulneráveis e, consequentemente, reforçar a segurança.