terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Matheus Martins crê na juventude para mudanças em Garanhuns

Mais do que apenas construir uma candidatura de vereador, empresário vem trabalhando no desenvolvimento de projetos capazes de estimular o município para além das fronteiras do Estado.

Importante quadro do PSDB na eleição de 2016, quando na ocasião apoiou um candidato a vereador, bem como pelo fato de ocupar a presidência jovem dos tucanos naquela oportunidade, Matheus Martins, agora presidindo o PP jovem Garanhuns, segue alinhando uma possível pré-candidatura à Câmara Municipal em 2020.

Segundo tem revelado a amigos, ele deve apostar em grupos jovens com atuação no município, para dar musculatura a sua postulação. Atualmente ele próprio conduz uma agremiação, cujos integrantes tem idades relativamente baixas, o que pode favorecer o espírito de mudança nas atuais práticas políticas.

Em 2016, o discurso deu certo, e o candidato apoiado por Martins, acabou obtendo pouco mais de 500 votos. No PP Garanhuns, ele conta com as bênçãos do presidente da Legenda, Rafael Peixoto. Em nível de estado, quem apadrinha ele, é o deputado estadual Claudiano Martins (PP), um dos parlamentares de maior expressão na Alepe.

Mais do que apenas construir uma candidatura de vereador, Matheus vem trabalhando no desenvolvimento de projetos capazes de estimular o município para além das fronteiras do Estado de Pernambuco. Ele não revela, todavia, alguns setores com maior atenção do empresário já são conhecidos. É o caso por exemplo da agricultura familiar e de produção em massa, tratados como prioridade por ele.

A proposta é valorizar o homem do campo, de maneira que a zona rural se torne ainda mais forte para escoar sua produção, ou mesmo produzir mais alimentos para consumo próprio. "Eu acredito numa cidade e num campo ainda maior e melhor. Tenho dito isso aqueles que tem acreditado em nosso projeto e juntos temos estudado grandes propostas para o município. Esse não é o momento, mas no caso de consolidarmos uma candidatura vitoriosa, seremos espelho para todo o país", revelou Matheus ao falar ao Blog.
.

Merenda: Izaías pretende comprar ainda mais dos produtores rurais

Acaso se confirme, medida irá refletir de maneira positiva 
na renda da população rural e urbana do município de Garanhuns.

Incentivo à produção do campo e a sua escoagem. Isso é o que pretende e foi sugerido pelo Prefeito de Garanhuns Izaias Régis (PTB), na última quinta-feira (3), na ocasião em que ele empossou o novo secretario de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, o vereador licenciado, Gerson Filho (PTB).

Diante de secretários, diretores, imprensa e outros servidores públicos, o Chefe do Executivo local propôs que a secretaria de Educação pudesse desenvolver um projeto, cujo objetivo seja adquirir ainda mais insumos do campo garanhuense para a produção da merenda que é servida nas escolas municipais.

Atualmente, segundo o próprio Prefeito revelou, esse percentual está estabelecido na casa dos 40%. Apesar de ser um número considerável, o Prefeito quer ainda mais.

Na quinta, ao empossar o novo secretário, ele viu na ocasião a oportunidade de sugerir uma parceria entre Educação e Desenvolvimento Rural, que possa conceber o projeto. A ideia foi bem recebida, e pelos corredores do Palácio Celso Galvão, este foi o assunto predominante no decorrer do dia.
.

Acaso se confirme, a medida irá refletir de maneira positiva na renda da população rural e urbana de Garanhuns. Isso porque, a tendência é que com um maior volume de compras a esses produtores, mais dinheiro circule no município. Esse mesmo dinheiro fará o caminho inverso para os cofres públicos, portanto será revertido em novas ações de governo, todas elas devendo alcançar à população local.

Conforme o Prefeito assinalou, executando a proposta, a merenda municipal passará a ser composta com menos produtos enlatados. Esse fato, irá acrescentar qualidade da dieta praticada nas unidades de ensino.

Na quinta, antes da sugestão, o Prefeito ainda lembrou da boa procedência da merenda servida em Garanhuns, revelando que até mesmo cardápio é disponibilizado nas unidades escolares, a fim de que o alunado municipal possa escolher sua refeição.

Na ocasião, a vereadora e professora Andréa Nunes (PTB), que integra o quadro de educadores municipais, e que ainda faz parte da bancada do Governo na Câmara, deu seu depoimento sobre a merenda. Ela foi seguida da atual Secretaria de Educação, Eliane Vilar, que também ressaltou a boa procedência da alimentação.

"Eu queria que nós tivéssemos Eliane, um projeto de merenda escolar desde o campo, porque nós fomos criados comendo: galinha, com ovo, com macaxeira, com inhame, com batata. Então eu acho que nós poderíamos comprar mais do homem do campo", sugeriu Régis a atual Secretaria de Educação.

Gerson Lima: “Governo do Estado dá calote até em Jesus Cristo”

Em matéria remetida ao Blog, radialista relata que passado quase um ano, gestão estadual ainda
não repassou os valores devidos aos espetáculos “Paixão de Cristo”, inclusive o de Garanhuns. Leia:

“O Projeto Pernambuco das Paixões, editado todos os anos pelo Governo do Estado de Pernambuco através da Secult e Fundarpe, parece não ter mesmo comPAIXÃO do incentivo a cultura no estado e toda cadeia produtiva das Paixões de Cristo encenadas anualmente. Isso porque até essa data não foi feito o repasse dos recursos destinados às Paixões contempladas no Edital do passado.

O calote faz quase aniversário de um ano sem que haja o menor sinal de quitação da divida. Aliás, essa prática tem sido constante no governo Paulo Câmara,como uma forma da gestão mostrar que não pretende levar à serio nenhum órgão fiscalizador do dinheiro público,muito menos  o edital emitido pelo próprio governo do Estado.

No documento emitido todos os anos, há descrição do valor de aproximadamente 300 mil reais, diluídos para as Paixões contempladas,indicação da locação desse recurso, bem como informa o prazo limite para pagamento de até no máximo 90 dias,após a realização do evento que se dá no período da Semana Santa.Costumeiramente nada do que reza o edital é cumprido extrapolando-se todos os prazos e normas e agora, o agravante do governo de Pernambuco inaugurar o trambique do temido "restos a pagar".

É quando as contas do exercício do ano passado, passam para o ano seguinte indo morar nos confins  do esquecimento. Curioso é a reserva desse recurso divulgado em tempo técnico, a descrição legal de sua reserva, o prazo de quitação,a pirotecnia de critérios para as contemplações,e a infindável parafernália de documentos exigidos para os contemplados terem o direito ao recurso.Tudo para dar em nada. Doze produções de Paixão de Cristo em todo estado, incluindo a de Garanhuns,prestes a completar 30 anos,estão a ver navios e recebendo do governo de Pernambuco o real incentivo para aprender a calotear  seus fornecedores. No caso de Garanhuns está na hora dos que se dizem agentes da população   fazerem menos folclore politico e procurar uma ação efetiva quer solucione o problema.”

Gerson Lima – Publicitário e radialista.
.

O Blog, está a disposição, acaso o executivo estadual ou ainda algum de seus representantes no município, queira se manifestar sobre o caso.