quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Cidadania Garanhuns realiza última reunião do ano pregando união

Em formação há um ano e dois meses, partido tem como objetivo eleger três vereadores em 2020. Proposta
é se consolidar como segunda força política em Garanhuns; atrás apenas do PTB do Prefeito Izaías Régis.

Plural, democrático; e sobretudo unido. Essa é uma boa definição para o Partido Cidadania, que desde novembro abriga o Grupo Viva Mais Garanhuns. Na última terça, como acontece religiosamente há um ano e dois meses; a moçada que compõe a legenda voltou a se reunir. Boa oportunidade para alinhar estratégias eleitorais e políticas; ocasião ainda melhor para dar continuidade a construção de uma plataforma de propostas que servirá aos pré-candidatos a vereador da legenda no próximo ano.

Essa plataforma, aliás, não será concebida apenas pelo partido. A partir do próximo ano, e ao menos duas vezes a cada mês, o Cidadania percorrerá o município com os seminários “Tribuna Cidadã”. Nesses eventos, a população poderá apresentar ideias que servirão para construção de um grande projeto de desenvolvimento para Garanhuns. De acordo com o partido, as sugestões serão colhidas por meio de grupos de discussão distintos, cujos temas serão divididos em: Educação, Cultura, Segurança Pública, Saúde, Desenvolvimento Econômico; e ainda Infraestrutura.
.

PROJEÇÃO – Desde que o cidadania começou a tomar contornos reais aqui em Garanhuns, a direção executiva da legenda tem uma meta muito clara: “ocupar a condição de segunda força política em atividade no município”, ficando atrás apenas do PTB do Prefeito Izaías Régis. Por essa proposta; as comparações com outros grupos partidários são inevitáveis; sobretudo para diagnosticar os concorrentes diretos; caso por exemplo do PSB e PSD; ambos localizados no campo das oposições.

Em 2020, o Cidadania não terá vereador disputando reeleição em suas fileiras; o que poderá ocorrer pelo lado do PSB e PSD; segundo apurou o Blog. Essa condição; de ter ou não vereador no partido, será determinante na eleição da Câmara; afinal sem uma mega estrutura de campanha será difícil bater quem está em mandato. Neste caso, ponto a favor do Cidadania; haja vista que a decisão de não acolher vereadores, permitirá uma disputa mais paritária; ou seja; em pé de igualdade aos seus candidatos.
.

É bom que se diga; muita gente já começa a migrar para o Cidadania. Na última terça-feira, por exemplo, foi a vez do atual Presidente da União dos Estudantes Secundaristas de Garanhuns, Gustavo Henrique. Ligado a oposição até pouco tempo, o estudante representa uma fração dos garanhuenses que reclama por uma renovação política. Sua chegada ao partido não podia ser mais simbólica, afinal Gustavo é a cara do Cidadania; lugar onde o objetivo comum está fincado na construção de uma cidade ainda mais justa, moderna e com mais oportunidades para todos; a partir claro, da atuação vigilante, transparente e sobretudo comprometida do Executivo e da Câmara Municipal.

Presidente da legenda em Pernambuco, o Deputado Federal Daniel Coelho cumprirá agenda pública aqui em Garanhuns em fevereiro do próximo ano. Na oportunidade, ele concederá entrevistas, visitará o chefe do executivo e ainda participará de um grande ato de filiação ao Cidadania; ocasião em que deve endossar a união do partido, pregado pela direção executiva na reunião da última terça-feira.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário