terça-feira, 12 de novembro de 2019

Taxa de juros do cheque especial da Caixa é cortada pela metade

Anuncio da redução foi feito
nesta terça-feira (12).

A Caixa Econômica Federal (CEF), decidiu cortar a taxa de juros do cheque especial pela metade. Dos atuais 9,99%, ela foi reduzida para 4,99%. O comunicado foi divulgado na manhã desta terça-feira, dia 12.

De acordo com dados do Banco Central, na semana encerrada em 29 de outubro, o juro do cheque especial era de 9,41%. Desde que a taxa básica de juros (Selic) entrou em queda, na qual está em 5% ao ano, o custo do cheque especial pouco se mexeu.

A taxa média cobrada pelos bancos privados é maior que os 9,99% cobrados pela Caixa Econômica Federal. A taxa média do cheque especial é de 12,4% ao mês, a mais cara do sistema financeiro.

Inadimplência - Apesar dos bancos lançarem uma iniciativa de autorregulação em que ofereciam crédito alternativo para que o cliente trocasse o cheque especial por um mais barato, a inadimplência voltou a subir. Em setembro, ela estava em 15,6%, só menor que a do rotativo do cartão de crédito, que estava em 36,1%.


Nenhum comentário:

Postar um comentário