quarta-feira, 13 de novembro de 2019

GARANHUNS: Em vídeo, Luizinho e Betânia expõem a situação da saúde local e criticam a suspensão de exames. Em nota, Governo Municipal esclarece que parada na oferta do serviço é temporária; e que ocorre, entre outros motivos, devido a falta de recursos repassados pelo governo do Estado; de quem Roldão e a Vereadora se dizem aliados

Ainda sobre a suspensão temporária na oferta dos exames, Governo também
esclarece que a medida visa o equilíbrio financeiro da pasta de saúde.

Pela segunda vez em menos de vinte dias, e neste caso acompanhado da vereadora Betânia da Ação Social, o Pré-candidato a Prefeito de Garanhuns, Luizinho Roldão (PCdoB), expôs algumas questões relacionadas ao setor de saúde aqui no município. Ontem ele visitou o posto de saúde situado no bairro jardim petrópolis; ocasião em que identificou a partir de informações de moradores, que a unidade de saúde vem encerrando seu atendimento as 14 horas, por medida de segurança. Essa situação, foi criticada por Luizinho.

Em vídeo que gravou durante a visita nesta terça (12) e que vem sendo compartilhado sobretudo no Facebook, Roldão assegura que na Câmara Municipal, ontem pela manhã, havia quatro guardas municipais em virtude de reunião de uma comissão, sem que no entanto, houvesse ao menos um servidor da AMSTT à disposição da UBS, o que poderia, de acordo com ele, evitar o fechamento da unidade naquele horário.

No vídeo, Roldão ainda destaca que a UBS do Jardim Petrópolis está em mau estado de conservação, lembrando na mesma oportunidade que a realização de 6 tipos de exames pelo município está suspensa desde outubro. De acordo com ele, a Prefeitura de Garanhuns está devolvendo as solicitações desses exames aos moradores da cidade, haja vista o próprio Conselho Municipal de Saúde ter alegado ontem, que aquele que dispor de condições financeiras, que pague pelo procedimento, segundo contou no vídeo, Luizinho.
.

Ontem, Roldão ainda criticou o investimento do Governo Municipal na Magia do Natal, diante dos problemas enfrentados pelo setor de saúde atualmente. “A cidade, no Heliópolis, principalmente no centro da cidade tá linda, mas o povo tá morrendo”, detonou ele.

A Vereadora Betânia da Ação Social endossou as palavras de Luizinho. Para ela, o que acontece atualmente com o setor de saúde do município é um absurdo, uma falta de respeito com a população. Para Betânia esse setor vive um “caos”. Prova disso, segundo a parlamentar, é que no Jardim Petrópolis, a exemplo de outras localidades, a população sofre com os exames suspensos e ainda com a falta de médicos e de medicamentos.

Ontem, ao falar a população através de vídeo, Betânia manifestou que sua ida ao Posto de Saúde teve por objetivo exercer as suas prerrogativas de fiscalizar e propor soluções para os problemas. “Vou continuar fazendo isso, doa a quem doer, porque fui eleita para trabalhar pelos que precisam”, salientou ela.

O OUTRO LADO – Após a veiculação e forte repercussão do vídeo gravado por Luizinho e Betânia, o Governo Municipal de Garanhuns através da Secretaria de Saúde, emitiu nota onde esclarece o caso. De acordo com o comunicado, a parada na oferta do serviço de exames é temporária; deve ir até a segunda quinzena de dezembro; visa o equilíbrio financeiro da pasta de saúde; e ocorre, entre outros, devido a falta de recursos repassados pelo governo do estado; de quem Roldão e a vereadora se dizem aliados.

Leia, abaixo, a nota na íntegra:

*Nota de esclarecimento — Secretaria Municipal de Saúde*
*13 de novembro de 2019*

A Secretaria Municipal de Saúde vem prestar os devidos esclarecimentos à opinião pública acerca de informações que estão sendo divulgadas equivocadamente em diferentes meios de comunicação, relacionados à oferta de consultas, exames e procedimentos junto à população do município de Garanhuns.

Levando em consideração o cenário de subfinanciamento do SUS, o descumprimento de repasses regulares do Governo do Estado de Pernambuco, e o aumento da demanda de pacientes que procuram o serviço, a pasta verificou a necessidade de equilíbrio financeiro responsável junto aos prestadores de serviço conveniados ao município.

Desta forma, um conjunto de exames oferecidos por estes prestadores precisou ser suspenso temporariamente a partir do mês de outubro deste ano. São estes: Endoscopia Digestiva Alta, Colonoscopia, Retossigmoidoscopia, Ecocardiograma, Teste Ergométrico, Holter 24h, Mapa. O exame de Ultrassonografia (USG) não está suspenso, mas teve sua oferta reduzida. Por isso, estão sendo realizadas prioritariamente as USG’s obstétricas e casos de maior necessidade, a exemplo de pacientes do serviço de oncologia.

Avaliando este quadro, a Central Municipal de Regulação, em reunião realizada de forma conjunta com a Coordenação de Atenção Básica, comunicou aos profissionais médicos e enfermeiros que compõem as Unidades Básicas Saúde (UBS’s), sobre a suspensão temporária na oferta desses exames, esclarecendo ser uma medida provisória, visando o equilíbrio financeiro da pasta. A previsão é de que até a segunda quinzena de dezembro a situação seja normalizada. 

Atendendo ao direito dos pacientes que se encontram na fila de espera para realização desses exames, e que desejam ter o seu encaminhamento de volta, a Central de Regulação informa que os mesmos podem ter sua devolução solicitada junto às equipes das Unidades Básicas de Saúde. Nessa conjuntura, atendendo ao pedido de pacientes, algumas solicitações que foram enviadas para Central de Regulação, após o mês de outubro, já foram disponibilizadas para a população em suas unidades de referência.

Por fim, a Secretaria reitera o compromisso com a população de Garanhuns, que necessita e faz uso do Sistema Único de Saúde, e vem a público repudiar qualquer tentativa política e sensacionalista de levar desinformação à sociedade. Desta forma, quaisquer boatos e orientações inverídicas divulgadas, que não estejam de acordo com a conduta da pasta, são resultado de interpretações pessoais e equivocadas da realidade apresentada, sendo de inteira responsabilidade do indivíduo que colaborar em sua disseminação, não representando o posicionamento da Secretaria Municipal de Saúde.

*Secretaria de Saúde de Garanhuns*
*Atendimento à imprensa: (87) 3762-0109*

Nenhum comentário:

Postar um comentário