domingo, 3 de novembro de 2019

Dinheiro Público: Túlio abusa da cota aérea para viajar ao Rio de Janeiro

Apesar de ter sido eleito por Pernambuco, parlamentar usou R$ 7.833,85 de recursos da Câmara dos
Deputados para fazer sete viagens ao Rio de Janeiro, onde mora a namorada Fátima Bernardes.

Conhecido muito mais por ser o namorado da apresentadora global Fátima Bernardes do que pelo cargo público que ocupa, o deputado federal Túlio Gadêlha (PDT) elegeu-se pelo Estado do Pernambuco, onde é sua base eleitoral.

O parlamentar, no entanto, usou R$ 7.833,85 de recursos da Câmara dos Deputados para fazer sete viagens ao Rio de Janeiro, onde mora a namorada Fátima Bernardes, apresentadora do programa Encontro, da TV Globo. Cada viagem custou, em média, R$ 1.119,00 aos cofres públicos.

De fevereiro, quando tomou posse, a agosto deste ano, o pedetista fez 14 viagens fora do trecho convencional Brasília/Recife/Brasília. Foram gastos R$ 14.843,25. Além do Rio de Janeiro, o deputado viajou duas vezes a Porto Alegre para acompanhar a possível candidata à prefeitura da capital gaúcha, a pedetista Juliana Brizola. 

Com dinheiro público, Gadêlha também esteve em Curitiba onde está preso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Sila. De acordo com o bilhete aéreo, de 18/07/2019, no valor de R$ 1.620,98, o deputado saiu de Porto Alegre e desceu na capital paranaense.

Um dia depois, o namorado de Fátima estava em Navegantes, Santa Catarina. Outros destinos do deputado com dinheiro da Câmara dos Deputados foram Petrolina (PE), Minas Gerais e Juazeiro do Norte (CE).

Norma - Em 28 de abril de 2009, o então presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer, assinou o Ato da Mesa nº 42 para disciplinar a concessão de transporte aéreo na Casa. O artigo 2º, no entanto, autoriza os deputados a voarem pelo território nacional, utilizando a cota parlamentar, com argumento de que o mandato é “de âmbito nacional”.

          Com informações do MSemBrasília

Nenhum comentário:

Postar um comentário