quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Odioso: Polícia investiga suposto estupro praticado por idoso de 81 anos

Caso foi registrado na Delegacia Regional de Garanhuns na manhã da
última segunda-feira, 28, embora tenha ocorrido na tarde do último sábado, dia 26.

Um suposto estupro contra uma menina de sete anos está sendo investigado pela Policia Civil, aqui em Garanhuns; desde o início da semana, segundo revelou o Portal de Notícias OP9, em reportagem publicada na última segunda-feira (28).

Segundo o pai da Vítima, de identidade não registrada, após ter pedido para a criança ir ao supermercado, a menina voltou correndo e disse que um homem a teria chamado para ir à sua casa e teria passado a mão em seu corpo, inclusive nas partes íntimas. Assustada, ela conseguiu se desvencilhar e fugiu. O Suspeito, acredite, é um idoso de nada menos que 81 anos; e que mora na comunidade. O nome do idoso, bem como a localidade onde teria acontecido o Crime não foram divulgados pela Polícia.

O caso foi registrado na Delegacia Regional de Garanhuns na manhã da última segunda-feira, dia 28, embora tenha ocorrido na tarde do último sábado, dia 26. O Suspeito foi chamado para prestar depoimento, mas a investigação ainda não foi concluída. Após registrar a ocorrência junto ao Pai, a Vítima foi encaminhada para o Instituto de Medicina Legal (IML) para realizar o exame sexológico.

Com informações do Portal OP9

Reconhecimento: Alcindo destina voto de aplausos a Secretaria de Educação pelo desfile da Independência de 7 de setembro

Eliane Vilar: “Nossa equipe trabalhou na logística dos desfiles com muito primor, não só 
na cidade, como também nos distritos, e tudo saiu absolutamente da forma como nós planejamos.”

O êxito da Secretaria de Educação na realização dos desfiles do Dia da Independência foi reconhecido, na manhã desta quinta-feira (31), com um voto de aplauso proferido pela Câmara de Vereadores de Garanhuns. A proposição do voto foi feita pelo vereador Alcindo Correia, que esteve na cerimônia realizada no auditório da Secretaria. A gestora da pasta, Eliane Vilar, e servidores da Educação também participaram do momento.

A secretária de Educação, Eliane Vilar, agradeceu a homenagem, aproveitando a oportunidade para dedicá-la à equipe organizadora dos desfiles. “Nossa equipe trabalhou na logística dos desfiles com muito primor, não só na cidade, como também nos distritos, e tudo saiu absolutamente da forma como nós planejamos. Todas as escolas foram bem representadas na avenida, com muita organização. Esse voto é uma forma de reconhecimento para os servidores da Educação. Gostaria de parabenizar e agradecer a todos que participaram do evento”, comentou Vilar.

Os desfiles foram realizados na cidade e nos distritos de São Pedro, Miracica e Iratama e receberam apoio das secretarias de Comunicação Social, Saúde, Turismo, Cultura, Obras e Serviços Públicos, Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transporte (AMSTT), Conselho Tutelar, 71º Batalhão de Infantaria Motorizado, Corpo de Bombeiros, Gerência Regional de Educação do Agreste Meridional e 9º Batalhão de Polícia Militar.

Com informações da Assessoria de Comunicação
          Social e Imprensa da Prefeitura Municipal de Garanhuns
.

.

.

Garanhuns: Armando Monteiro movimenta filiações no PTB para 2020

Novos petebistas se somam as 50 pré-candidaturas majoritárias 
já definidas pela sigla, das quais 10 tentam a reeleição e 04 a sucessão.

Nos últimos 60 dias, o ex-senador pelo PTB de Pernambuco, Armando Monteiro, teve agenda intensa de encontros com mais de 130 lideranças de 45 cidades. O partido destaca um saldo positivo de adesões de pré-candidatos a prefeito e vereadores, em municípios de grande densidade, como Cabo de Santo Agostinho, faltando ainda um ano para as eleições. Os novos petebistas se somam as 50 pré-candidaturas majoritárias já definidas pela sigla, das quais 10 tentam a reeleição e 04 a sucessão. Confira abaixo um levantamento feito pelo diretório do PTB com relação as perspectivas da legenda para 2020

GARANHUNS - Na última sexta-feira (25), ao lado do prefeito Izaías Régis (PTB), Armando Monteiro encontrou-se com os dois nomes que postulam a sucessão em Garanhuns, o ex-prefeito Silvino Duarte e o atual vice-prefeito Haroldo Vicente. 

Em entrevista a duas rádios locais, o líder do PTB destacou: “Todo partido gostaria de ter dois grandes quadros como opção para continuar e ampliar o bom trabalho feito pelo Prefeito Izaías Régis, coordenador natural do processo de sucessão. A gestão de Izaías tem 75% de aprovação dos Garanhuenses e nossa maior certeza é que estaremos juntos na construção de um projeto vitorioso”.

Em sua participação no programa de rádio, Armando também apresentou um voto de solidariedade para os Pernambucanos da região litorânea, registrando o severo impacto ambiental decorrente do vazamento de óleo, bem como as consequências econômicas para os setores do turismo e da pesca.

AGRESTE MERIDIONAL - Na visita à Garanhuns, Armando Monteiro reuniu-se com lideranças de 10 cidades da região: Caetés, Saloá, Paranatama, Palmeirina, Bom Conselho, Águas Belas, Brejão, Iati, Lagoa do Ouro e Pedra. A pauta dos encontros foi a leitura do quadro político de cada cidade, a construção de estratégias partidárias de crescimento e também as novas filiações.

Apostando em novos quadros, o PTB filiou o vice-prefeito de Caetés, Severino Gordo, pré-candidato em 2020 e também vários pré-candidatos a vereador. “O PTB tem trabalhado para lançar ao menos 10 candidaturas majoritárias no Agreste Meridional. Tenho certeza que estaremos cada vez mais presentes, lutando ao lado dos companheiros. Temos um modelo de gestão exitosa em Garanhuns e levaremos essa experiência para toda a região, alinhados com as potencialidades de cada município”, afirmou Armando Monteiro.

SERTÃO DO MOXOTÓ - No Sertão do Moxotó, o PTB irá concentrar todos os esforços na volta do ex-prefeito Zeca Cavalcanti à Prefeitura de Arcoverde e na reeleição do prefeito de Betânia, Mário da Caixa. Armando visitou a residência de Zeca Cavalcanti recentemente e saiu animado para somar-se à disputa em Arcoverde.

CABO DE SANTO AGOSTINHO - Em seu primeiro evento político após as Eleições de 2018, o ex-senador Armando Monteiro esteve no Cabo de Santo Agostinho, no último dia 17, para abonar a ficha de filiação do empresário Eduardo Cajueiro. Em seu discurso, Armando Monteiro asseverou: “É triste ver o Cabo tendo a atenção do país apenas nas páginas policiais. Com a terceira maior arrecadação do Estado, as gestões poderiam ter operado as transformações que o povo cabense merece. Junto ao Eduardo Cajueiro, vamos nos esforçar para recrutar técnicos que possam ajudar a desenvolver as tantas potencialidades deste município. Este grupo está desafiado a apresentar uma nova agenda ao Cabo de Santo Agostinho”. Estavam presentes no ato o ex-prefeito de Jaboatão e do Cabo, Elias Gomes, também pré-candidato a prefeito. Os vereadores do Cabo, Professor Arimateia (PSDB), Ricardinho (SD) e Ezequiel (PT).

CATENDE - Pré-candidata a prefeita no município de Catende, Dona Graça filiou-se no último dia 14 ao PTB, com a ficha abonada por Armando Monteiro e pelo presidente da sigla, José Humberto. A recém filiada foi candidata a deputada estadual nas últimas eleições, sendo a mais votada em Catende, com mais de 20% dos votos válidos.

RIO FORMOSO - Em movimento de filiação, o pré-candidato a prefeito no município de Rio Formoso, Dr Edivaldo, aderiu ao PTB no último dia 14. Edivaldo é médico atuante e obteve mais de 22% dos votos válidos para deputado federal nas últimas eleições no município.

Presidente da UESG cobra pagamento dos precatórios do Fundef para os professores de Garanhuns e critica Fernando Rodolfo

Gustavo Henrique: "Ele (Rodolfo) se diz defensor dos professores, mas não tem a coragem de realizar uma
audiência sobre os precatórios do FUNDEF para os professores da rede municipal de Garanhuns".

Em junho deste ano, o deputado federal Fernando Rodolfo (PL) conseguiu aprovar o seu parecer que destina como adicional ao salário do magistério 60% dos precatórios do governo federal (valores devidos após condenação judicial definitiva) no Fundef (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental). Desde então, o parlamentar tem se intitulado de "defensor dos professores".

O parlamentar tem viajado Pernambuco e outros estados realizando audiências públicas para tratar do assunto, porém, nunca falou sobre a situação de Garanhuns, sua cidade natal. Fernando Rodolfo é aliado do prefeito Izaías Régis (PTB), o que tem levantado vários questionamentos na cidade sobre sua omissão.

Ao falar a imprensa local, o estudante garanhuense e presidente da União dos Estudantes Secundaristas de Garanhuns - UESG, Gustavo Henrique, criticou a omissão do deputado federal Fernando Rodolfo (PL) referente à questão dos precatórios do FUNDEF para os professores de Garanhuns. "Ele se diz defensor dos professores, mas não tem a coragem de realizar uma audiência sobre os precatórios do FUNDEF para os professores da rede municipal de Garanhuns", criticou o estudante.

Além de se omitir em relação a questão dos precatórios do FUNDEF para os professores de Garanhuns, o deputado nunca se pronunciou sobre as denúncias que foram feitas e protocoladas no Ministério Público Federal  pela professora Ana Paula, presidente do Conselho Municipal do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB). Na denúncia protocolada pela conselheira existe um desfalque de quase um milhão e meio de reais que saiu da conta do Fundeb e que não foi prestado contas ao conselho, segundo denúncia apresentada.

O estudante ainda criticou os vereadores Professor Márcio (PHS) e Andréa Nunes (PTB) que até agora não falaram sobre o assunto. "Os dois se dizem defensores da educação, mas se calam sobre a denúncia relacionada o FUNDEB em Garanhuns".

      O Blog está a disposição, acaso um dos mencionados nesta matéria queira se manifestar sobre o assunto.

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Prefeitura de Garanhuns informa: Itinerários das linhas de ônibus Liberdade, Jardim Petrópolis e Cohab III foram adaptados

De acordo com o Governo, adaptação veio após estudo de
viabilidade técnica realizado pela AMSTT. (ACSI/PMG).

Lideranças comunitárias dos bairros Liberdade e Jardim Petrópolis participaram de uma reunião com membros da AMSTT, na última semana. Em pauta, estiveram pedidos de mudança no itinerário dos ônibus que passam pelas referidas localidades e alteração de horários. Após estudo de viabilidade técnica e entendendo a necessidade dos moradores, a Diretoria de Transportes da AMSTT definiu as adaptações no itinerário, que passarão a valer a partir do dia 04 de novembro. Saiba os detalhes:
.

Jardim Petrópolis — A linha Parque Fênix L1 passará a atender o bairro Jardim Petrópolis. O ônibus vai passar, no novo trajeto, pelas seguintes ruas: Chico Mendes, Jânio Quadro, Jornal do Comércio, Voluntários da Pátria e Liberdade. 

Liberdade — O ônibus das 6h30 passará atender a demanda da UPAE. 

Cohab III — Para atender os trabalhadores que atuam no bairro Heliópolis, um ônibus que sai da Cohab III no horário das 7h05min, agora vai passar pelos bairros Brasília e Liberdade, buscando esse fluxo de pessoas que precisam descer em Heliópolis. 

Acesso à informação — Todos os horários de todas as linhas disponíveis do Transporte Público de Passageiros de Garanhuns (empresas São Cristóvão e Padre Cícero) estão disponíveis com detalhes no site da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes, pelo endereço eletrônico: www.amstt.pe.gov.br.
.

Alepe: Deputado cobra solução para curva da laranjeira em Garanhuns

Em discurso na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (30), Doriel Barros fez um apelo ao superintendente
estadual do DNIT,  Cacildo de Medeiros, a fim de que seja instalada uma lombada eletrônica na localidade.

A ocorrência de um grande número de acidentes, inclusive com mortes, no quilômetro 95 da BR-424, aqui em Garanhuns, motivou discurso do deputado estadual, Doriel Barros (PT), na Reunião Plenária desta quarta (30) na Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco. O local é denominado de Curva da Laranjeira, mas, com o tempo, passou a ser conhecido como “curva da morte”, devido à frequência de acidentes.

O parlamentar fez um apelo ao superintendente estadual do DNIT, Cacildo de Medeiros, a fim de que seja instalada uma lombada eletrônica na localidade. “Aquela via é muito movimentada, e é necessário que se tomem providências para evitar acidentes”, frisou, lembrando que a mesma reclamação já foi feita por outros parlamentares da Casa. Barros adiantou, ainda, que vai solicitar um encontro com o superintendente do DNIT para falar pessoalmente sobre a questão.

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Após prisão em 2ª instância, STF vai julgar descriminalização das drogas

Julgamento do tema está marcado para 
o próximo dia 6 de novembro.

Ainda sem concluir o julgamento sobre a prisão em segunda instância, que deve voltar à agenda  na próxima semana, o Supremo Tribunal Federal já se prepara para avaliar outras matérias que prometem gerar forte polêmica na sociedade. A próxima pauta controversa na agenda do tribunal é a descriminalização de uso pessoal de todos os tipos de drogas. O julgamento do tema está marcado para 6 de novembro. No entanto, é possível que o debate sobre o momento do cumprimento das penas altere a ordem dos assuntos que estão na lista.

Não é só: a Segunda Turma deve analisar, na segunda quinzena de novembro, um habeas corpus apresentado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No recurso, os advogados do petista pedem que a condenação dele no processo relacionado ao triplex do Guarujá seja anulada. Os defensores argumentam que o ministro da Justiça, Sérgio Moro, agiu com parcialidade durante o processo do ex-presidente. Moro era juiz titular da 13ª Vara Federal de Curitiba, e sua suspeição neste caso pode levar a reclamações em relação a outros processos relativos à Operação Lava-Jato.

Entre os argumentos dos advogados de Lula, estão mensagens trocadas entre Moro e procuradores, em que ele aborda assuntos do processo. As conversas foram obtidas de forma ilegal, por meio de um ataque hacker a celulares usados pelos procuradores da Lava-Jato em Curitiba. Antes de tudo, a Corte deve decidir se esse tipo de prova, de origem ilícita, pode ou não ser usada em uma ação penal.

Uso pessoal - A descriminalização das drogas começou a ser abordada pelo STF em 2015, quando três dos 11 ministros se manifestaram sobre o tema. O relator do caso, ministro Gilmar Mendes, votou a favor da descriminalização de todos os tipos de entorpecentes para uso pessoal. Em seu voto, o magistrado foi favorável à declaração de inconstitucionalidade do artigo 128 da Lei de Drogas. Em seguida, votaram Luís Roberto Barroso e Edson Fachin, que também se manifestaram a favor da descriminalização, mas apenas para a maconha. Durante o julgamento, o então ministro Teori Zavascki, já falecido, pediu mais tempo para avaliar o assunto.

Zavascki foi substituído por Alexandre de Moraes, que precisou ler o processo e devolveu os autos para julgamento no fim do ano passado. O encarceramento por porte de drogas é criticado por juristas e especialistas, por ser um dos grandes motivos da superlotação das prisões em todo o país. O jurista Daniel Guerber, professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), afirma que a legislação brasileira já faz uma distinção clara entre usuário e traficante. “Muito embora usemos no Brasil aquele critério objetivo da quantidade de droga apreendida, a legislação deixa claro quem é o traficante. O usuário é a pessoa que oferece drogas para amigos sem a intenção de lucro. Inclusive, pode cobrar dos amigos o que gastou, mas não existe a intenção de ter rendimentos financeiros com isso”, afirma.

O especialista acredita que, no Supremo, deve prevalecer o entendimento pela descriminalização. No entanto, Guerber defende uma modulação, ou seja, a criação de regras para definir como esse processo vai ocorrer na prática. “Eu acredito que drogas mais fortes têm um peso maior. Existe a hipótese de uma modulação, de acordo com os efeitos que a substância causa no organismo. Eu liberaria o uso recreativo e medicinal da maconha e  de toda e qualquer outra droga química, comprovadas as consequências, teria regras, como a proibição de dirigir sob seus efeitos”, completa.

Outro assunto que promete mobilizar a sociedade é a tabela do frete para caminhoneiros. Ações que foram apresentadas na Corte questionam medidas provisórias editadas pelo ex-presidente Michel Temer já convertidas em lei, que instituem a tabela com preços mínimos para o frete rodoviário. Nas ações, os autores questionam se a iniciativa do Executivo não viola os princípios da livre concorrência e do livre mercado. O governo teme que, se a tabela for derrubada, um novo movimento de greve dos caminhoneiros seja desencadeado pelo país.

Apesar de se tratar de uma categoria específica, no ano passado, a greve dos caminhoneiros parou o país. Além de provocar desabastecimento em supermercados, postos de combustíveis e até hospitais, o movimento causou forte impacto econômico, com efeito negativo sobre o Produto Interno Bruto (PIB) do país. O julgamento está suspenso por uma decisão do ministro Luiz Fux. O magistrado atendeu a um pedido da Advocacia-Geral da União, que procura uma alternativa para resolver o problema sem maiores reações.

Coaf - Em 20 de novembro, o Supremo deve se debruçar sobre um tema que pode gerar forte impacto nas investigações criminais pelo país. Uma decisão do presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, impede o avanço de diligências que utilizam informações da Unidade de Inteligência Financeira (UIF) — o novo nome do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) —, da Receita Federal e do Banco Central sem que antes tenha ocorrido autorização judicial. Os ministros vão avaliar se liberam ou não o compartilhamento desse tipo de informação.

Por conta da decisão, casos como o que envolve o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e o assessor dele, Fabrício Queiroz, ficam parados. O parlamentar é acusado de integrar um esquema de “rachadinha” onde assessores repassariam parte do salário de volta ao gabinete. As investigações sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, mortos no ano passado no Rio de Janeiro, além de milhares de outros casos, também foram prejudicadas. Até mesmo ações que tentam identificar crimes de lavagem de dinheiro e tráfico de drogas pelo crime organizado foram atingidas e estão paradas até que o STF dê uma resposta definitiva sobre o assunto.

Na pauta
Na agenda

6 de novembro - Descriminalização do uso de drogas
20 de novembro - Compartilhamento de informações
financeiras do Coaf, da Receita e do BC

Em espera
Suspeição do ex-juiz Sérgio Moro nos casos da Lava-Jato
Tabela de preços do frete para caminhoneiros.

Com informações do Correio Braziliense

Reviravolta: Tribunal de Justiça de PE derruba liminar, e delegado Israel Rubis deverá deixar delegacia de Arcoverde novamente

Com isso, a SDS deve editar nova portaria renomeando o delegado Israel Rubis para 
assumir a 6ª Delegacia de Polícia de Repressão ao Narcotráfico em Vitória de Santo Antão.

O presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Adalberto de Oliveira Melo, derrubou a liminar que mantinha do delegado Israel Rubis à frente da delegacia de Arcoverde (no Sertão do Moxotó) e manteve a decisão da Secretaria de Defesa Social do Estado (SDS) de lotar o servidor na Chefia da 6ª Delegacia de Polícia de Repressão ao Narcotráfico em Vitória de Santo Antão (na Zona da Mata Norte).

De acordo com o Blog A Folha das Cidades, o pedido de liminar foi apresentado pelo Estado de Pernambuco com vistas a suspender os efeitos da decisão interlocutória dada pela 2ª Vara Cível da Comarca de Arcoverde no bojo da ação de “Pedido de Tutela Antecipada Antecedente ao ajuizamento de Ação Civil Pública” nº 0001735-92.2019.8.17.2220, proposta pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

Na decisão, o desembargador diz que “a conservação da decisão vergastada tem o condão de impedir o preenchimento de Delegacia Especializada na Repressão ao Narcotráfico, sendo certo que este tipo de criminalidade está diretamente ligado à elevação do número de crimes violentos letais intencionais (CVLI) na região de Vitória de Santo Antão, acarretando o aumento da impunidade e da criminalidade na localidade. Portanto, em meu sentir, a suspensão da decisão impugnada é medida necessária à preservação da normalidade da segurança pública, o que revela a presença do periculum in mora”.

Com isso, a SDS deve editar nova portaria renomeando o delegado Israel Rubis para assumir a 6ª Delegacia de Polícia de Repressão ao Narcotráfico em Vitória de Santo Antão, e renomeando o delegado Marcos Virgínio, hoje na DP Municipal, para assumir a Delegacia Regional de Arcoverde na região da 19ª Área Integrada de Segurança, responsável por 10 municípios. A saída do delegado Israel Rubis, além das questões jurídicas, envolveu também várias manifestações por parte de populares e entidades que pediam a sua manutenção à frente da Regional.

Na época da saída do delegado Israel Rubis, o chefe da Polícia Civil (PC), Joselito Kerhle, afirmou que todas as investigações em andamento abertas pelo delegado não seriam interrompidas e seriam levadas à frente pelo novo delegado, Marcos Virgínio, que recebeu elogios de sua capacidade de atuação por parte do próprio delegado Israel.

Polêmica - A saída do delegado Israel Rubis de Arcoverde já rendeu muita polêmica na cidade. O Jornal do Commercio apurou que o delegado estava investigando um esquema de desvio de verbas públicas envolvendo pelo menos sete vereadores da cidade – alguns deles fazem parte do PSB. O dinheiro teria sido desviado por meio de pagamentos de diárias para um congresso. O valor ainda está sob investigação da Delegacia de Arcoverde.

Além da investigação envolvendo vereadores de Arcoverde, moradores da região afirmam que a transferência também tem relação com uma perseguição ao delegado, que prendeu o filho da presidente da Câmara Municipal, Célia Galindo (PSB), durante uma operação que desarticulou uma quadrilha especializada em homicídios em dezembro do ano passado.

No último dia 2 de setembro, Célia Galindo usou o plenário da Câmara dos Vereadores de Arcoverde para criticar o delegado, chamando-o de “camarada descarado”. A Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco (Adeppe) emitiu nota de repúdio, e pontuou que o delegado apenas cumpriu o seu dever ao prender a organização criminosa.

À época, a PC divulgou uma nota afirmando que “transferências de profissionais são corriqueiras e naturais dentro não apenas na Polícia Civil, mas em qualquer órgão público. Os servidores públicos devem ir ao encontro da necessidade da população e também atuar de forma integrada dentro do plano estratégico de segurança que traga resultados na redução da criminalidade. Insinuar que a transferência técnica tem motivação política é desconhecer completamente as razões reais ou tentar manipular os fatos para tirar algumas vantagens com esse processo de desinformação da população. Como todas as falsas narrativas, não se sustentam”, informou.

Com informações do Blog do Carlos Brito

PE será contemplado com R$ 57 milhões de emendas parlamentares

Recurso, será usado nos projetos de conclusão da Barragem de Gatos, na duplicação 
da BR-104 e ainda na recuperação da pista de pouso do Aeroporto de Fernando de Noronha.

Na manhã desta segunda-feira (28), o governador Paulo Câmara (PSB) recebeu, no Palácio do Campo das Princesas, deputados da bancada federal de Pernambuco. O socialista convocou o grupo para agradecer o apoio dos parlamentares, que destinaram parte de suas emendas impositivas para garantir três obras, consideradas importantes para a infraestrutura do estado. Foram contemplados os projetos de conclusão da Barragem de Gatos, a duplicação da BR-104 e a recuperação da pista de pouso do Aeroporto de Fernando de Noronha. No total, o estado contará com R$ 57 milhões provenientes das emendas parlamentares.

“A parceria com os nossos deputados é fundamental para avançarmos em obras que vão nos ajudar muito na prevenção, na Mata Sul, e garantir mais desenvolvimento, com uma infraestrutura cada vez melhor”, disse o governador, acrescentando que no encontro também conversou com a bancada sobre as manchas de óleo que atingiram o litoral pernambucano. “Apresentamos aos parlamentares o que temos feito, por meio das equipes do governo de Pernambuco, para monitorar e remover esse óleo das nossas praias e estuários”, destacou Paulo Câmara.

          Com informações do Diário de Pernambuco / Foto: Hélia Scheppa/SEI

Recife: Jornalista denuncia: "Em 2018, PHS usou candidata a deputada estadual "laranja” em Vertentes". Irmã de um aliado de Fernando Rodolfo, Renata Pereira recebeu R$ 35 mil reais do fundo eleitoral, mas obteve apenas 20 votos no estado, nove deles em sua cidade

De acordo com a publicação de Magno Martins, ano passado, ninguém viu um só santinho de campanha da manicure; mas do dinheiro que entrou em sua conta, ela transferiu R$ 10 mil para uma gráfica e outros valores para uma produtora, o próprio irmão, uma sobrinha e até um ex-conselheiro tutelar.

.

O Jornalista Magno Martins, que além de assinar um dos blogs mais respeitados no segmento de política do país, ainda assina coluna no Jornal Folha de Pernambuco repercutiu ontem que o município de Vertentes, no Agreste do Estado, também foi protagonista de laranjal nas eleições passadas. De acordo com Magno, Renata Pereira, com registro na justiça eleitoral sob o número 31.999, foi “candidata” a deputada estadual pelo PHS em 2018; e apesar de sua conta de campanha ter recebido R$ 35 mil reais do fundo eleitoral e R$ 600 reais em doação, ela obteve, pasmem, apenas 20 votos no Estado; nove em Vertentes.

Segundo escreveu Magno em sua coluna nesta segunda-feira, na cidade, Renata exerce a profissão de manicure, sendo irmã de Edjailson Pereira, suplente de vereador, conhecido por Dida de Elda, à época presidente municipal do PHS e aliado do deputado federal Fernando Rodolfo; que em 2018 também integrava o partido. Ano passado, o parlamentar obteve pouco mais de mil votos na cidade.

Voltando a Renata, e de acordo com Magno, ninguém viu um só santinho de campanha da manicure; mas do dinheiro que entrou em sua conta, ela transferiu R$ 10 mil para uma gráfica e outros valores para uma produtora, o próprio irmão, uma sobrinha e até um ex-conselheiro tutelar.

Na pressão – Ainda segundo a publicação de Magno, como toda cidade pequena, em Vertentes até as paredes sabem que Renata Pereira não fez campanha e deixou familiares irritados em aceitar ser posta como “laranja” sob o pretexto de completar a cota partidária obrigatória do sexo feminino. Janiel Pereira, seu esposo, reprovou a ideia, mas acabou sendo voto vencido diante da pressão de aliados de Fernando Rodolfo.
.

Resposta - Procurado para dar explicações sobre a notória e explicita “laranja” aliada em Vertentes, o deputado Fernando Rodolfo, eleito sob o dogma da moralidade, emitiu nota onde se defende, alegando que responde apenas por ele. Leia a nota, na íntegra:

“Caro Magno,

A respeito de nota publicada em sua coluna, hoje, não tenho muito a contribuir. Primeiro, porque não tive influência na escolha dos candidatos do PHS. Segundo, porque respondo apenas por fatos que dizem respeito à minha candidatura e ao meu mandato, ambos pautados pela moralidade.

No caso específico de Vertentes, o suplente de vereador Dida de Elda fez parte do grupo que me apoiou e a decisão dele em ajudar a irmã que disputou mandato de deputada estadual foi legítima e natural. Para mim, sem surpresas.

No mais, sigo em Brasília fazendo meu trabalho com honestidade e dedicação integral. Como sempre, estou disponível para qualquer esclarecimento.”

Fernando Rodolfo – deputado federal pelo PL

sábado, 26 de outubro de 2019

Eleições: Armando e Presidente do PTB Garanhuns traçam estratégias para apresentar candidaturas do partido no Agreste Meridional

Araújo: "O PTB está em busca de espaço por  um motivo muito
simples: poder fazer mais pelos pernambucanos".

Na agenda que cumpriu ao longo desta sexta-feira, dia 25 aqui na cidade, o Ex-Senador Armando Monteiro se reuniu com o atual Presidente do PTB Garanhuns, Mewitton Araújo, que atualmente também acumula o posto de Secretário de Governo, Ouvidoria e Articulação Política da gestão Izaías Régis.

        O momento serviu para definir estratégias visando as eleições do próximo ano. De acordo com Araújo, a legenda trabalha para construir candidaturas competitivas em todas as cidades situadas no Agreste Meridional. Serão postulações a Prefeito e a Vereador.

Em 2020, a corrida eleitoral também ocorrerá aqui em Garanhuns, e o PTB que governa o município desde 2013 com o Prefeito Izaías, trabalha para que no próximo ano, o seu candidato obtenha êxito, independente de quem seja ele, Haroldo ou Silvino.
.

Atualmente o PTB ocupa quatro assentos na Câmara Municipal de Garanhuns; a partir da eleição do próximo ano, no entanto, quando 17 vagas estarão em disputa, a legenda buscará expandir sua representação para até seis cadeiras.

Nesta sexta, a reunião entre Armando e Araújo iniciou pela tarde, adentrando, todavia pela noite. Depois de horas de conversa,  o presidente do PTB local saiu do encontro ainda mais otimista. "Armando ocupa lugar de líder maior das oposições no estado e sua vinda a Garanhuns reforça nosso compromisso de oferecer alternativas políticas viáveis tanto para Garanhuns, quanto para o Agreste e para Pernambuco. O PTB está em busca de poder para poder fazer, e por isso acreditamos que a próxima eleição trará ainda mais consagração para o partido", destacou Méwitton Araújo.
.

.


sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Oportunidade: Marinha abre concurso com salários superiores a R$ 9 mil

Ao todo, certame oferecerá 32 vagas para cinco estados;
Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Ceará e Rio Grande do Norte.

A Marinha do Brasil abriu inscrições para o processo seletivo para o Serviço Militar Voluntário (SMV) do 3º Comando do Distrito Naval. Ao todo, estão sendo ofertadas 32 vagas para os estados de Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Ceará e Rio Grande do Norte. As vagas são para a área de saúde e técnicas. As inscrições podem ser feitas pelo site da Marinha até 4 de novembro de 2019. Os interessados também devem pagar uma taxa R$ 127,00 para participarem da seleção.

Segundo o edital do concurso, os aprovados terão contratos temporários que podem durar até oito anos, sem expectativa de permanência e estabilidade, direitos reservados apenas aos militares de carreira. Podem concorrer aos cargos mulheres e homens, entre 18 e 44 anos de idade. Os salários podem chegar a R$ 9.135,00, de acordo com a tabela de soldo da Marinha válida desde janeiro de 2019. Para receber esta remuneração, o candidato aprovado no concurso deve permanecer no SMV durante os oito anos permitidos.

Segundo o tenente Felipe Gibson, assessor de comunicação do 3º Comando do Distrito Naval, o candidato selecionado no processo ingressa no SMV na condição de Guarda-Marinha, com remuneração de R$ 6.993,00. Seis meses depois, ele é elevado ao posto de Segundo-Tenente e depois de outros seis meses é promovido à função de Primeiro-Tenente, cargo que deve ser ocupado por seis anos, quando o militar voluntário se torna Capitão-Tenente, com o salário de R$ 9.135,00.

Vagas - No momento da inscrição, o candidato a uma das vagas deverá selecionar a cidade onde pretende trabalhar e só poderá se inscrever para uma única função, como diz o edital do processo. Confira as vagas abertas pelo concurso:

                                                                  Área de saúde
Cirurgião-Dentista (Ortodontia)
Natal (RN) - 1 vaga
João Pessoa (PB) - 1 vaga
Cirurgião-Dentista (Prótese Dentária)
Natal (RN) - 2 vagas
Recife (PE) - 1 vaga
Cirurgião-Dentista (Endodontia)
Recife (PE) - 1 vaga
Cirurgião-Dentista (Cirurgia e 
Traumatologia Bucomaxilofacial)
Recife (PE) - 1 vaga
Fortaleza (CE) - 1 vaga
Farmácia
Recife (PE) - 2 vagas
Fortaleza (CE) - 1 vaga
Natal (RN) - 1 vaga
Área de apoio à saúde
Nutrição
Natal (RN) - 1 vaga

Área técnica
Ciências Contábeis
Natal (RN) - 1 vaga
Maceió (AL) - 1 vaga
Ciências Náuticas (Inspetor Naval)
Maceió (AL) - 1 vaga
Fortaleza (CE) - 1 vaga
Comunicação Social (Jornalismo)
Recife (PE) - 1 vaga
Direito
Recife (PE) - 1 vaga
Fortaleza (CE) - 1 vaga
Natal (RN) - 1 vaga
Informática (Sistemas de Informação)
Recife (PE) - 1 vaga
Psicologia
Natal (RN) - 1 vaga
Serviço Social
Recife (PE) - 1 vaga
Fortaleza (CE) - 1 vaga
Tecnólogo em Sistemas de Navegação
João Pessoa (PB) - 1 vaga

Área técnica-magistério
História
Fortaleza (CE) - 1 vaga
Inglês (Letras)
Fortaleza (CE) - 1 vaga
Pedagogia
João Pessoa (PB) - 1 vaga
Área de engenharia
Engenharia Civil
Natal (RN) - 1 vaga
Engenharia de Telecomunicações
Natal (RN) - 1 vaga
Engenharia Metalúrgica
Natal (RN) - 1 vaga

PE: 3,8 milhões não possuem serviço de coleta e tratamento de esgoto

No Brasil, mais de 100 milhões de pessoas não têm acesso a coleta
de esgoto e 30 milhões não recebem água tratada em casa.

Em debate na Câmara dos Deputados, o saneamento básico pode ter um novo marco regulatório para incentivar mais investimentos no setor e combater o déficit na cobertura dos serviços de água e esgoto no país. Números do anuário Panorama do Saneamento, com base em dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento, do Ministério do Desenvolvimento Regional, indicam que 3,8 milhões de pernambucanos não têm serviço de esgotamento sanitário, e 1,9 milhão não possui acesso à água potável no estado.

No Brasil, mais de 100 milhões de pessoas não têm acesso a coleta de esgoto e 30 milhões não recebem água tratada em casa. O país precisa no mínimo dobrar a atual média de investimento no setor (R$ 10 bilhões/ano) para conseguir cumprir a meta de oferecer saneamento básico a toda a população até 2033, de acordo com o Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab). O Congresso está discutindo o projeto de lei 3.261/2019, que moderniza o marco legal do saneamento e permite maior participação de empresas privadas no provimento de serviços de saneamento. A perspectiva é que o PL 3.261 seja votado no plenário da Câmara até o final de outubro.

"É essencial o aumento da participação da iniciativa privada para viabilizar os investimentos necessários ao avanço do saneamento, melhorando a saúde pública e a qualidade do meio ambiente. A maior participação do setor privado não representa a ausência do Estado, que mantém seu papel de formulador de políticas e, fundamentalmente, de regulador dos serviços", avalia Percy Soares Neto, diretor executivo da ABCON, entidade que reúne as operadoras privadas de saneamento e que participou dos seminários promovidos na Câmara para esclarecer as demandas de saneamento do país.

Com informações do Blog da Noélia Brito