terça-feira, 3 de setembro de 2019

Notícia ruim: Garanhuns sai do Mapa do turismo brasileiro 2019-2021

Na prática, sair do mapa, inviabiliza as cidades de apresentarem projetos
para atração de investimentos do governo federal. (Ne10 Interior).

O município de Garanhuns, está fora do mapa do turismo do Brasil para os anos de 2019-2021. A cidade, juntou-se a outras 29 no estado de Pernambuco, que foram retiradas da lista. Ao todo, 76 cidades pernambucanas integram a lista de vocação turísticas. A redução atinge grande parte das cidades do interior.

Além de Garanhuns, que realiza o Festival de Inverno há 29 anos; as cidades sertanejas de Serrita; que é palco da tradicional Missa do Vaqueiro, e ainda a de Exu, que abriga o Museu do rei do baião, Luiz Gonzaga, também saíram da lista.

Na prática, sair da lista, inviabiliza as cidades de apresentarem projetos para atração de investimentos do governo federal, ficando restritas aos cofres municipais, estaduais e tentativas de emendas parlamentares. A entrada e saída de municípios depende do preenchimento de certos pré-requisitos.

Mapa Geral - Com 591 municípios a menos, o Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021 encolheu 18%. As regiões Norte e Nordeste registraram as maiores quedas percentuais: 29% e 20,3%. No caso de Pernambuco, a redução foi de 26,2%. Trinta cidades pernambucanas deixaram de figurar no mapa. No entanto, como houve a inclusão de três novos municípios (Paudalho, Ibimirim e Jataúba), o saldo negativo fechou em 27. No total, Pernambuco tem agora 76 cidades com vocação turística, distribuídas em 13 regiões de desenvolvimento. A nova configuração do Mapa do Turismo Brasileiro foi anunciada na última semana pelo Ministério do Turismo.

Confira as regiões de Pernambuco no Mapa do Turismo Brasileiro

CANGAÇO E LAMPIÃO:
Flores, São José do Belmonte,
Serra Talhada e Triunfo;

COSTA NÁUTICA COROA DO AVIÃO:
Abreu e Lima, Goiana, Igarassu, Itapissuma,
Ilha de Itamaracá e Paulista;

ENCANTOS DO AGRESTE:
Agrestina, Altinho, Cupira,
Panelas, São Joaquim do Monte;

ENGENHOS E MARACATUS:
Aliança, Camaragibe, Lagoa do Carro, Nazaré da Mata, Paudalho,
São Lourenço da Mata, Tracunhaém, Timbaúba e Vicência;

FÉ E ARTE:
Arcoverde, Águas Belas, Belo Jardim, Bom Conselho,
Buíque, Ibimirim, Paranatama, Pedra, Pesqueira;

HISTÓRIA E MAR:
Cabo de Santo Agostinho, Fernando de Noronha,
Jaboatão dos Guararapes, Ipojuca, Recife e Olinda;

HISTÓRICA, DOS ARRECIFES E MANGUEZAIS:
Barreiros, Rio Formoso, São José da
Coroa Grande, Sirinhaém e Tamandaré;

ILHAS E LAGOS DO SÃO FRANCISCO:
Belém do São Francisco, Floresta, Itacuruba,
Jatobá, Petrolândia e Tacaratu;

MODA E ECOTURISMO:
Jataúba, Riacho das Almas, Santa Cruz
do Capibaribe, Taquaritinga do Norte e Toritama;

SERRAS E ARTES DE PERNAMBUCO:
Barra de Guabiraba, Bezerros, Bonito, Brejo da Madre
de Deus, Caruaru, Gravatá, Moreno, Sairé;

ÁGUAS DA MATA SUL: São Benedito do Sul e Quipapá;

ÁGUAS E VINHOS DO VALE DO SÃO FRANCISCO:
Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande,
Orocó, Petrolina, Santa Maria da Boa Vista;

TERRITÓRIO DA POESIA E DA CANTORIA:
Afogados da Ingazeira, Iguaraci, Itapetim,
São José do Egito, Tabira;

Nenhum comentário:

Postar um comentário