quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Givaldo Calado fala sobre a eleição de Prefeito em 2020: “Se estiver nos planos do Senhor, serei candidato, sim e vou fazer, uma vez eleito, minha cidade crescer quarenta anos em apenas quatro”

Com afirmação, Calado coloca seu nome de vez, dentre aqueles
que podem vir a disputar a Prefeitura de Garanhuns. (Assessoria, Givaldo).

Na manhã desta terça-feira (3), a Rádio Jornal recebeu, em entrevista, o empresário, acadêmico e figura pública Givaldo Calado de Freitas, um dos possíveis candidatos a prefeito de Garanhuns, nas próximas eleições de outubro de 2020. A entrevista aconteceu dentro do programa do radialista Eduardo Peixoto, que começou chamando a atenção para o grande número de candidatos a prefeito de Garanhuns nas próximas eleições.

Givaldo disse não acreditar que Garanhuns vá para essas eleições com tantos nomes como referido por Eduardo. “Primeiro, porque não é de sua tradição política. Segundo, porque alguns desses nomes vão às ruas à guisa de especular ou de testar. Vamos ter dois ou três nomes nessa disputa. No máximo, quatro. Contudo, nada contra. É direito assegurado. É como, se possível, primárias no Brasil.”

Perguntado se conhecia algum nome como candidato, ele se referiu ao nome do deputado Sivaldo Albino. “A propósito, ele fora meu candidato à Assembleia do Estado, na eleição passada. Fora ele mesmo quem me disse, durante o Festival de Inverno. A se consumar essa pretensão, vai ser muito ruim para Garanhuns porque, fora da Assembleia há tantos anos, de repente se joga pelo ralo essa grande conquista.”
.

Ainda sobre sua pretensão de ser candidato a prefeito de Garanhuns, Givaldo foi enfático ao dizer que “meu nome está colocado pela população e, claro, volta-me a motivação. E, confesso, ela me anima. Se serei, no entanto, está nas mãos do Senhor. E se estiver em Seus planos, aceitarei a missão. A Ele, todo Santo dia, pelo menos duas vezes, agradeço. Por Sua infinita bondade comigo. A Ele rogo, no entanto, por saúde, vigor e motivação para enfrentar os desafios dessa difícil e longa jornada. E também suplico para proteger meus três filhos, genros e nora; e meus cinco netos. Agora, se eu estiver nos Seus planos, serei candidato, sim. E vou fazer, se eleito, minha cidade crescer quarenta anos em quatro. Quem me conhece, sabe disso. Pelo meu esforço. Pelo meu empenho. Pelo meu espírito. Eles são minhas terapias. Quem viver verá. E nós haveremos de viver para conferir.”

Sobre os possíveis apoios do Deputado Federal Fernando Rodolfo e ex-prefeito Zé da Luz, Givaldo foi enfático: “Confio nesses apoios, e os tenho como pilares de minha possível candidatura. Temos conversado muito sobre o assunto, inclusive com o Senador Armando Monteiro, e, por esses dias, estaremos conversando, também, com o prefeito Izaías Regis, que acompanha todo esse desenlace. Agora, quero pontuar: sou sério e atento à minha agenda. Cumpro palavra. Minha trajetória abona minha vida.”
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário