quarta-feira, 14 de agosto de 2019

FERNANDO E SUA LUTA INCANSÁVEL: A pedido de Deputado, Ministro da Infraestrutura se compromete com a duplicação da BR 423

Obra, prometida pelo Governo Federal desde 2011, pode finalmente 
sair do papel, a partir da atuação do parlamentar garanhuense.

O deputado federal Fernando Rodolfo (PL-PE) segue sua luta em Brasília para garantir a duplicação da BR 423, entre São Caetano e Garanhuns. Nesta quarta-feira (14), foi recebido pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e na ocasião pediu empenho no projeto. Depois de longa argumentação, ouviu do ministro o que queria: o compromisso de que a obra de duplicação será tratada como prioritária pelo Ministério, podendo, inclusive, ser iniciada no primeiro semestre do próximo ano.

Rodolfo argumentou a Tarcísio a importância da duplicação não apenas para maior segurança dos usuários da rodovia, que registra alto índice de acidentes, como também para o processo de desenvolvimento da região, com mais facilidade de logística e fator de atração para instalação de novas empresas. Lembrou que a obra, prometida pelo governo federal desde 2011, é uma justa reivindicação da população do Agreste.

O deputado do PL comunicou ao ministro da Infraestrutura que a emenda da bancada federal de Pernambuco proposta por ele e aprovada na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2020, destinando recursos orçamentários ao projeto, permitirá a continuidade da obra de duplicação. “Trata-se de projeto de grande importância para o agreste do estado”, declarou o ministro da Infraestrutura. Ambos discutiram também, na audiência, reivindicação do deputado pernambucano anterior ao início do mandato para construção de  seis passarelas de pedestres nas BRs que cruzam Caruaru (quatro) e Garanhuns (duas), cujas obras devem começar também no próximo ano.

Vale dizer, antes de deixar o Congresso Nacional, o ex-senador Armando Monteiro (PTB), também deu a sua contribuição para a rodovia. E de autoria dele, a relatoria de uma emenda de bancada, que garantiu R$ 50 milhões de reais para obra.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário