segunda-feira, 8 de julho de 2019

URGENTE: Ministro Sérgio Moro pede afastamento do cargo por uma semana por “motivos pessoais”

Licença não remunerada foi publicada no Diário Oficial desta segunda-feira (08); 
secretário-executivo Luiz Pontel de Souza assume na sua ausência. (Revistas Fórum e Exame).

Em meio à divulgação, pelo site de notícias The Intercept Brasil, de uma série de conversas comprometedoras do ex-juiz Sérgio Moro com procuradores do Ministério Público, o ministro da Justiça vai se afastar do cargo na próxima semana.

A autorização para o afastamento de Moro foi publicada nesta segunda-feira (8), no Diário Oficial da União. Ele vai ficar fora do cargo do dia 15 ao dia 19 de julho, para tratar de assuntos particulares, segundo informações oficiais.

A assessoria do ministro afirmou que Moro vai tirar alguns dias de férias. Enquanto isso, o secretário-executivo da Justiça, Luiz Pontel de Souza fica no cargo.

Segundo um auxiliar da pasta, a licença já estava sendo planejada desde que o ministro assumiu, e não tem a ver com o cenário atual de pressão sobre Moro relacionada ao vazamento de suas mensagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário