terça-feira, 4 de junho de 2019

Brasília: Antônio Campos é empossado como novo presidente da Fundaj

Aos 50 anos, Antônio Campos ocupará um cargo público após tentativas frustadas em se eleger prefeito 
de Olinda, em 2016, e deputado estadual, em 2018. (Blog do Jamildo – Foto: Reprodução/Instagram).

No início da tarde desta terça-feira (4), o advogado e escritor Antônio Ricardo Accioly Campos (Podemos), irmão do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, tomou posse como presidente da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj). O ato ocorreu em cerimônia discreta realizada no prédio do Ministério da Educação, em Brasília. Acompanhado da mãe, a ministra do Tribunal de Contas da União e ex-deputada federal Ana Arraes, Tonca, como é conhecido, assinou o termo de sua posse ao lado do ministro Abraham Weintraub.

Indicado pelo líder do governo Jair Bolsonaro (PSL), o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), – que também marcou presença na solenidade -, Antônio Campos já anunciou que pretende fazer ajustes nos cargos comissionados da fundação. Segundo o Portal da Transparência, a Fundaj tem 217 funcionários efetivos e 57 em cargos de comissão. O órgão tem um orçamento previsto de R$ 139 milhões.

Aos 50 anos, Antônio Campos ocupará um cargo público após tentativas frustadas em se eleger prefeito de Olinda, em 2016, e deputado estadual, em 2018. A ida dele para a Fundaj, articulada pelo líder do governo Jair Bolsonaro (PSL) no Senado, senador Fernando Bezerra Coelho (MDB), não é uma novidade em termos de sobrenome. O pai, o escritor Maximiano Campos, trabalhou durante anos na fundação e é considerado como um dos responsáveis pelo grande acervo que a instituição tem atualmente.

Maximiano Campos foi colaborador de Gilberto Freyre no Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais e, posteriormente, assumiu a superintendência do Instituto de Documentação, onde a ajudou a preservar a memória da instituição, que completou 70 anos no ano passado. Há, inclusive, uma placa em homenagem ao escritor no Edifício Paulo Guerra, no campus Gilberto Freyre, no bairro de Casa Forte, Zona Norte do Recife. A placa está localizada ao lado da do seu irmão, o ensaísta, jornalista e escritor Renato Campos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário