domingo, 23 de junho de 2019

Exemplo para todos: Livro “Autista: Anjo Azul” é lançado em Garanhuns

Obra começou a ser escrita há seis meses, e é dividida em duas partes. Em mais 
de 40 páginas, o livro narra a história de vida pessoal do autor. (Secom/PMG).

Foi lançado na última sexta-feira (21), o livro “Autista - Anjo Azul”, escrito pelo aluno da Rede Municipal de Ensino, Cícero Antônio da Silva Neto, que é autista e faz parte do corpo discente do Ensino para Jovens e Adultos (EJA) da Escola Municipal Professor Mário Matos. A solenidade aconteceu na sede da Biblioteca Municipal Luiz Brasil, localizada no Parque Euclides Dourado. O momento contou com a participação de autistas e suas famílias, representantes do Poder Legislativo Municipal e diversas personalidades de Garanhuns.

Durante a ocasião, o autor falou sobre a idealização do livro. Em seguida, servidores da Secretaria Municipal de Educação (Seduc), e familiares de autistas deram seu depoimento a respeito do transtorno. “É um momento extremamente especial, para nós pais e mães de autistas. Quem bom que o Neto, representando nossos filhos, pode falar a respeito da sua forma de ser e compreender o mundo”, afirmou a coordenadora do Grupo de Pais e Apoiadores Autismo em Foco, Rennata Amorim.
.

A mãe do autor, Suelândia Matias, e outros membros da família também estiveram presentes. Durante a produção do livro, Neto contou com o auxílio da professora Socorro Feitosa, que atualmente leciona na Escola Municipal Mário Matos. “Neto já havia falado sobre o que fazer para combater o preconceito. Ele é muito determinado e iniciou o livro, e demos total autonomia no processo”, pontuou a educadora.

A obra começou a ser escrita há seis meses, e é dividida em duas partes. Em mais de 40 páginas, o livro narra a história de vida pessoal do autor, e também traz declarações de mães que possuem filhos autistas. “Quero agradecer a todos que me ajudaram nesse livro. Estou muito feliz e já penso em escrever um novo livro o quanto antes”, finaliza Cícero Neto.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário