quarta-feira, 5 de junho de 2019

Concursos: "Vamos ficar sem contratar durante um tempo", diz Guedes

Manifestação do Ministro da Economia ocorreu ontem, terça, quando ele participava de audiência 
na Comissão de Finanças e Tributação. (Blog do Jamildo – Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados).

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça-feira (4) que houve um “excesso” de contratações no serviço público e que o nos últimos anos os salários aumentaram “ferozmente”. “Vamos ficar sem contratar durante um tempo e vamos informatizar”, afirmou. Desde o último sábado (1º), o chefe da pasta é o responsável por autorizar novos concursos públicos, que agora têm pré-requisitos como a adoção de soluções digitais por entidades e órgãos.

Paulo Guedes esteve ontem, mais uma vez na Câmara dos Deputados, onde participou de audiência na Comissão de Finanças e Tributação.

“Resultado: está todo mundo financeiramente travado, quebrado”, constatou o Ministro diante da comissão, nesta terça. “Quarenta por cento dos funcionários públicos devem se aposentar nos próximos quatro, cinco anos. Não precisa demitir, não precisa fazer nada. Basta desacelerar as contratações, que esse excesso vai embora sem custo, sem briga, sem demissão sem declarar: vamos desaparelhar as maquinas públicas. Só fica quieto um pouquinho e daqui a pouco a coisa desincha. Em vez de admitir militantes nossos, é o contrário: não tem admissões durante um certo tempo”, finalizou Guedes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário