quarta-feira, 5 de junho de 2019

Recife: Álvaro reforça luta de alunos de Medicina da UPE/Garanhuns

Porto: "Na pauta deles estão queixas como falta de médicos cirurgiões, de uma cultura de preceptoria, de 
aulas práticas, de equipamentos como tomografia e ultrassonografia, além do déficit de professores".

O deputado estadual Álvaro Porto (PTB) aderiu ao pleito dos estudantes de medicina da UPE do campus de Garanhuns que vêm lutando pela implantação do internato de cirurgia na rede de saúde daquele município. Estrutura fundamental para atividades curriculares práticas e plantões, o internato foi alvo de indicação de Porto à Mesa Diretora da Alepe. 

Na sua justificativa, o deputado destacou que os estudantes estão mobilizados à espera de uma resposta do governo. Lembrou, inclusive, que no último dia 29 de maio os alunos realizaram um protesto como forma de tornar públicas as deficiências e cobrar medidas que melhorem o funcionamento do curso. 

"Durante o protesto, os estudantes evidenciaram que há anos o Hospital Regional Dom Moura não tem recebido investimentos suficientes para atender aos 21 Municípios do Agreste Meridional", sublinhou Porto.

Antes da manifestação, os estudantes foram à sede do Ministério Público para tratar da implantação do internato de cirurgia na rede de saúde de Garanhuns que, vale salientar, é formada pela UPAE, Hospital Regional Dom Moura e Hospital Infantil Palmira Sales.

"Na pauta deles estão queixas como falta de médicos cirurgiões, de uma cultura de preceptoria, de aulas práticas, de equipamentos como tomografia e ultrassonografia, além do déficit de professores", observou.

O apelo do deputado é endereçado ao governador Paulo Câmara e ao reitor da Universidade de Pernambuco, professor Professor Pedro Falcão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário