quinta-feira, 11 de abril de 2019

Izaías defende o nome de Armando para disputa da capital, Recife

Régis: "O Brasil está precisando de gestores competentes. Armando por sua experiência e capacidade de
dialogo, pode ser o nome que una a oposição em Pernambuco". (Ricardo Antunes/Carlos Eugênio).

Em sua passagem por Brasília, o Prefeito de Garanhuns Izaías Régis (PTB) defendeu que a oposição deve começar a pensar em uma candidatura forte para a Prefeitura do Recife. Régis defendeu abertamente que o "candidato natural" para concorrer à sucessão de Geraldo Júlio (PSB) seja o ex-senador Armando Monteiro Neto (PTB).

"O Brasil está precisando de gestores competentes. Armando por sua experiência e capacidade de dialogo, pode ser o nome que una a palanque da oposição em Pernambuco", disse o Prefeito que integra a "tropa de choque" do ex-senador. "Armando é muito novo para encerrar a carreira política, e tenho certeza que se essa missão lhe for dada, ele saberá conduzir a prefeitura do Recife, para um tempo de desenvolvimento e participação popular", pontuou Régis, que jantou com Monteiro, nesta semana, em Brasília.

Não fugindo as suas características, o Prefeito de Garanhuns disparou críticas sobre a atual gestão da Prefeitura do Recife e disse que a Capital está abandonada. "Recife tá um caos no trânsito, o Centro está acabado! A Cidade precisa de um gestor para reestruturar tudo. Tá feio, tá sujo. Tenho até desgosto em ver a cidade do jeito que ela está. Acredito que Armando poderia fazer essa gestão para melhorar a Capital", finalizou Izaías, que garantiu que o líder petebista não rejeitou a possibilidade para 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário