terça-feira, 9 de abril de 2019

Gravatá: Alcindo é eleito Vice-Diretor da União dos Vereadores de PE

Prestigiado entre os vereadores no estado, parlamentar já 
trabalha a criação da UVAM (União dos Vereadores do Agreste Meridional).

Entre os dias 28 e 31 de março deste ano, a cidade de Gravatá, localizada no Agreste, recebeu mais uma edição do Congresso de Vereadores (as) e Servidores (as) de Câmaras Municipais e Prefeituras, promovido pela UVP (União dos Vereadores de Pernambuco).

Foram quatro dias de evento, no auditório do Hotel Canáriu's, onde convidados renomados ministraram palestras com temas do contexto político do estado e do país, a exemplo do Presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), ministro José Múcio Monteiro, que na oportunidade, tratou sobre o Desenvolvimento da Região Nordeste do Brasil.

Durante o encontro, o vereador de Timbaúba, Josinaldo Barbosa foi reconduzido à presidência da UVP. Ao lado dele, foram eleitos para a mesa diretora do órgão biênio 2019/2020, os vereadores, Antônio dos Santos, de Sertânia; novo vice-presidente; Leonardo da Silva, de Gravatá, novo Secretário-Geral; e ainda Gilvan Barbosa, de Cumaru; que ocupará o cargo de Tesoureiro. Aqui de Garanhuns, e bastante prestigiado pelos colegas parlamentares do Estado de Pernambuco, o vereador Alcindo Correia; que é ligado ao PCdoB, foi eleito o novo vice-diretor de imprensa do órgão.

UVAM - E por falar em Alcindo, a União dos Vereadores do Agreste Meridional (UVAM), deve sair do papel muito em breve, a partir do trabalho do parlamentar garanhuense. É que no início de janeiro, Correia deu o primeiro passo para isso. Na capital, Recife, ele se reuniu com a atual presidente da UVP. O momento, serviu para Correia se inteirar dos trâmites necessários para criação da entidade.

Sonho antigo de Correia, a UVAM contará com todo o aparato jurídico da UVP; que atualmente conta com a representação de apenas sete municípios, dentre os 19 da microrregião meridional. De acordo com o vereador, os próximos passos serão organizar a parte jurídica e iniciar a maratona de visitas as câmaras municipais. A partir da criação da UVAM, o Agreste Meridional, ganha em representatividade, daí a importância da iniciativa.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário