terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Alcindo vence nova enquete e prova que não usa Governo para isso

No último levantamento, Correia atropelou Bruno Gomes, atual Secretário
de Administração. Ele bateu Gomes pelo percentual de 56% a 44%.

O vereador Alcindo Correia (PCdoB), venceu mais uma enquete nas redes sociais. Dessa vez, o parlamentar bateu o atual Secretário de Administração, Bruno Gomes. A enquete que submeteu os dois a avaliação popular, indagou aos internautas sobre quem deveria ocupar o posto de vice-prefeito de Haroldo Vicente, na eventualidade dele ser o candidato a prefeito apoiado por Izaias Régis (PTB) em 2020.

Ao final, Alcindo registrou 56% do percentual dos votos a seu favor, enquanto que Bruno, 44%. Em números absolutos, a enquete mobilizou 1.584 pessoas, onde Alcindo assegurou 891 votos e Bruno 693. A vantagem para Correia foi de 198 votos.

Com a vitória, o vereador governista põe fim as especulações de que estaria se utilizando da boa vontade de alguns secretários, vereadores e da estrutura do Governo Municipal para obter êxito nesses estudos virtuais, já que a maioria dos votos daqueles que integram o time da gestão municipal foram dirigidos a Bruno, como no caso da secretária de saúde, Nilva Mendes, do secretário de Juventude, Esportes e Lazer, Carlos Eugênio, do diretor da AMSTT, Elielson Pereira, da Secretária da Mulher, Valquíria Alves, do seu colega parlamentar, Ary Júnior (PTB), e ainda do suplente de vereador, Luiz Leite.

Vitorioso - Vale dizer, Alcindo ainda não foi vencido em nenhuma enquete.
.


O outro lado – Ouvido pelo Blog, o Secretário de Administração Bruno Gomes se mostrou contente com o resultado final da enquete. Essa foi a primeira vez que ele teve seu nome envolvido em um estudo virtual dessa natureza. Como nunca foi candidato a nenhum cargo eletivo, ele entende que os números deram a vitória a Alcindo, sendo que no entanto, eles também serviram para projetar viabilidade para que ele possa postular o cargo. Atualmente, Bruno está dedicado mesmo, é ao bom funcionamento de sua Secretaria. Ao Blog, ele refutou a informação de que teria recebido apoio de vereadores, da gestão municipal  e de servidores do executivo, para sair vitorioso na enquete. “Os votos que recebi foram de maneira independente, de forma solidária”, disse ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário