quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

UBE Garanhuns anuncia que terá candidato em eleição nacional

No último sábado, em clima de confraternização, ex-presidente da entidade, o contador José 
Renato Siqueira, admitiu a possibilidade de disputar a presidência nacional da agremiação.

No último sábado (22), a União Brasileira dos Escritores (UBE) pólo Garanhuns, convocou seus associados para a tradicional confraternização de final de ano. Na oportunidade, o radialista e comunicador, Valdir Marino, foi empossado como mais novo associado. Ele chega a entidade, a partir de uma indicação do escritor Paulo de Melo. Além de Valdir, quem também deve passar a compor o grupo seleto, é a professora garanhuense, Maria Almeida. Sua posse, está marcada para o início de 2019, mais precisamente no decorrer do mês de fevereiro, na escola Joana D'arc.

Candidatura - No sábado, em clima de confraternização, o ex-presidente da entidade, o contador José Renato Siqueira (foto, a direita), admitiu a possibilidade de disputar a presidência nacional da agremiação. A notícia foi bem recebida, tendo em vista que o pólo UBE Garanhuns tem apenas três anos de existência, mas já viabiliza uma candidatura desse porte. Edson Mendes, que integra a executiva brasileira do órgão, e ainda o atual presidente da UBE Garanhuns, Natanael Vasconcelos, deram aval à postulação de Renato.

Confraternização - Realizada em ambiente privado, e com a presença de cerca de 50 pessoas, o evento contou com almoço e coquetel de bebidas; servidos no início da tarde. Antes porém, no decorrer da manhã, espaço para sorteio de livros, e ainda para uma palestra sobre o sentido do Natal, ministrada pelo presidente da entidade.

Formação – Além de Natanael, na Presidência, a Diretoria da UBE Garanhuns, conta ainda com mais três componentes de peso. São eles, o Médico Ulisses Pereira e a escritora e cordelista Edilene Soares, primeiro e segundo secretários, respectivamente, e ainda o funcionário público e blogueiro, Ronaldo César, à frente da tesouraria. A UBE pólo Garanhuns, volta a se reunir em 2019. Novidades, traremos aqui.
.

.

.

.

.

.


Garanhuns: IPSG presta contas em evento de confraternização

“Nossa gestão tem compromisso com o servidor público municipal, e quanto ao Prefeito Izaías, ele 
é quem nos dá a condição de executar nosso trabalho”, destaca Marcelo Maçal, presidente do IPSG.

Na última sexta-feira (21), o Instituto de Previdência Social do Município de Garanhuns (IPSG), realizou a sua prestação de contas, referente ao exercício do ano de 2018. Na ocasião, por intermédio de parceria, o órgão ofereceu um café da manhã aos aposentados e pensionistas municipais. O momento, que reuniu cerca de 200 pessoas, contou com a apresentação do músico garanhuense Cafuringa.

Ao falar ao Blog do Gidi Santos, o atual presidente do Instituto, Marcelo Maçal, relatou o equilíbrio financeiro em que se encontra o IPSG. De acordo com ele, embora 2018 tenha sido um ano atribulado politicamente, a maneira como o órgão foi conduzido ao longo do ano, assegurou o bom resultado aferido nos últimos dias de dezembro.

Como novidade, Marcelo anunciou que o Instituto conta desde o início de 2018, com o atendimento de uma junta médica do município, dentro das instalações do IPSG. Com isso, segundo ele, o julgamento dos processos de aposentadoria, sejam elas por doença, acidente de trabalho ou mesmo invalidez, ganharam em celeridade. Este ano, para se ter uma ideia, mais de 1.400 processos foram julgados. Três médicos, um perito do trabalho, um psiquiatra e um ortopedista, formam a junta.

Marcelo comemora o bom resultado do IPSG. “Nossa dedicação tem sido recompensada com a estabilidade do Instituto, e com as boas colocações no ranking nacional de boas práticas de gestão Previdenciária, onde já ficamos em terceiro lugar. Nossa gestão tem compromisso com o contribuinte, que é o servidor público municipal, e quanto ao Prefeito Izaías, ele é quem nos dá a condição de executar nosso trabalho, de maneira a contemplar os que precisam do IPSG”, destaca o presidente do Instituto.
.

Advogado ressalta valor do empreendedorismo da Magia do Natal

Em texto publicado nas redes sociais, Tony Neto ainda reservou espaço para cobrar uma 
participação mais efetiva da iniciativa privada junto ao evento. Leia o artigo, abaixo:

“Nos idos de 1998, o então empresário Izaías Régis bradava aos quatro cantos de Garanhuns que um dia, se o povo daqui lhe oferecesse uma oportunidade para gerir os rumos da cidade, ele transformaria a gestão com uma eficiência de tal maneira, a permitir que o povo tivesse dias melhores, que, como ele mesmo dizia, o resgate da autoestima do garanhuense seria, sem sombra de dúvidas, uma das suas maiores obras. Naquele ano, em que pese ter tido uma excelente votação para deputado estadual, quase dez mil votos só em Garanhuns, ele não foi eleito, disputando também, a eleição para prefeito de 2000, vindo a ser eleito na eleição seguinte, 2002, com uma votação histórica, sendo o único deputado estadual eleito diretamente, e exclusivamente, com os votos de Garanhuns.

De lá pra cá, tem sido um apaixonado pelas causas de Garanhuns e região. Companheiro fiel do Senador Armando Monteiro, muitas vezes incompreendido, Izaías não se cansa de relatar o seu amor pela Suíça Pernambucana e tem, agora, para além de tantas outras obras já realizadas, algo com que se orgulhar, que é A MAGIA DO NATAL DE GARANHUNS. 

Ver nossa cidade lotada de turistas e os nativos participando de um evento de tamanha grandeza, sendo notícia nos principais meios de comunicação em nível nacional, é algo que realmente resgata a autoestima do nosso povo e provoca um desejo de seguir em frente. É perceber que estamos no melhor caminho. Que o Natal de Garanhuns gera emprego e renda a milhares de pessoas, que o turismo realmente é a indústria sem chaminé e que, portanto, torna a vida de muitos mais digna e realça a vontade e o orgulho de dizer: EU SOU DE GARANHUNS. É LÁ O MELHOR NATAL DO NORTE e NORDESTE DO BRASIL. É hora de começar a entender que este evento, grandioso como o é, carece de uma participação mais efetiva daqueles que fazem o trade turístico da cidade. É preciso que hotéis, bares, restaurantes, comércio e indústria, entre outros, compreenda que a iniciativa privada precisa estar mais presente, para que, efetivamente, este consolide-se, tornando aquilo que antes parecia impossível, algo real e duradouro.

Por vezes, achei exagero do prefeito Izaías Régis quando diz que o Natal de Garanhuns será o maior do Brasil. Hoje, começo acreditar nisso como algo plausível. Algo que estará para esta cidade linda, como uma visão empreendedora arrojada e sensacional. Parece-me que para ele, o impossível não é inatingível. É só lembrar de uma frase que dizia o saudoso governador Miguel Arraes: “o possível a gente faz. O impossível, a gente se junta ao povo para fazer.”

FELIZ MAGIA DO NATAL, GARANHUNS!”
Tony Neto
.