domingo, 23 de setembro de 2018

“Bolsonaro representa o nazifascismo”, afirma Ciro em Recife

Em campanha na capital Pernambucana, pedetista também criticou Haddad. "Fazer uma experiência em um
país em convulsão por amor ao Lula projetará mais quatro anos de confrontação odienta”. (JC Online).

Em visita à capital pernambucana neste domingo (23), o candidato do PDT à presidência da República, Ciro Gomes, discursou no auditório do Colégio Auxiliadora e voltou a atacar a figura do também presidenciável Jair Bolsonaro (PSL).

"Bolsonaro representa o ovo da serpente do nazifascismo entre nós, que tem sete cabeças. Uma para descriminar as mulheres, outra para descriminar os negros, outra para descriminar as pessoas que tem orientação sexual diferente daquilo que ele acha normal, outra para descriminar os nordestinos, outra para descriminar os quilombolas. Essa serpente está ameaçando o Brasil de forma muito grave", afirmou o candidato do PDT.

PT e Haddad - Sobre a candidatura de Fernando Haddad pelo Partido dos Trabalhadores (PT), a quem ele chama de "presidente por procuração", Ciro declarou que a burocracia do partido aproveitou o carinho e a gratidão generosa e correta do povo brasileiro ao ex-presidente Lula para "fazer e acontecer". "A última deles foi indicar Fernando Haddad, meu amigo, pessoa boa, mas sua última experiência política não inteirou dois anos ainda. No cargo de prefeito de São Paulo, com apoio do Lula e meu, perdeu em todas as urnas de São Paulo, no bairros ricos, classe média e pobres", disse. 

"Fazer uma experiência em um país em convulsão por amor ao Lula projetará mais quatro anos de confrontação odienta, que gera brigas violentas e divide famílias", acrescentou o postulante, que esteve acompanhado de algumas lideranças políticas.

Pesquisas - Quanto aos resultados das pesquisas, Ciro voltou a questionar a legitimidade dos Institutos. Para o presidenciável, é importante que "o povo brasileiro não entregue nossa decisão aos Institutos de Pesquisa". "Isso é um país que se ouve falar sistematicamente em venda e compra de deputados. Se você imagina que um deputado pode ser comprado em um país como o nosso, você imagina que os institutos de pesquisa estão assim tão protegidos da decência?", criticou o candidato.

Projeto realizará exames e consultas gratuitamente em Garanhuns

Ação, será promovida através da Secretaria de Saúde Municipal, e irá contemplar 
atendimentos em ultrassonografia, ortopedia e oftalmologia. (Secom/PMG).

Terá início nesta segunda-feira (24), o projeto “Garanhuns cuidando de você: Mais saúde, menos fila”, idealizado pela Prefeitura Municipal de Garanhuns, por meio da Secretaria Municipal de Saúde. A ação busca reduzir as filas de acesso a consultas e exames para algumas das áreas que possuem maior demanda no município; beneficiando diretamente a população que busca atendimentos de ultrassonografia, ortopedia e oftalmologia. O projeto segue até o fim de outubro.

A oferta será em média de 8 mil atendimentos durante o período, realizadas nos locais e datas agendados pela Central de Regulação do Município; que serão sinalizados nos guias de consulta entregues aos pacientes pela equipe da sua respectiva Unidade Básica de Saúde (UBS). A partir desta segunda, até o dia 30 de outubro, os pacientes já poderão realizar suas ultrassonografias. Já os encaminhamentos de ortopedia vão passar por uma triagem que terá início na próxima semana. Durante o processo, serão solicitados os exames de pré-consulta, que são necessários para os atendimentos na área, que acontece do dia 15 a 30 do próximo mês. As consultas na especialidade de oftalmologia também serão realizadas neste período, segundo informa o Governo Municipal.

De acordo com a secretária Municipal de Saúde, Nilva Mendes, a iniciativa vem em benefício da população, atendendo toda a demanda reprimida das especificidades. “Nosso compromisso com a população é diário, queremos dar celeridade aos processos e reduzir ao máximo o tempo de espera por exames e consultas dos mais diversos tipos em Garanhuns”, destaca a titular da pasta. Em caso de dúvida o paciente deverá procurar a sua Unidade Básica de Saúde de referência, ou entrar em contato com a Secretaria, por meio do telefone (87) 3762-2288 ou (87) 3762-0585.

''Dou para as feministas ração na tigela”, diz música de Bolsonaro

Jingle de campanha do presidenciável, promoveu polêmica, ao ser executado na manhã deste
domingo, em ato a favor de sua candidatura, na capital, Recife. (JC Online – Foto: Sérgio Bernardo).

Mesmo em segundo lugar nas intenções de voto em Pernambuco (17%), a campanha de Jair Bolsonaro (PSL) a presidência da república ganhou reforço em caminhada de apoio ao candidato, que ocorreu na manhã deste domingo (23) na Avenida Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. O ato, que contou com a presença de centenas de pessoas, teve início ás 9h nas imediações da Rua Padre Bernardino Pessoa.

Vários líderes de movimentos da sociedade civil e representantes religiosos estiveram no local, que contou com um trio elétrico e carros de som. Muitas pessoas estavam com a camisas que estampavam o rosto do candidato, da seleção brasileira e com cartazes de apoio ao presidenciável, onde um deles dizia 'Pela moral, os bons costumes e a família'.

Polêmica - Durante o ato, várias músicas foram cantadas pelo público. Muitas delas faziam crítica a esquerda, a outros presidenciáveis e a políticos em geral, como a deputada Maria do Rosário, e exaltavam a direita e o candidato Jair Bolsonaro (PSL).

Em uma das canções, paródia da música 'Baile de Favela', a letra faz críticas ao feminismo e cita a Central Única dos Trabalhadores. ''Dou para CUT pão com mortadela e para as feministas ração na tigela, as minas de direita são as top mais belas, enquanto as de esquerda têm mais pelo que cadela''.

          Veja o vídeo, clicando aqui.

61 Lideranças ligadas a Marília declaram apoio a Armando Monteiro

Em Garanhuns, neste sábado (22), acompanhado do Prefeito Izaías, e dos candidatos ao Senado, Bruno
Araújo e Mendonça Filho, Monteiro realizou um dos maiores atos políticos da história do município. 

O candidato ao governo do estado pelo PTB, Armando Monteiro, divulgou que 61 lideranças, entre vereadores, ex-prefeitos e ex-vice-prefeitos do Agreste Meridional que defendiam a pré-candidatura de Marília Arraes (PT) ao governo do estado, lhe hipotecaram apoio neste sábado (22). Para o petebista, os aliados de Marília estão inconformados com a manobra promovida pelo Palácio do Campo das Princesas, que culminou com a retirada da neta do ex-governador Miguel Arraes da disputa. Os vereadores do Agreste resolveram deixar a Frente Popular e aderiram à campanha de Armando. 

O apoio foi anunciado em Garanhuns, no Agreste Meridional, onde Armando esteve com os candidatos ao Senado Bruno Araújo (PSDB) e Mendonça Filho (DEM). Falando em nome dos colegas, o vereador de Garanhuns Alcindo Correia (PCdoB) destacou o processo antidemocrático que tirou Marília do páreo. “Eles é quem são golpistas. Armando será o futuro governador de Pernambuco”, enfatizou Correia.  

Armando agradeceu ao apoio e fez questão de chamar as lideranças de “companheiros de luta”. “Gostaria de fazer uma homenagem à guerreira Marília Arraes. Esse povo acha que tomou conta do estado. Mas o povo livre de Pernambuco vai tirar eles do Palácio”, reforçou Armando.  “Vocês são muito bem-vindos”, arrematou.
.

Em seguida, na companhia do prefeito Izaías Régis (PTB), Armando caminhou pelas ruas da cidade. A caminhada foi seguida de um breve ato, no tradicional Espaço Colunata, na Avenida Santo Antônio. “Perceber o olhar de esperança dos jovens e o de confiança dos mais velhos é uma prova de que Pernambuco quer mudar. O atual governador já teve a chance dele e foi reprovado. Tudo piorou. Agora é a hora de mudar. Eles sabem que vão perder e já começaram o jogo sujo, atingindo as nossas famílias. Mas se vierem quente, vamos devolver fervendo”, afirmou Armando. 

Nas redes sociais, o prefeito Izaías exaltou o momento marcante da campanha em prol de seus candidatos. "Uma multidão nos acompanhou hoje na Caminhada 14! Garanhuns e o Agreste Meridional mostraram sua força e vontade de mudar Pernambuco! Armando sai hoje de Garanhuns com a certeza de que a vitória está próxima", frisou.
.

Haddad e Paulo realizam grande caminhada pelas ruas do Recife

Presente ao ato, o senador Humberto Costa (PT) lembrou que Pernambuco viveu
um dos seus melhores períodos quando Lula era presidente e Eduardo Campos, governador.

O candidato a presidente pelo PT, Fernando Haddad retornou a Pernambuco neste sábado, 22. Ele fez uma caminhada pelas ruas da capital acompanhado do governador Paulo Câmara e dos demais candidatos da frente popular. De acordo com a assessoria 50 mil pessoas participaram do ato, que terminou com um comício

No local, Fernando Haddad reforçou o compromisso  Câmara e falou da necessidade de eleger um time que ajudará o Brasil voltar a ser dos brasileiros e a manter Pernambuco no caminho dos avanços. “Queria fazer um agradecimento ao povo aqui do Recife e de Pernambuco. Quero dizer: não se faz nada sozinho. A gente tem mania de achar que elege presidente e está resolvido. O presidente precisa de parceria no congresso e parceria dos governadores, senão não consegue governar e temos muita coisa para arrumar. Temos que estar unidos todos nós. Aqui temos o Paulo Câmara! Vamos, em 2018, olhar com força o país que a gente quer construir. O povo quer o país de volta. Preciso de vocês. Não fazemos sozinhos. O Lula não fez sozinho, o Lula tinha time. Temos time e lado. O lado do povo. Até a vitória!”, afirmou Haddad, sendo aplaudido por uma multidão.
.

O governador Paulo Câmara lembrou que a população de Pernambuco tem a responsabilidade de ajudar na missão de fazer o Brasil voltar a ser feliz com o time de Haddad e Lula, tirando o país do atraso com a Turma de Temer. O socialista também enfatizou que, nesta reta final da campanha, não vai faltar empenho e dedicação para lutar por um país melhor. “Quero dizer ao povo de Pernambuco que a gente tem muita honra de ter aqui o apoio do presidente Lula. O apoio do presidente que fez tanto por Pernambuco, que quer fazer com que Pernambuco e o Brasil voltem a ser felizes. Haddad, sua vinda a Pernambuco significa isso: a esperança para o Brasil voltar a ser feliz e Pernambuco ficar na frente. Por isso, eu peço a vocês, nesse dia de sol de sábado, a gente tem uma caminhada de 15 dias e temos que escolher o lado do povo, o lado de Miguel Arraes, de Eduardo Campos, de Lula, de Fernando Haddad”, disse. 

A futura vice-presidente do Brasil, Manuela D’Ávila (PCdoB) também participou da caminhada e brincou com a quantidade de gente presente ao ato político. “É a primeira vez que venho ao Galo da Madrugada e termino com um discurso! A nossa caminhada parecia o Galo, de tanta alegria, de tanta gente, da multidão que abraça Haddad, que me abraça, que abraça Humberto, Paulo e Luciana. Que abraça o time de Lula em Pernambuco e diz que vamos vencer a eleição!”, exaltou a candidata.

Também presente no ato, o senador Humberto Costa (PT) lembrou que Pernambuco viveu um dos seus melhores períodos quando Lula era presidente e Eduardo Campos, governador. Humberto falou que essa parceria será novamente possível elegendo Paulo Câmara no Estado e Fernando Haddad, presidente da República. “Em duas semanas, vamos escolher entre o time de Lula e a Turma do Temer. No dia 7 de outubro, é Paulo governador, Haddad presidente e Humberto senador," arrematou. Haddad também esteve neste sábado em Caruaru, também na companhia de Paulo Câmara.
.