quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Izaías: “Temer escolheu Paulo Câmara como chefe da sua turma”

Ainda de acordo com Prefeito de Garanhuns, aliança de Câmara com Lula, mediante afastamento de Temer 
é uma investida com viés eleitoreiro. Passadas as eleições, Governador voltará a ser amigo de Temer.

O prefeito de Garanhuns, Izaias Régis Neto (PTB), avaliou como reveladora a entrevista em que o presidente da República Michel Temer (MDB), confirma as relações que manteve com o governador Paulo Câmara desde o impeachment de Dilma. “O governador é o verdadeiro chefe da Turma de Temer em Pernambuco. O próprio Temer disse que Paulo Câmara sempre esteve ao lado dele na condição de um aliado, liberando os secretários para votarem pelo impeachment, sem nem precisar de pedidos”, comentou o prefeito, referindo-se à entrevista dada por Michel Temer nesta quarta-feira (29) à Rádio Jornal Recife. 

Ao vivo, direto de Brasília, Temer afirmou: “Aliás, desde o primeiro momento ele deu esse apoio. Você se lembra do episódio do impeachment, quando os deputados ligados a ele todos votaram pelo impeachment, sem que eu fizesse qualquer pedido”.

Para Izaias, Temer demonstrou um carinho especial por Paulo Câmara, afirmando que entende a tentativa do governador em esconder a ligação entre os dois. “Temer deixou claro que tudo não passa de uma jogada eleitoral, que logo depois das eleições Paulo voltará a ser seu amigo, com tudo devidamente pacificado”, ressaltou o prefeito. 

“O governador está em campanha eleitoral, ele me apoiou durante todo o período desde a questão do afastamento da senhora ex-presidente, né? Vamos compreender a posição dele. É natural você verá que logo depois da eleição ele se pacifica, não tenho dúvida disso”, disse Temer à radialista Geraldo Freire, na Rádio Jornal Recife.
.

Temer agradece apoio de Paulo, que diz ser candidato de Lula (PT)

Além de agradecer ajuda de Câmara no impeachment de Dilma, em entrevista, Presidente ainda contradisse
afirmações de Paulo, sobre o Governo Federal não ter investido em PE. (JC Online – Foto: Guga Matos).

Em entrevista ao programa Passando a Limpo, da Rádio Jornal Recife, nesta quarta-feira, dia 29 de agosto, o atual presidente da República, Michel Temer (MDB), contradisse as críticas feitas pelo Governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), feitas ontem (28), no debate promovido pela emissora; afirmando que não deixou de contribuir com Pernambuco durante sua gestão. Na ocasião, Temer destacou que sempre manteve um bom relacionamento com Paulo, e que o Governador, assim como o PSB e os deputados federais pernambucanos pela legenda, foram cruciais para consagração do processo que resultou no impeachment da então Presidente Dilma Roussef (PT) em 2016.

"Você lembra que ele me deu apoio, os deputados ligados a ele votaram pelo impeachment sem que eu fizesse qualquer pedido", relembrou o presidente. "Tenho uma relação de oito páginas cheias do que foi feito por Pernambuco. Em todas as áreas houve um trabalho muito intenso", garantiu Temer, aproveitando a oportunidade para enfatizar os investimentos realizados pelo seu governo nas áreas da saúde, educação e segurança.

"Ele precisa ter em quem bater" - O emedebista amenizou as declarações do candidato ao governo pelo PSB e disse “compreender” o teor da sua fala. "Já tenho estrada politica e concepções conceituais o suficiente para compreender o governador. Ele está no período eleitoral, precisa ter em quem bater [...] Vamos compreender a posição dele. Logo depois da eleição ele se pacifica", rebateu o Presidente.

Paulo Câmara diz nunca ter apoiado Temer - Após a fala de Temer, Paulo Câmara pediu para responder e acusou o emedebista de não cumprir suas promessas para o Estado, além de só olhar para os mais ricos. "Não olhou o Nordeste, não ajudou Pernambuco, não teve compromisso conosco", disse o governador. 

Quanto a relação política entre os dois no passado, Paulo rebateu assim: "Vamos primeiro separar o que é cordialidade, do que é apoio. É bem diferente. O presidente Temer não tem o nosso apoio e nunca teve em nenhum dos momentos do nosso governo. Eramos a favor de novas eleições e nunca aceitamos cargos no governo do Temer".

Para ouvir as entrevistas do Governador Paulo Câmara (PSB) e do Presidente da República, Michel Temer (MDB), na íntegra, clique aqui.
.

Paulo diz que Armando quis enganar os pernambucanos em debate

Segundo Monteiro, Câmara é o maior aliado do presidente Temer, já que ele, o PSB e os deputados socialistas, apoiaram impeachment da então presidente Dilma, Rousseff . (JC Online – Foto: Guga Matos).

Ao final do debate da Rádio Jornal, realizado ontem, terça-feira (28), o governador Paulo Câmara (PSB) acusou o principal adversário, o senador Armando Monteiro (PTB), de querer enganar o povo de Pernambuco ao tentar atribuir ao socialista responsabilidade sobre o governo Michel Temer (MDB). No primeiro debate entre os candidatos ao governo do Estado, Paulo disse que Armando está no palanque de Temer, ao que o petebista reagiu afirmando que o PSB deu votos fundamentais para o impeachment de Dilma Rousseff (PT).

"Eu vejo isso como querer enganar o povo pernambucano. Todos nós sabemos da nossa posição contra o presidente Temer. Pernambuco foi retaliado por isso. É só ver a autonomia de Suape que foi marcada a data. Como nós nos posicionamos contra a reforma trabalhista, ele cancelou e até hoje a autonomia de Suape não aconteceu. Nós temos claramente a nossa posição política contrária ao governo Temer, que está fazendo muito mal ao Brasil", afirmou Paulo Câmara, que este ano está em busca de sua reeleição.

"Quem está junto do presidente Temer é o Armando. Que tem no seu palanque os ex-ministros de Temer. E com essa agenda do Temer que ele quer implantar em Pernambuco e a gente não vai deixar. O povo não quer essa agenda. O povo quer uma agenda diferente, que já fez bem a Pernambuco, que foi quando o presidente Lula foi presidente", emendou o governador, que no debate, se mostrou visivelmente incomodado com algumas perguntas.

Promessas - O Governador Paulo Câmara admitiu ter sido muito cobrado pelas promessas feitas em campanha ainda em 2014, mas que até o momento não saíram do papel. Ele lamentou não ter tido tempo suficiente de apresentar tudo o que fez no primeiro mandato. "Esse foi o primeiro debate. Tenho a expectativa de que nos próximos a gente possa debater mais sobre vários temas. E que haja possibilidade de a gente falar tudo aquilo o que a gente fez, porque a gente fez muita coisa, e o que a gente quer fazer no futuro. Foram anos de crise. Mas Pernambuco se preparou, está pronto. É um estado eficiente reconhecido nacionalmente como fez mais com menos. E eu quero continuar governando Pernambuco para fazer cada vez mais pelo nosso povo", afirmou o socialista.

Alvo dos demais candidatos, Paulo focou na disputa direta com Armando. Ele direcionou a primeira pergunta ao petebista e tentou fazer o mesmo na segunda rodada, mas não pode porque o senador já havia sido questionado. Além dos dois, Dani Portela (PSOL) e Maurício Rands (PROS) também participaram do debate da Rádio Jornal, que durou quase duas horas e teve apresentação de Geraldo Freire.

Abaixo, você confere, na íntegra, o debate desta terça, realizado pela Rádio Jornal Recife, mediado pelo radialista Geraldo Freire. Veja:

Garanhuns: Nesta quarta, Álvaro inaugura comitê ao lado de Izaías

Abertura de seu comitê aqui em Garanhuns, sela oficialmente 
aliança eleitoral entre Porto e o grupo político de Régis.

Ao lado do prefeito Izaías Régis (PTB), de vereadores, e de lideranças de toda a região Agreste Meridional de Pernambuco, o deputado estadual Álvaro Porto (PTB) inaugura seu comitê hoje aqui em Garanhuns. O quartel general da campanha pela reeleição fica na Avenida Rui Barbosa, número 14 - coincidentemente, o número eleitoral do PTB, partido do qual inclusive ele faz parte. O início do evento está marcado para 19h.

A abertura do comitê em Garanhuns sela oficialmente a aliança eleitoral de Álvaro com Izaías e seu grupo político. A parceria foi costurada desde 2016, sendo resultado natural do trabalho de Álvaro Porto na Assembleia Legislativa. 

Ao longo do mandato, o deputado chamou para si a defesa cotidiana dos interesses do Agreste Meridional. Por meio de discursos, cobranças, denúncias, pedidos de informação e destinação de emendas para municípios da região, Álvaro se firmou como a voz do Agreste Meridional na Assembleia Legislativa de Pernambuco, e fora dela. 

A aproximação entre o deputado e Izaías aconteceu, portanto, a partir de afinidade de projetos políticos - ambos estão empenhados na eleição do senador Arando Monteiro (PTB) para o governo do estado - de bandeiras e reivindicações da população de Garanhuns, assim como de toda a região Agreste Meridional do Estado.
.

Izaías inicia campanha em torno das candidaturas do PE Vai Mudar

Na Cohab II, onde realizou sua primeira caminhada nessas eleições, Prefeito foi acompanhado 
de uma multidão. Em discurso, Régis convocou a população a votar em seus aliados.

A primeira caminhada aqui em Garanhuns, em favor da Coligação Pernambuco Vai Mudar foi realizada na tarde desta terça-feira (28), arrastando centenas de pessoas por diversas ruas do bairro da Cohab II.  À frente, o prefeito Izaías Régis que foi recebido de braços abertos pelos moradores do bairro, fortalecendo e aumentando a caminhada rumo à vitória de Armando Monteiro como governador de Pernambuco.

O prefeito Izaías Régis (PTB) estava ao lado do vice-prefeito Haroldo Vicente, Além dele, ainda estiveram no momento os vereadores Ary Júnior (PTB), Gersinho Filho (PTB), Luzia da Saúde (PTB) e Daniel da Silva (PSC), além das lideranças comunitárias da Cohab II, Carlos Alex, Andrea Nunes, Renata Gonçalves e Andrezza Brasileiro. 

Para Izaías, a primeira caminhada da campanha mostrou a força de Garanhuns em torno do projeto de mudança a que tanto precisa o povo de Pernambuco. “Fiquei muito feliz com a receptividade e carinho dos moradores da Cohab II comigo, algo que sempre tiveram, permanecem e se fortalece a cada dia.  Agradeço a todos que compareceram, foi muito bom ver a energia, alegria e animação de cada um. Sigamos juntos para ver Pernambuco Mudar, e mudar para melhor”, ressaltou Régis, demonstrando confiança na eleição de Armando.

Ao discursar, Izaías pediu o apoio de todos para os candidatos que está apoiando para mudar Pernambuco e melhorar ainda mais Garanhuns, que são: Armando Monteiro, governador de Pernambuco, Álvaro Porto para deputado estadual, Sílvio Costa Filho para deputado federal e de Bruno Araújo e Mendonça Filho para o Senado.
.

.

.

.

Curso Administração da AESGA é o de melhor prática pedagógica

Por se destacar, curso foi premiado no 29º  ENANGRAD, premiação, que é
uma iniciativa da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração.

A Autarquia do Ensino Superior aqui de Garanhuns – AESGA comemora junto aos seus docentes e discentes a brilhante trajetória da Instituição na 29ª edição do Encontro Nacional dos Cursos de Graduação em Administração – ENANGRAD, realizado em São Paulo, entre os últimos dias 24 e 26 deste mês de agosto.

Abordando o tema "Gestão da aprendizagem no contexto das transformações" o Encontro inovou e este ano promoveu o 1º Prêmio ANGRAD de Inovação em Ensino e Aprendizagem, premiação pela qual a AESGA ficou com melhor prática pedagógica do Estado de Pernambuco e entre as 23 melhores práticas pedagógicas do País.

A Premiação, que é uma iniciativa da Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração e tem como objetivo reconhecer as instituições de ensino superior, coordenadores, docentes e discentes que tem inovado no processo de ensino e aprendizagem nos cursos de Administração.

O destaque da Autarquia se deu pelas atividades práticas supervisionadas desenvolvidas com os 1º e 2º períodos de forma interdisciplinar com todos os professores. As iniciativas inscritas foram avaliadas no sistema duplo-cego, segundo cinco critérios explicitados no regulamento. A equipe, coordenada por líderes regionais, foi composta por 72 professores e pesquisadores da área de ensino e aprendizagem, das cinco regiões do País. Os 11 destaques serão decididos por um comitê estratégico especializado.

Todas as iniciativas foram publicadas no livro sobre metodologias inovadoras, organizado pelo coordenador do Prêmio ANGRAD, professor Edson Sadao Iizuka.