segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Paulo reduz 12 pontos de sua rejeição e busca votos dos indecisos

No intervalo de duas pesquisas, Ibope e Datafolha, atual
Governador saiu de 43, para 31 pontos de rejeição.

Considerando os dois últimos levantamentos divulgados no decorrer da semana passada pelos institutos Ibope e Datafolha sobre a corrida eleitoral em Pernambuco, o Governador Paulo Câmara (PSB) reduziu em 12 pontos percentuais o seu índice de rejeição. Se na segunda-feira (20), na pesquisa Ibope, 43% do eleitorado afirmava não votar nele, na quarta, no levantamento Datafolha, esse percentual foi de apenas apenas 31%.

Embora não seja possível identificar a redução efetiva desse quesito de Câmara, já é legítimo assegurar que há uma tendência dessa rejeição retroceder, ou mesmo de que ela, não é exatamente tudo aquilo que se acredita ser; tamanha a oscilação entre as pesquisas.

Com o início da propaganda eleitoral no Rádio e na TV, no próximo dia 31 de agosto, Paulo, que terá 5 minutos de inserções diárias, ante a 2 minutos e 40 segundos de Armando, tende a reduzir ainda mais a sua rejeição. Isso porque, na propaganda eleitoral gratuita de 2018, o eleitorado que rejeita Câmara, além dos 10% de indecisos, será levado a conhecer a gestão do atual governador. Na propaganda, Paulo poderá lograr êxito, a partir de um das políticas públicas de maior resultado de sua gestão: a de educação.

Atualmente, Pernambuco é o estado com o melhor ensino médio público do país. O que tem a maior rede de escolas de ensino médio de tempo integral do Brasil. O que tem o menor índice de evasão escolar dos 27 estados da federação. O que possui uma das maiores redes de escolas de referência, as chamadas Erem. Um dos que mais investem no intercâmbio de alunos que estudam outros idiomas e um dos que mais avançaram na edificação de Escolas Técnicas profissionalizantes, 43; uma delas, erguidas inclusive aqui em Garanhuns, a Ariano Vilar Suassuna.

Em via de regra, esses avanços são devidos aos investimentos feitos por Câmara na modernização da gestão da educação de Pernambuco. Tendo em vista os bons resultados, Paulo terá a educação a seu favor, ou ao menos alguns setores desse segmento.
.

Questão contra - Como exceção, o socialista será cobrado por uma promessa feita nas eleições de 2014, que até aqui não foi cumprida: a de dobrar os salários dos professores estaduais; levando o piso salarial desses profissionais para  R$ 4 mil reais.

Esse tema, que já naquele ano promoveu um embate entre ele e Armando, deve novamente incendiar os ânimos. Em 2018, como fez nos debates eleitorais passados, Armando reforçará que a promessa de Paulo era uma investida demagoga, com viés eleitoreiro, ou seja, em busca apenas do voto, já que ele como secretário de administração dos governos de Eduardo Campos, nunca se dispôs a reajustar os salários desses profissionais a esse patamar, mesmo quando, a arrecadação tributária do estado de Pernambuco crescia vigorosamente; como fruto do bom momento da economia nacional.

Embate - Ponto alto do enfrentamento dessa questão, ocorreu num debate realizado pela TV Jornal Caruaru no dia 19 de setembro de 2014. Na ocasião, o então candidato ao Governo do Estado, Paulo Câmara, assegurou que se eleito, iria priorizar a educação. No mesmo contexto, Câmara encaixou a promessa. Em seguida, indagou Armando sobre a proposta dele para melhorar os salários dos professores. Recebeu do petebista, um cruzado de direita; pois Monteiro respondeu assim: “Olha Paulo, você como candidato se tornou muito generoso, mas como secretário que teve essa posição de protagonismo no governo, você foi muito perverso com o funcionalismo. Você como secretário de Administração promoveu uma grande compressão (redução) salarial. Eu costumo dizer que como secretário de administração, você foi um bom secretário da fazenda. Portanto Paulo, as pessoas são testadas quando tem a oportunidade de fazer. E os pernambucanos sabem, que no governo passado, Pernambuco teve um dos maiores aumentos de arrecadação, porque foi um período de crescimento, e ainda assim, você não proporcionou àos professores, uma remuneração adequada. Estados pobres como Sergipe, Paraíba, pagam salários mais altos do que Pernambuco. Portanto Paulo, você ficou derrepente sensível a questão dos professores. O povo não é bobo, o povo sabe que isso é demagogia”.

       Relembre:

Matheus Martins vai apoiar Claudiano Filho para deputado Estadual

No último sábado, na fazenda da família Martins, em Itaíba, Matheus
participou do lançamento oficial da candidatura de Claudiano.

Empresário, atualmente presidente da ala jovem do PP aqui de Garanhuns, Matheus Martins vai apoiar Claudiano Filho para deputado estadual nas eleições deste ano.

No último sábado, na fazenda da família Martins, na zona rural de Itaíba, Matheus participou do lançamento oficial da candidatura de Claudiano. Na ocasião, participaram do momento, o presidente estadual do PP e candidato a deputado Federal, Eduardo da Fonte, o candidato a senador pelo PT, Humberto Costa, e ainda o candidato a Governador de Pernambuco, pela Frente Popular, Paulo Câmara (PSB).

O evento, serviu para ratificar o apoio dos Martins à reeleição de Câmara. Além disso, serviu para aproximar Matheus do Governador. Embora breve, o contato rendeu uma demonstração de simpatia de Paulo Câmara, em virtude de uma possível candidatura de Matheus à Câmara Municipal de Garanhuns em 2020.

          Dobradinha - Vale registrar, Matheus confirmou a redação do blog, que para o posto de deputado federal, ele irá apoiar Gonzaga Patriota (PSB), que aqui em Garanhuns, é aliado direto da notável vereadora Betânia da Ação Social (PTB), ela que é, a mais importante parlamentar, assentada no campo político de oposição.
.

Com Izaías e André Ferreira, Álvaro Porto reafirma luta pelo Agreste

Em canhotinho, onde acompanhou o lançamento da candidatura de Porto, Izaías reforçou o apoio a Álvaro e a importância de garantir um novo mandato ao deputado; principal defensor da região Agreste Meridional.

Candidato à reeleição para a Assembleia Legislativa, Álvaro Porto (PTB) deu a largada oficial na campanha demonstrando força no último domingo (26). Nos três eventos que comandou, em Canhotinho, sua terra natal, foi marcante a presença de eleitores circulando a pé, de carro ou de moto, ostentando adesivos e bottons e empunhando faixas e bandeiras. Nos discursos, o deputado destacou que a continuidade da luta por melhores dias para a população do Agreste Meridional é o que move a campanha.

Para o deputado, a expressiva participação de apoiadores em comício realizado no distrito de Olho D’Água, ao longo de carreata e durante a inauguração da comitê, no centro da cidade, evidencia o comprometimento popular com a sua campanha. Gente de Canhotinho, onde Álvaro foi prefeito por duas gestões consecutivas, e de outros municípios do Agreste Meridional lotaram ruas, pátios e praças ao longo do dia de ontem.

O prefeito de Garanhuns, Izaías Régis (PTB), o prefeito de Canhotinho, Felipe Porto (PSD), e o deputado André Ferreira (PSC), que concorre à cadeira na Câmara Federal e faz dobradinha com Álvaro em Canhotinho, marcaram presença. No comício, Izaías reforçou o apoio a Álvaro e a importância de garantir novo mandato ao deputado que se tornou representante e principal defensor dos interesses da região na Assembleia.
.

A necessidade de eleger os candidatos da coligação Pernambuco Vai Mudar - senador Armando Monteiro (PTB) para o governo, Fred Ferreira (PSC) para a vice e os deputados federais Mendonça Filho (DEM) e Bruno Araújo (PSDB) para o Senado - foi enfatizada, nos discursos,  como caminho para a reversão dos problemas enfrentados pelo povo do Agreste, a exemplo da violência desmedida e da precarização da Saúde.

Álvaro agradeceu a confiança de quem dedicou o domingo a externar o apoio à sua reeleição e reiterou que o Agreste Meridional, como aconteceu no primeiro mandato, continuará sendo sua prioridade na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Ele ressaltou ainda que seu compromisso é continuar a defender causas e bandeiras da região e buscar soluções para os problemas enfrentados por quem vive ali.
.

.

.

.

Mais um Prefeito aliado de Câmara vira para o lado de Armando

João Lira, Prefeito de Bom Jardim: “Pernambuco precisa de algo diferente. Precisamos melhorar 
em todas as áreas. O homem certo para botar Pernambuco no seu devido lugar é Armando.”

Mais um prefeito do PSD, partido que dá sustentação ao governo Paulo Câmara, deixa a Frente Popular e se engaja na corrente da mudança encabeçada pelo senador Armando Monteiro (PTB). Desta vez é o chefe do Executivo de Bom Jardim, João Lira.

“Pernambuco precisa de algo diferente. Precisamos melhorar em todas as áreas.  A violência tem índices altos, a educação deixa a desejar e a saúde está um caos. Falta diálogo. Os secretários só vivem no gabinete”, disse Lira, após reunião com o candidato a governador e o deputado federal Ricardo Teobaldo (Podemos).  "O homem certo para botar Pernambuco no seu devido lugar é Armando. Alguém que tenha voz ativa, que conversa com as pessoas", completou ele ladeado por Monteiro e Teobaldo.

“João Lira é uma liderança importante e Bom Jardim um município que merece respeito. Sentimos que o nosso projeto, que vai mudar Pernambuco, está sendo aceito pelas lideranças e pelo povo", afirmou Armando. Com o apoio de Lira, chega a cinco o número de prefeitos do PSD que se juntam à candidatura de Armando. Também do PSD, já se engajaram na campanha os prefeitos Marcelo Gouveia (Paudalho), Chaparral (Orobó), Genaldi Zumba (São João) e Rossine Cordeiro (Lajedo), que anunciou neste fim de semana o apoio do seu grupo ao candidato da coligação Pernambuco Vai Mudar.

Aposentados começam a receber 1ª parcela do décimo terceiro

A estimativa é de que essa antecipação injete na economia do país R$ 20,7
bilhões em agosto e setembro. (Agência Brasil – Foto: AntÔnio Cruz).

Aposentados e pensionistas começam a receber nesta segunda-feira, dia 27 de agosto, a antecipação da primeira parcela do décimo terceiro salário. De acordo com a Secretaria de Previdência, o depósito será feito junto com a folha mensal de pagamentos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) até o próximo dia 10 de setembro, conforme a Tabela de Pagamentos de Benefícios 2018.

A estimativa é de que essa antecipação injete na economia do país R$ 20,7 bilhões em agosto e setembro. Segundo o INSS, 29,7 milhões de beneficiários terão direito a receber a primeira parcela do abono anual, que corresponde à metade do valor do benefício. A exceção é para quem passou a receber o benefício depois de janeiro de 2018. Nesse caso, o valor será calculado proporcionalmente. 

Não haverá desconto de Imposto de Renda nesta primeira parcela. O tributo será cobrado apenas em novembro e dezembro, quando for paga a segunda parcela. 

Tem direito ao décimo terceiro quem, durante o ano, recebeu benefício previdenciário de aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão ou salário-maternidade. Aqueles que recebem benefícios assistenciais, como Prestação Continuada e Renda Mensal Vitalícia, não têm direito ao abono anual. 

Desde 2006, o governo antecipa a primeira parcela do décimo terceiro dos aposentados e pensionistas na folha de agosto. Somente em 2015, o pagamento foi adiado para setembro, por causa do ritmo fraco da economia e da queda da arrecadação.

Multidão e força política marcam abertura de campanha de Batata

No evento de lançamento de sua campanha, aqui em Garanhuns, Carlos reafirmou seu compromisso 
com a duplicação da BR 423, imprescindível para a instalação de fábricas e indústrias na região.

O candidato a Deputado Federal Carlos Batata realizou na noite do último sábado (25) a abertura oficial de sua campanha no Agreste. O evento aconteceu aqui em Garanhuns, no Bairro do Indiano, na famosa Rua do Balaio, um dos bairros mais conhecidos e populares da cidade. Estima-se que em torno de 3 mil pessoas participaram do evento, dentre elas lideranças vindas de várias cidades do Agreste e da região Metropolitana do Recife.

Inúmeras lideranças que apoiam Batata marcaram presença, como o Deputado Estadual Alberto Feitosa, os ex-prefeitos Hidelbrando (Águas Belas) e Alexandre Tenório (Iati); o vereador de Gilmar (Bom Conselho); os vereadores Érico, Verônica e Bruno da Ótica (Capoeiras) e os ex-vereadores de Garanhuns Silvio Sabino e Augusto Acioli. Da cidade de Lajedo, também compareceram o presidente da Câmara de Vereadores, Denis da Água, e o Secretário de Agricultura, Diogo; além de atuais e ex-vereadores, suplentes e representantes de associações rurais, produtores de leite e queijo da região.

Em seu discurso Carlos Batata reafirmou o seu compromisso com a duplicação da BR 423, imprescindível para a instalação de fábricas, indústrias e geração de emprego e renda para Garanhuns e região e com a implantação da Universidade Federal do Agreste (UFAPE), cuja criação foi aprovada por lei de autoria do Senador Armando Monteiro, na gestão do Ex-Ministro da Educação, Mendonça Filho.

      "Lutarei incansavelmente junto à Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional para viabilizar recursos para a duplicação e tenho como dever de casa tirar do papel e transformar em realidade a Universidade Federal do Agreste", afirmou. 
.

Batata frisou ainda os compromissos assumidos com a valorização do homem do campo através do PRONAF na obtenção de recursos para a qualificação e assistência técnica, em especial para os pecuaristas e produtores de leite, queijo, milho, feijão e mandioca, que formam a economia de base local.

Na sua fala, Carlos Batata enfatizou, ainda, a importância do Deputado Estadual Alberto Feitosa, seu amigo pessoal e parceiro há mais de 20 anos, destacando o trabalho realizado por ele em Capoeiras, e justificando o seu apoio  à ele naquele município, em Caetés e em Bom Conselho. Batata, também ressaltou o seu apoio à candidata a Deputada Estadual em Garanhuns, Claudomira Andrade. "Ela é uma mulher forte, guerreira e que a cada dia vem conquistando o seu povo, pois convive diariamente com a população mais carente, conhecendo de perto todas as dificuldades existentes em Garanhuns", disse ele.
.

Izaías investe quase R$ 2 milhões em infraestrutura de Garanhuns

Nesta segunda, Prefeito e Secretário de Obras assinaram ordem de serviço,
que contemplará 13 ruas da Cohab 3 com pavimentação asfáltica. (Secom/PMG).

O prefeito de Garanhuns, Izaías Régis, e o secretário de Serviços Públicos e Obras, Pedro Maia, assinaram nesta segunda-feira (27), no Gabinete do Prefeito, a ordem de serviço para a execução de trabalhos de infraestrutura urbana com pavimentações asfálticas, no bairro Dom Hélder Câmara, popularmente conhecida como Cohab III.

Segundo informa a Prefeitura Municipal de Garanhuns, entre as ruas contempladas estão, Rua 12, Jaciara Pereira, Arnaldo Pereira, Hermínio Sampaio, Manoel Correia de Lima, Claudemir Correia de Lima, José Correia da Rocha, Radialista Tiago Correia, Valdemar Jacinto da Silva, Marçal Tavares Pedrosa, Rua 11, Rua 10, Rua 9. 

O valor total do investimento é da ordem de R$ 1.818.990,41 (um milhão, oitocentos e dezoito mil, novecentos e noventa reais e quarenta e um centavos) de recursos repassados por meio de Convênio junto à Caixa Econômica Federal.
.

Lajedo: Prefeito Rossine anuncia apoio à candidatura de Armando

Oficialização do apoio à Monteiro, acorreu após encontro movimentado realizado no
último sábado (26). Para deputado estadual, Rossine irá apoiar Álvaro Porto.

Uma semana depois de o prefeito de São João, Genaldi Zumba (PSD),  romper com o Palácio do Campo das Princesas e o atual Governador Paulo Câmara (PSB), declarar apoio à candidatura do senador Armando Monteiro, do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB); outro gestor do Agreste Meridional tomou a mesma decisão. Rossine Blesmany, também do PSD, anunciou que está no palanque e já trabalha pela eleição do petebista.

A oficialização do apoio, acorreu após encontro realizado no último sábado (26), em Lajedo. Reunido com vereadores, suplentes de vereador, ex-vereadores, presidentes de 11 partidos políticos, três ex-prefeitos e de várias outras lideranças do município, Rossine bateu o martelo e corroborou o que grupo havia decidido unanimemente por uma votação simbólica: apoiar a candidatura de Armando para governador de Pernambuco.

A decisão de Rossine veio após o seu grupo avaliar como insatisfatório o tratamento destinado a Lajedo pelo governo do estado e pelo governador Paulo Câmara (PSB). O prefeito, que declarara apoio à candidatura à reeleição do deputado estadual Álvaro Porto (PTB), já tinha recebido o senador petebista em, julho, em Lajedo, sinalizando a aproximação que resultou na oficialização de apoio.
.

Rodolfo recebe apoio de lideranças e da população do Agreste

No último final de semana, Fernando esteve com sua sua militância política em campanha 
nas cidades de Garanhuns e Caruaru. Em ambas as cidades, ele foi recebido com muito apreço.

Fim de semana de atividades intensas pelo Agreste do Estado. Esse foi o ritmo de campanha do candidato Fernando Rodolfo (PHS), rumo à Câmara dos Deputados. Na sexta-feira, ele visitou a comunidade do bairro Riachão, em Caruaru, sua principal base eleitoral.

Durante a caminhada, Rodolfo foi carinhosamente saudado por crianças, jovens, mulheres, homens e idosos. Todos demonstraram carinho e apoio à candidatura, que surgiu do desejo do povo por mudanças. Após o encontro com os moradores do Riachão, o candidato foi até a cidade de Lajedo onde se reuniu com lideranças políticas do município. 

Ainda na sexta-feira, Rodolfo caminhou com uma multidão pelo bairro do Magano, em Garanhuns. Em conversa com moradores, ele reforçou o compromisso, quando eleito, defender os mais necessitados. “Durante o tempo que fui apresentador de TV vivenciei de perto cada dor e sofrimento do povo e continuarei lutando firmemente por melhorias nos hospitais, nas escolas e pela segurança da população”, comentou.
.

No sábado pela manhã, o candidato visitou a Central de Abastecimento de Garanhuns (Ceaga), e conversou com feirantes e compradores. Acompanhado da militância e lideranças políticas, ele percorreu toda a feira, debatendo propostas de melhorias necessárias para o incentivo da agricultura familiar e do pequeno empreendedor.

No fim da tarde e noite de sábado, Fernando Rodolfo visitou o Sítio do Muricí, zona rural de Caruaru, para uma mega caminhada. Durante o ato, o candidato ia de porta em porta das residências e estabelecimentos comerciais ouvindo as reivindicações dos moradores da localidade. Segundo a população, o local está abandonado e pelo poder público. “Quero que você vença essa eleição para ser o nosso representante lá em Brasília. Está mais que na hora de renovar essa política e colocar gente nova como você para trabalhar para o povo em favor do povo”, disse uma moradora.
.

Armando: “Meu compromisso é com Lula, não com Haddad”

Em entrevista na capital, petebista garantiu, ainda, que seu palanque não está fechado para 
o presidenciável Geraldo Alckimin (PSDB). (Blog da Folha – Foto: Rafael Furtado).

Em entrevista ao programa Folha Política, da Rádio Folha, na capital pernambucana, Recife, nesta segunda-feira, dia 27 de agosto, o senador e candidato ao Governo de Pernambuco, Armando Monteiro (PTB) não se comprometeu a apoio ao Partido dos Trabalhadores (PT), acaso o ex-presidente Lula não possa ser candidato. “Meu candidato é Lula. Se lula não for candidato me sinto liberado para fazer minha escolha. Não tenho compromisso com a candidatura de Haddad. Eu tenho compromisso com Lula", pontuou.

Armando garantiu, ainda, que seu palanque não está fechado para o presidenciável Geraldo Alckimin (PSDB), pois seu partido e outros que compõem a coligação estão entre os apoiadores da candidatura do tucano à presidência. “Meu palanque é um palanque aberto. O palanque está aberto pra Alckimin porque tem vários partidos que defendem sua candidatura na nossa chapa, inclusive o meu”, afirmou Armando.

Segundo ele, sua ausência no comício do tucano em Petrolina pode ser explicada por seu compromisso com o ex-presidente Lula. “Se eu tenho um candidato que ainda não está descartado, por que eu iria pra um vento com Geral do Alckimin?”, questionou o petebista.

Armando elogia Marília Arraes, mas
mantém cautela sobre possível aliança

Indagado sobre um possível apoio da vereadora Marília Arraes (PT) à sua postulação, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) teceu elogios à petista, que concorre à Câmara Federal após ter sua candidatura ao Palácio das Princesas afastada pela direção nacional do PT. Depois de participar de sabatina da Rádio Folha FM na condição de candidato ao Governo do Estado, Armando afirmou que Marília foi “guindada ao primeiro plano das lideranças de Pernambuco”, mas que não vai pressioná-la por alianças.

Armando, quando disputou a eleição de 2014 ao Governo do Estado, contou com o apoio da vereadora Marília Arraes, que havia acabado de romper politicamente com o PSB. O petebista, inclusive, chegou a vincular a sua imagem com a da petista em um vídeo de campanha que circulou nas redes. “Quando a gente olha a história de Armando, a gente vê competência”, dizia Marília, no vídeo, que remete, ainda, à eleição passada.

Na saída da sabatina da Rádio Folha, entretanto, Armando adotou um tom mais diplomático. “Marília, hoje, ela foi guindada ao primeiro plano das lideranças políticas de Pernambuco por mérito próprio, agora ela tem que estar muito à vontade para ver como vai se posicionar. Eu não pressiono ninguém, eu respeito a posição dela”, ponderou o senador. “O importante é que ela já disse que não vota em Paulo Câmara e, ao que se sabe, fez uma manifestação de que não poderia votar em Humberto”, alegou.

No domingo, Marília inaugurou o seu comitê, na Boa Vista, sem a presença do senador do PT em Pernambuco, Humberto Costa (PT), que teve, como única agenda do dia, visitar a abertura do comitê do deputado federal Danilo Cabral (PSB), junto com o governador Paulo Câmara (PSB), em Casa Forte.
.