segunda-feira, 9 de julho de 2018

Preso casal que usou nome de Delegado de Garanhuns para golpe

R$ 9 mil reais. Esse foi o valor do golpe dado pelo casal na cidade de Caruaru, usando 
o nome do Delegado Regional Luiz Bernardo. (NE10 Interior/JC Online).

Uma jovem de apenas 21 anos e um homem de 31 foram presos nesse fim de semana suspeitos de estelionato na cidade de Caruaru, no Agreste do estado de Pernambuco. O casal deu um golpe de quase R$ 9 mil em um hotel no centro da cidade, utilizando o nome do delegado regional de Garanhuns, Luiz Bernardo. De acordo com o delegado Patrick Marinho, o homem se passava por policial civil e dizia que trabalhava na equipe do delegado. Por causa disto, ele irá responder ainda por se passar por funcionário público. Já a mulher dizia que era afilhada do delegado Luiz Bernardo.

Segundo informou o gerente do hotel, que preferiu não ser identificado, além das diárias, o casal fazia refeições no estabelecimento. O gerente afirma a Rádio Jornal Caruaru, que os funcionários não desconfiaram que se tratava de golpe já que o casal pagou cerca de R$ 4 mil no início da hospedagem e apresentavam prints com supostas conversas em um aplicativo de mensagens com o delegado. Após descobrir o número do delegado, o hotel teria ligado para cobrar a dívida. Foi quando a fraude foi descoberta.

Os suspeitos passaram cerca de 60 dias no hotel. "A proprietária do hotel deve procurar os meios cíveis para ter o ressarcimento desse prejuízo", explicou Patrick Marinho. Eles foram autuados em flagrante e passarão por audiência de custódia. O caso continua sendo investigado pela Polícia Civil aqui do Estado de Pernambuco.

Delegado negou conhecer dupla suspeita - O caso foi descoberto nesse sábado (7) depois que policiais da equipe Malhas da Lei receberam uma denúncia anônima e foram averiguar as informações. A fraude foi descoberta depois que os funcionários do hotel conseguiram o verdadeiro contato do delegado, que negou conhecer o casal.

Após a dupla ser detida, outras três pessoas se apresentaram na Delegacia de Plantão de Caruaru afirmando já terem sido vítimas do casal, que haveria aplicado diversos tipos de golpes na cidade. Após passar por audiência de custódia nesse domingo (8), Marcislândio pagou fiança e foi liberado para responder em liberdade, já Maria Graciete acabou recolhida para Penitenciária de Buíque, também no Agreste do Estado.

Em entrevista à TV Jornal de Caruaru, o delegado Luiz Bernardo confirmou que o homem se passava por ele para aplicar golpes. "De fato ele estava utilizando o celular co minha foto, hospedando-se em hotéis, pegando dinheiro emprestado em meu nome, mantendo relações com bandas de música. Tudo isso como se as pessoas estivessem fazendo negócio com um delegado de polícia", comentou o verdadeiro delegado Luiz Bernardo. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.
.

Fundarpe anuncia show de rapper autora de música sobre sexo oral

“O que me anima é a habilidade na lambida. Lá lá lá, me lambe lá”, diz trecho da 
composição da cantora Karol Conka. (Foto: Caio Kenji/G1 Santa Catarina)

Há dez dias do início de um dos maiores, se não o maior Festival Multicultura da América Latina, o Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), O Governo do Estado de Pernambuco, através da Fundarpe e a Secult, responsáveis pela organização e realização do evento, divulgaram no início da tarde desta segunda (9), mais uma atração a compor a programação oficial do evento, que este ano, ocorrerá entre os dias 19 e 28 de julho.

Desta vez, trata-se da consagrada rapper curitibana, Karol Conka, que no seu vasto leque de composições, conta com uma em especial, “Lalá”, de 2017, que chama atenção. Nela, a cantora sem nenhum pudor, reclama de um sexo oral mal feito. Não fosse o bastante, a mesma letra ainda propaga a cultura do uso da planta herbácea, cannabis sativa, na forma da droga popularmente conhecida como “maconha”. Em determinado trecho da música, que pode ser conferida no vídeo abaixo, Karol canta: “O que me anima é a habilidade na lambida. Malícia, muita saliva enquanto eu queimo uma sativa”.

Não menos agressiva, noutro trecho, segue a música: “Moleque mimado bolado que agora chora. Só porque eu mandei ajoelhar. Fazer um lalá por várias horas. Lá lá lá, me lambe lá”, e finaliza: “Mal sabe a diferença de um clitóris pra um ovário. Dedilham ao contrário. Egoístas criando um orgasmo imaginário”.

Com um disco e dois EPs lançados, a artista curitibana ganhou destaque no cenário nacional por misturar a estética do trap hop e funk com letras de caráter nada conservador. Seu trabalho como rapper começou ainda em 2004. Suas músicas, abordam temas ainda mal entendidos pela sociedade, embora registramos, suas composições reconhecidamente, tratam de exaltar a força feminina, empoderando as mulheres contra o machismo e o racismo, como no caso das músicas "Tombei" e "É o Poder".

Prestes a lançar seu segundo álbum de inéditas, intitulado “Ambulante”, em agosto, a curitibana atualmente se prepara para uma nova etapa da sua carreira. Na 28ª edição do FIG, a estreia de Karol Conka já tem data marcada para acontecer. A rapper, se apresentará no dia 28 de julho, no Palco Pop, instalado no Parque Euclides Dourado, as 20 horas.

Notoriedade, premiações e sucesso

Após nove anos de carreira, em 2013, Karol recebeu sua primeira estatueta na categoria Artista Revelação, no Prêmio Multishow de Música Brasileira. Com o lançamento da canção "Tombei" com o grupo Tropkillaz, em 2015, ela voltou à premiação, vencendo a categoria Nova Canção. A música em questão ainda se tornou tema de abertura do seriado "Chapa Quente", em  2016, estrelada por Ingrid Guimarães e Leandro Hassum.

No ano seguinte, em 2017, a canção "Bate a Poeira", do seu primeiro disco, se tornou tema da 25ª temporada de Malhação, subtitulada de “Viva a Diferença”, tema próximo daquele defendido pelo FIG 2018: "Um Viva a Liberdade". A partir de sua trajetória, Karol Conka se consagrou como um dos grandes nomes do rap e do movimento feminista no país, fazendo shows, não apenas pelo Brasil, mas pelo mundo inteiro.


Abaixo, você confere o clipe oficial da música "Lalá"




Confira a letra da música, na íntegra:

Lá lá lá

Moleque mimado bolado que agora chora
Só porque eu mandei ajoelhar
Fazer um lalá por várias horas

Ele disse por aí que era o tal
Pega geral e apavora
Seduzi pra conferir
E percebi que era da boca pra fora

Dá pra perceber, existem vários
Falam demais, fingem que faz
Chega a ser hilário
Mal sabe a diferença de um clitóris pra um ovário
Dedilham ao contrário
Egoístas criando um orgasmo imaginário

Pouco importa pra ele se você também tá satisfeita
Esses caras ainda não aprenderam que 10 minutos é desfeita
Meia bomba que toma não aguenta o molejo da lomba
Se desmonta, tem medo e no final só me desaponta

Já fico arrependida
Seca, desacreditada e fria
Desse jeito desanima
Quero ser bem atendida

O que me anima é a habilidade na lambida
Malícia, muita saliva enquanto eu queimo uma sativa

Lá lá lá, me lambe lá
Lá lá lá, me lambe, me lambe, me dê uma lambida lá

É inacreditável, eles ficam sem ação
Quando a gente sabe o que quer e já mete a pressão
Tem que saber fazer senão gera contradição
Direitos de prazer iguais, mais compreensão

Isso daqui não tá de enfeite
Dá um jeito, se ajeite
Sem ser fake, então vai se deite
Se eu quero, respeite

O clima deixa de ser quente, confundiu minha mente
Falam demais, quando chega na hora a ação não é equivalente
Nem vem, sou apenas mais uma com experiência e sabe quem tem
Vejo vários convencidos achando que no final mandou bem

Minhas amigas concordam também
Vocês podem ir mais além
Sem dedicação espantam um harém

Curvem-se, encostem os lábios na flor
Quebra esse tabu, isso não é nenhum favor

O que me anima é a habilidade na lambida
Malícia, muita saliva
Enquanto eu queimo uma sativa

Lá lá lá
Lá lá lá, me lambe lá
Lá lá lá, me lambe, me lambe
Me dê uma lambida lá
Lá lá lá
Lá lá lá, me lambe lá
Lá lá lá, me lambe, me lambe
Me dê uma lambida lá

Eleições: Damásio Cardoso não fará mais dobradinha com Batata

Decisão de Cardoso (Patriotas), ocorreu após conversa mantida
com Batata (DEM), no último final de semana.

Desde o início deste ano, o bombeiro militar Damásio Cardoso, que atualmente integra os quadros do Patriotas, é cogitado como pré-candidato a deputado estadual, a compor dobradinha com Carlos Batata (DEM), que em 2018, busca retornar a Câmara Federal.

Como indicação de uma possível aliança entre os dois, também no início do ano, Batata rasgou elogios a figura de Cardoso. Num deles, o ex-deputado federal arrematou: “Damásio é a liderança que Garanhuns e região está precisando para defender os municípios do Agreste Meridional na Assembleia Legislativa. Com ele Garanhuns terá um homem de bem, um rapaz novo com muita garra para defender a cidade e apresentar projetos visando o desenvolvimento de toda região”.

Embora saudável, a relação política entre os dois pré-candidatos, rompeu politicamente, no último final de semana. É que em conversa, Batata indicou a Damásio, a intenção do Democratas, de viabilizar candidaturas próprias. Neste caso, para atender as normas eleitorais, o DEM irá investir numa candidatura feminina e do próprio partido aqui em Garanhuns. Sendo assim, Batata deverá fazer dobradinha com essa candidata construída dentro da própria sigla partidária, que tudo indica, será a da advogada Claudomira Andrade.

Com isso, Damásio avalia não ser possível Batata contar com o apoio de dois candidatos a Assembléia Legislativa de Pernambuco, aqui em Garanhuns. “Seria uma disputa desigual”, afirma Cardoso, já que segundo seu entendimento, não contaria com a simpatia e o apoio necessário dos membros do Democratas para viabilizar a estrutura de campanha para sua candidatura. Com a decisão consolidada, Damásio se mobiliza para buscar nova parceria com um outro pré-candidato à Câmara Federal.

Senac Garanhuns oferece oficinas na semana que antecede o FIG

Automaquiagem, drinques e coquetéis, massas, trufas, mesa posta e primeiros socorros, 
com formações curtas, são as oficinas oferecidas, entre os dias 9 e 13 de julho.

A 28ª edição do Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), já tem data marcada e acontece entre os dias  19  e 28 deste mês.  Na semana que antecede a programação cultural, porém, o público terá a oportunidade de investir em habilidades profissionais com a programação “Senac, saberes e sabores do inverno”. A ação traz oficinas de automaquiagem, drinques e coquetéis, massas, ttrufas, mesa posta e primeiros socorros, com formações curtas, cuja carga horária é de quatro horas. As aulas acontecem de 9 a13 de julho, na unidade do Senac  em Garanhuns.

Na oficina “Drinques e Coquetéis”, que acontece das 8h às 12h da segunda-feira (9), os alunos conhecerão as técnicas de bar e harmonização entre frutas e bebidas destiladas. Chance  excelente para quem pretende começar no trabalho como bartender ou melhorar os serviços oferecidos nesse segmento. No dia seguinte, terça-feira (10), a vez será da oficina “Mesa Posta”, que ensinará como montar uma mesa com elegância em eventos e restaurantes, servindo vinhos e espumantes.  A programação, única que não será realizada nas instalações do Senac, acontecerá das 13h às 17h, na loja Comercial Ramos (R. Dom José, 86). Ainda na terça-feira, no mesmo horário, acontecerá a oficina de Automaquiagem, uma oportunidade para quem deseja maquiar-se corretamente, aplicando técnicas adequadas e investindo nas tendências da moda inverno. 

Na manhã da quarta-feira (11), a instituição realiza a atividade “Massas Frescas”, que apresenta massas frias e indica a melhor harmonização com vinhos, das 8h às 12h. Já no dia seguinte (12), das 13h às 17h, segurança será o foco da oficina que trará orientações de Primeiros Socorros e sobre como proceder em situações de risco.  Na sexta-feira (13), a programação “Trufas de Caipirinha” encerra a ação do Senac com  dicas de como unir o chocolate com o drinque brasileiro na produção de doces criativos.

Com exceção da oficina “Mesa Posta” (10/7), as aulas acontecerão no Senac Garanhuns (Rua Maria Ramos, 22, Heliópolis). O investimento de cada oficina custa R$ 20 e o participante que desejar participar de três aulas pode ainda adquirir o combo de oficinas por R$ 45. Mais informações pelos telefones (87) 3764 2703 e (87)9.9987 8492 ou pelo site do Senac Pernambuco www.pe.senac.br.

OFF-ROAD: Festival de Jeep impulsiona economia em Garanhuns

Festival, que aqui no município ocorreu durante três dias, teve o apoio 
logístico  da Prefeitura Municipal de Garanhuns. (Secom/PMG).

Foi encerrada nesse domingo (08), a 27ª edição do Festival de Jeep de Garanhuns. O evento teve início na última sexta-feira (06), com o intuito de proporcionar o intercâmbio cultural e a prática desportiva e ecológica entre os participantes. Durantes os três dias de programação, os 185 inscritos realizaram o percurso conhecido como Trilha do Lobisomen, além da 5ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally 4x4, que aconteceu no jipódromo localizado no Parque de Vaquejadas Acauã, com premiação para os melhores colocados.

O festival é idealizado do Jeep Club Garanhuns em parceria com a Prefeitura de Garanhuns, que promoveu a infraestrutura para realização dos circuitos, bem como a Autarquia Municipal de Segurança Trânsito e Transportes (AMSTT), no apoio logístico aos roteiros. A PM, o Exército e a iniciativa privada também apoiaram o evento.

O festival, que difundi a cultura off-road, também tratou da paixão pela história do veículo. Contando com a participação de um público de vários estados do Nordeste, como Rio Grande do Norte, Paraíba, Sergipe, Alagoas, Bahia, e diversos municípios de Pernambuco. A movimentação proporcionou um aquecimento na economia local, com o consequente aumento na taxa de ocupação da rede hoteleira, gerando empregos temporários e o estímulo do comércio em geral.

De acordo com Luna Neto, que é um dos organizadores: “tivemos mais do que o dobro de participantes este ano, em relação a última edição. O que favoreceu diretamente a rede hoteleira, de abastecimento de combustíveis e também supermercados, porque muita gente compra mantimentos para levar à trilha. Garanhuns sem dúvidas está se consolidando como um polo dos mais diferentes níveis de esporte automobilístico”, afirmou.