terça-feira, 29 de maio de 2018

Prefeito decreta estado de emergência pública aqui em Garanhuns

Decreto, que tem validade por 60 dias, foi expedido em razão do desabastecimento de 
combustível que tem ocorrido na cidade, motivado pela greve dos caminhoneiros. (Secom/PG).

O prefeito de Garanhuns, Izaías Régis Neto assinou nesta segunda-feira (28) o decreto nº004/2018 que coloca a cidade em situação de emergência pública. Entre os motivos para a decisão, segundo o Prefeito, estão o impacto e a gravidade dos efeitos decorrentes da paralisação nacional dos caminhoneiros e a necessidade de manutenção dos serviços públicos essenciais, nos casos de situações de urgência e emergência.

Em razão do desabastecimento de bens, produtos e gêneros de primeira necessidade destinados à população, fica autorizada a aquisição de produtos necessários, para debelar a emergência e atender à população sem perecimentos de direitos e garantias constitucionais. Em razão da excepcionalidade, o documento foi divulgado ainda nesta segunda (28), em uma edição extraordinária do Diário Oficial dos Municípios/AMUPE.

Quanto ao funcionamento dos serviços públicos em Garanhuns, o Tratamento Fora do Domicílio, aulas na rede Municipal de Ensino e toda a Autarquia de Ensino Superior de Garanhuns estão suspensos. Os serviços relativos às visitas dos técnicos e atendimentos da Assistência Social e Direitos Humanos também não estão funcionando.

Todos os serviços que necessitavam de veículos para a execução ou para transporte dos profissionais que o fariam também estão suspensos. A coleta de lixo regular está ativa somente nos corredores principais e no centro da cidade, dessa forma a orientação para os cidadãos é de que não descartem lixo nas ruas para evitar que este se acumulem e gerem riscos à saúde pública. O decreto de situação de emergência é válido por 60 dias.

Postos de Garanhuns continuam sem combustíveis nas bombas

Na última sexta-feira, (25), dois postos da cidade chegaram a ser
abastecidos, mas a gasolina acabou ainda pela manhã. (VeC / TV Asa Branca).

A cada dia da greve nacional dos caminhoneiros, se agrava a situação de quem depende de combustível  para poder utilizar seu veículo para trabalhar. Muitos dependem dos veículos para o sustento da família como é o caso dos mototaxistas, motoristas de transporte alternativo, taxistas, entre outras diversas categorias.

Em Garanhuns, assim como no resto do estado, a situação é crítica. De acordo com reportagem exibida no AB TV 2ª Edição desta segunda, (28), não há combustível nos 12 postos percorridos pelo repórter Diogo Franco, da TV Asa Branca. Na última sexta (25), dois postos da cidade chegaram a ser abastecidos, mas a gasolina acabou ainda pela manhã.

Uma boa notícia é que na tarde de ontem, o governador Paulo Câmara esteve com o comandante militar do Nordeste, o general de Exército Artur Costa Moura, para planejar a saída de comboios com combustível para o Interior do Estado. Para o governador, a situação do interior é pior que a da capital, que já teve alguns postos abastecidos. 

Outra possibilidade de que seja equacionada a crise de combustível em Garanhuns e no estado é o encerramento da greve. De acordo com alguns caminhoneiros, a categoria está esperando a redução de 46 centavos no litro do diesel, anunciada neste domingo pelo Governo Federal, chegar de fato às bombas para poder voltar ao trabalho.

Secretaria de Saúde realiza atendimento para caminhoneiros na 423

Ação, beneficiou mais de 50 profissionais. Na ocasião, foram realizados 
atendimentos médicos e de enfermagem, para os casos mais críticos. (Secom/PMG).

Profissionais da Secretaria Municipal de Saúde aqui de Garanhuns, realizaram nesta segunda-feira, 28 de maio, uma ação de promoção da saúde na rodovia BR-423, visando atender aos caminhoneiros que aderiram à greve nacional e estão parados na localidade. Após os atendimentos realizados nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), os serviços foram ofertados de maneira gratuita para mais de 50 pessoas.

Foram realizados atendimentos médicos e de enfermagem, para os casos mais críticos; testes de glicemia; aferição de pressão arterial; vacinação contra hepatite, difteria e tétano; avaliação nutricional; além de repasse de orientações com profissional de psicologia. Também houve distribuição de medicamentos para os profissionais da categoria.

De acordo com a secretária de Saúde de Garanhuns, Nilva Mendes, a iniciativa busca promover a saúde dos profissionais “É uma ação estratégica que também acontece em solidariedade aos caminhoneiros. Esta é uma classe que necessita de cuidados específicos na área de saúde. Por isso a ideia de mobilizar uma equipe para atendimentos in loco, beneficiando assim vários profissionais”, afirmou a titular da pasta.
.

Aulas na rede municipal são suspensas por tempo indeterminado

Medida, foi tomada pela Secretária de Educação, Eliane Vilar, junto a um 
colegiado de gestores de unidades escolares. (Secom/PMG – Foto: Divulgação).

A Secretaria Municipal de Educação aqui de Garanhuns, divulgou na tarde desta segunda-feira (28) a portaria que oficializa a suspensão das atividades escolares e administrativas da Rede Municipal de Ensino de 24 a 30 de maio, ou até que se normalize a situação e se restabeleça as condições necessárias ao funcionamento pleno das instituições escolares municipais e conveniadas. A decisão foi tomada pela titular da pasta, Eliane Vilar, junto a um colegiado com gestores das unidades de ensino em razão da paralisação dos caminhoneiros. A Portaria, de número 007/2018 tem efeito retroativo ao dia 24 de maio.

Entre as considerações, foram citados a impossibilidade da circulação da frota municipal de transporte escolar em decorrência da falta de abastecimento de combustíveis; o impacto da situação aos estudantes que dependem diretamente do transporte escolar público e particular; o deslocamento dos servidores municipais tendo em vista que grande parte destes residem em outros municípios; e a impossibilidade de atender às escolas com a distribuição de merenda escolar, água, gás, materiais de limpeza, entre outros insumos.

Ao se restabelecerem as atividades escolares e administrativas, ficam as equipes gestoras comprometidas a organizarem o calendário de reposição de aulas para garantir o cumprimento dos 200 dias letivos de forma coletiva e consensuada com os servidores.

AMSTT também foi afetada com a paralisação dos caminhoneiros

Em razão da greve nacional desses profissionais, sede da Autarquia, localizada no Centro 
Administrativo 2, terá atendimento ao público de segunda a sexta apenas das 8h às 12h. (Secom/PMG).

A Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes aqui de Garanhuns (AMST), informa que está funcionando com o expediente administrativo alterado até a regularização dos impactos causados pela paralisação dos caminhoneiros em todo o país. Pela falta de insumos para o pleno funcionamento e dificuldades logísticas, a sede da Autarquia, localizada no Centro Administrativo 2, na Avenida Irga, Novo Heliópolis, terá atendimento ao público de segunda a sexta apenas das 8h às 12h.

A Guarda Municipal permanece trabalhando, com a mesma quantidade de agentes nas ruas, mesmo que alguns serviços já tenham sido afetados, a exemplo de alteração de rotas de rondas. O presidente da AMSTT, Elielson Pereira garantiu que a prontidão e serviços de emergência serão atendidos. Também estão funcionando os atendimento aos postos de serviços e a fiscalização de trânsito nas ruas.

Feriado - No próximo dia 31 de maio a Igreja Católica celebra o Corpus Christi, com a confecção de tapetes em toda a extensão de um dos lados da Avenida Santo Antônio. Sendo assim, a AMSTT realizará a partir da meia noite, entre os dias 30 e 31 de maio, a interdição da Avenida e das ruas 13 de Maio, Dom José, Siqueira Campos, Vereador Elias de Barros e Manoel Clemente. A interdição permanecerá durante todo o dia até pouco tempo após a procissão que encerra com a missa celebrada na Matriz de Santo Antônio.

Os condutores que vierem pela Praça Irmãos Miranda não poderão seguir pela Avenida Santo Antônio, devendo desviar pela Melo Peixoto. Vale salientar que no horário da procissão, a partir das 16h (saída da Cohab 2), também haverá alteração no trânsito na Rua Melo Peixoto. “O efetivo da Guarda Municipal estará desviando o trânsito na via para que a população chegue com segurança aos tapetes”, ressalta Elielson. Cerca de 30 agentes da Guarda Municipal e cinco viaturas darão suporte à essa procissão.