quinta-feira, 24 de maio de 2018

Caminhoneiros protestam pelo aumento do diesel em Garanhuns

Segundo Polícia Rodoviária Federal, desde às 7h de ontem, dia 23, estão interditados 
trechos das BRs 423, aqui em Garanhuns. (NE10 Interior / Diário de Pernambuco).

Um protesto de caminhoneiros está sendo realizado desde a manhã da última terça-feira (22), na BR-423, aqui em Garanhuns. Não há previsão para o término do protesto. De acordo com os profissionais, o objetivo da manifestação é chamar a atenção dos governantes para o valor do diesel, considerado abusivo pela categoria. "Não há condições de carregar daqui para São Paulo com o preço abusivo de combustível. O caminhoneiro está abandonado", lamenta Antônio Bispo, em entrevista à Rádio Jornal Garanhuns.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, desde às 7h de ontem, dia 23, estão interditados trechos das BRs 423, em Garanhuns, 316, em Floresta e Serra Talhada, e 104, em Caruaru. Com a paralisação das principais rodovias no Estado, já começou a faltar combustível na maioria dos postos em Garanhuns e Região. Até mesmo o transporte urbano já está prejudicado. De acordo com o gerente da empresa São Cristóvão, Domingos Sá, os ônibus irão rodar até quando for possível. "A gente vai rodar até o limite", disse.

A Solução vem de Brasília: - Na Câmara dos Deputados, em Brasília, na capital federa, foi discutida a alta do combustível pela Comissão de Minas e Energia. O Poder Executivo está comprometido a eliminar a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) sobre o diesel. O contraponto que deve ser realizado pelos Parlamentares deverá ser a aprovação de uma renovação da folha de pagamento.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sugeriu que os governadores contribuíssem, reduzindo a alíquota do ICMS – principal tributo estadual. Segundo ele, os estados são os que mais se beneficiam dos aumentos dos combustíveis, uma vez que esse tributo representa um percentual do valor do diesel e da gasolina. Na maioria dos estados, o ICMS varia entre 30% e 32%, impactando os preços finais.
.

Brasília: Câmara elimina cobrança do PIS-Cofins sobre o diesel

Objetivo é reduzir preço e conter paralisação de caminhoneiros. Aprovação da medida foi articulada 
pelo presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ). (G1 – Fotos divulgação).

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta quarta-feira (23), em votação simbólica, o projeto que elimina a cobrança de PIS-Cofins sobre o diesel até o fim de 2018. Todos os destaques (propostas de alteração do texto) foram rejeitados. A proposta ainda precisa ser analisada pelo Senado, antes de seguir para a sanção presidencial.

Incluída no projeto que reonera a folha de pagamento das empresas de 28 setores da economia, a medida foi aprovada para tentar conter a paralisação de caminhoneiros após várias reuniões de representantes do governo com a categoria. Nos últimos dias, caminhoneiros têm bloqueado rodovias em todo o país em protesto contra os sucessivos aumentos no preço do diesel, motivados pela política de preços da Petrobras, que determina o valor da venda dos combustíveis aos distribuidores com base na oscilação do preço do petróleo no mercado internacional e na variação do dólar.

A Petrobras já informou que não mudará a política de reajustes. Mas na noite desta quarta anunciou uma redução de 10% por 15 dias no preço do diesel vendido pelas refinarias como um "gesto de boa vontade" para dar solução à crise motivada pelo movimento dos caminhoneiros. De acordo com o relator da proposta aprovada na Câmara, deputado Orlando Silva (PCdoB-SP-foto, abaixo), a estimativa é que a reoneração da folha das empresas vai significar uma arrecadação adicional para o governo de R$ 3 bilhões.
.

Segundo ele, essa quantia compensará a perda com retirada dos tributos PIS-Cofins do preço do diesel, estimada no mesmo valor. "A redução do preço do diesel seria de 14%, ou seja, significativa. E o governo vai arrecadar com a reoneração. E tem estudos que mostram que o governo está arrecadando mais. Então, ele tem, sim, margem para adotar medidas para estimular a economia", afirmou o relator.

A inclusão no projeto da reoneração da renúncia ao PIS-Cofins foi articulada pelo presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ). A iniciativa de Maia contrariou o governo, que pretendia retirar da composição de preço do diesel somente a parcela referente à Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide).

O ministro da Secretaria do Governo, Carlos Marun (MDB-MS), esteve no plenário durante a discussão da proposta e contestou os números apresentados pelo relator Orlando Silva. Segundo Marun, o governo deixará de arrecadar entre R$ 11 bilhões e R$ 14 bilhões com a retirada do tributo sobre o diesel. "Estou fazendo o cálculo de cabeça. Tem que ter cuidado com isso, responsabilidade. Vai sair de onde?", indagou. Ele afirmou que o governo tentará "corrigir" a proposta em acordo com os senadores.

No fim da votação, Rodrigo Maia contestou o ministro do governo, confirmando os números apresentados pelo relator. "Eu passei os números para o deputado Orlando. Então, tem que se tomar um pouquinho mais de cuidado. Porque ele [Marun] não é líder do governo nem líder da confusão, ele é ministro do governo. Porque aqui está trabalhando todo mundo de forma séria e querendo ajudar", afirmou.
.

O Globo: Petrobrás reduz 10% o valor do diesel, por apenas 10 dias

Pedro Parente: “A medida, tem o objetivo de permitir que o governo e os representantes 
do governo tenham tempo para negociar um acordo mais definitivo”. (O Globo – Foto: Reprodução).

O presidente da Petrobras, Pedro Parente (foto acima), disse nesta quarta-feira (23), que o preço do diesel ficará congelado por 15 dias, com redução de 10% em seu atual preço de mercado. Ele convocou uma coletiva de imprensa, após três dias de greve dos caminhoneiros que vem prejudicando diversos setores da economia.

Parente informou que será dada uma trégua para se discutir o assunto. Segundo ele a empresa entendeu que deveria contribuir para o ambiente de trégua e decidiu reduzir o preço diesel em 10% pelo período de 15 dias. Após isso, voltará a implementar a política de preços. A redução significa reajuste para menos de R$ 0,23 por litro nas refinarias.

Para os consumidores haverá uma redução de R$ 0,25 para o diesel. “A medida, tem o objetivo de permitir que o governo e os representantes do governo tenham tempo para negociar um acordo mais definitivo. Estamos contribuindo para evitar impactos negativos para a população e para nossa empresa. É uma medida de caráter excepcional, não significa mudança na política de preços da Petrobras”, afirmou parente.
.

Apesar da falta de combustíveis, PM garante viaturas nas ruas

Ao falar sobre o desabastecimento causado pela crise nacional dos combustíveis, comandante do 9º BPM
aqui em Garanhuns, assegurou que as patrulhas permanecerão sendo feitas. (VeC e Carlos Eugênio).

O Comandante do 9º BPM, o Tenente-coronel Paulo César (foto acima) garantiu, em contato com o Portal V&C Garanhuns, na tarde desta quarta-feira (23), que todas as viaturas do Batalhão estão abastecidas e que não haverá diminuição do policiamento ostensivo em Garanhuns e nas demais  cidades na região Agreste Meridional.

Antes da posição do Comandante do Batalhão que atua em mais de 20 Municípios do Agreste Meridional, o comando geral da Polícia Militar já havia distribuído nota junto a Imprensa, garantindo que não haverá “perda ou interrupção em relação ao policiamento ostensivo motorizado, o qual está sendo realizado em sua plenitude”.

Em Nota assinada pelo Coronel Vanildo Maranhão, Comandante Geral da PMPE, “já foi traçado um plano logístico alternativo para o abastecimento das viaturas, de maneira a assegurar a presença nas ruas de nossos policiais, na garantia da segurança dos cidadãos pernambucanos”, pontuou. Ainda no texto divulgado junto a Imprensa, a PMPE solicitou que os cidadãos não se deixem “influenciar por boatos e mentiras divulgados através do anonimato das redes sociais”. Segundo a PM, a boataria é “uma atitude irresponsável e oportunista, que também é criminosa, e não contribui em nada com a paz social”.
.

Falta de combustíveis obriga São Cristóvão reduzir linhas de ônibus

Estoque de Diesel da Empresa só é suficiente para garantir um
funcionamento pleno de todas as linhas até amanhã, dia 25. (Calos Eugênio).

A principal empresa que atua no segmento de Transporte Público aqui no município de Garanhuns, a São Cristóvão, poderá reduzir o funcionamento de sua frota, caso a paralisação dos caminhoneiros no País, persista até o próximo sábado, dia 26 de maio.

É que o estoque de Diesel da Empresa só é suficiente para garantir um funcionamento pleno de todas as linhas até amanhã, dia 25.  Após essa data, informou a empresa, haverá uma redução de ônibus nas ruas, com a retirada de alguns Veículos das linhas.

Com a redução, segundo Domingos Sá, gerente da Empresa, a frota será garantida apenas nos horários de pico: 6h30min; 8h; 11h30min; 14h30min; edas 18 às 19h30min, todavia essa medida só será adotada caso a situação não se resolva até amanhã.
.

Garanhuns: Prefeitura suspende aulas na Rede Municipal de Ensino

De acordo com o Governo, aulas serão repostas posteriormente. Além das aulas, 
abastecimento dos veículos que fazem parte da frota municipal foi afetado. (Secom/PMG).

A Secretaria de Educação informou há pouco que as aulas da Rede Municipal de Ensino de Garanhuns serão suspensas nesta quinta (24) e sexta (25). De acordo com a secretária de educação, Eliane Vilar, sessenta por cento dos professores são de fora e estão comunicando que não podem chegar.  "Os alunos precisam de transporte para chegar às escolas da sede. Menos da metade chega sem o transporte. No campo os professores não chegam por não terem gasolina. O grupo de gestores e a direção de ensino conversaram e resolvemos que as aulas seriam suspensas até a sexta", reforça a gestora da pasta. Ainda de acordo com a Secretária, as aulas serão repostas posteriormente.

Além das aulas, o abastecimento dos veículos que fazem parte da frota municipal aqui de Garanhuns foi afetado. “Devido a falta de reserva dos postos de combustível que são credenciados à empresa licitada da Prefeitura, alguns veículos ficarão impossibilitados de rodar”, pontuou o Governo local, em nota distribuída a imprensa nesta quarta.

Os transportes utilizados nas secretarias de Educação; Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente; Saúde, exceto Samu e emergência regulada, estão paralisados, aguardando a regularização dos abastecimentos. Já as viaturas da AMSTT rodarão apenas em casos emergenciais. O uso da frota voltará à sua normalidade assim que o abastecimento nos postos de combustíveis também for normalizado.
.

Prefeitura para frota em razão da crise nacional dos combustíveis

Exceção vale para o Samu e para veículos da AMSTT, que no segundo
caso, rodarão apenas em casos emergenciais. (Secom/PMG – Fotos: reprodução).

Em razão da greve dos caminhoneiros que está sendo realizada em todo o país, responsável por gerar a crise nacional dos combustíveis, o Governo Municipal de Garanhuns informa que o abastecimento dos veículos que fazem parte da frota foi afetado, devido a falta de reserva dos postos de combustível que são credenciados à empresa licitada da Prefeitura, impossibilitando alguns veículos de transitarem.

A Prefeitura informa ainda, que a partir desta quinta-feira, 24 de maio, os transportes utilizados nas secretarias municipais de Educação; Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente; Saúde, exceto Samu e emergência regulada, estarão paralisados.

De acordo com o Governo Municipal, os veículos da Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transporte (AMSTT) rodarão apenas em casos emergenciais. Os das demais secretarias, serão usados de acordo com a necessidade, enquanto ainda estiverem com combustível em seus tanques. O uso da frota voltará à sua normalidade tão logo o abastecimento nos postos de combustíveis também seja normalizado.
.

Brasília: Izaías consegue R$ 1,8 milhões de reais para Garanhuns

Recurso, foi obtido junto ao deputado federal Jorge Corte e Real e ao Senador Armando Monteiro. 
Régis sobre as emendas: “Irão beneficiar o município, especialmente na área de saúde”. (Assessoria).

O prefeito de Garanhuns, Izaías Régis Neto, do PTB de Pernambuco, que está participando da XXI Marcha dos Prefeitos a Brasília, organizada pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), aproveitou a ida à capital federal brasileira para reafirmar algumas parcerias com parlamentares visando a prospecção de recursos para Garanhuns.

Durante a agenda que foi cumprida durante esta quarta-feira (23) o prefeito visitou os gabinetes do Deputado Federal Jorge Côrte Real (PTB-PE) e do Senador Armando Monteiro Neto (PTB-PE), “fizemos questão de visitar os parlamentares que sempre apoiam Garanhuns, fomos muito bem atendidos por todos e conseguimos o empenho de algumas emendas que irão beneficiar o município, especialmente na área de saúde”, disse o prefeito.

Em reunião com o senador Armando Monteiro, o prefeito agradeceu e o parabenizou pela aprovação do parecer a projeto de lei que inclui as despesas com merenda escolar e aquisição de uniformes dos alunos nos gastos obrigatórios em educação, iniciativa que beneficiará tantos os alunos quanto às prefeituras.

Segundo Izaías, R$ 1 milhão e 800 mil foram empenhados, recursos estes destinados para o custeio da saúde. O gestor também reivindicou recursos para a infraestrutura, incluindo pavimentação asfáltica e drenagem na área urbana, promoção e divulgação do município e atenção para os pedidos da Autarquia de Ensino Superior de Garanhuns - AESGA junto com a Secretaria da Mulher de Garanhuns. De acordo com cronograma definido, o prefeito Izaías Régis deve retornar amanhã para Garanhuns.
.

Juntos, ITEP e Sebrae oferecem cursos para fabricação de laticínios

Cursos estão sendo oferecidos aqui em Garanhuns. Aulas serão 
realizadas no decorrer do mês de junho deste ano. (Foto: Reprodução)

Com o objetivo de qualificar a produção de laticínios e bebidas lácteas no Agreste de Pernambuco, o Instituto de Tecnologia de Pernambuco (ITEP) e o Sebrae promovem dois cursos de capacitação em Garanhuns no mês de junho. Os cursos têm carga horária de 32 horas e são voltados aos produtores da região e são realizados via Sebraetec com foco no aumento da produtividade, variedade e qualidade dos alimentos lácteos.

Nos dias 01, 02, 08 e 09 de junho será promovido o curso “Fabricação de bebidas lácteas”, cujo conteúdo inclui a produção de bebidas lácteas com sabor de frutas, achocolatado, coalhada, sorvete, iogurte e também a fabricação de queijo prato com leite pasteurizado. Já nos dias 15, 16, 29 e 30 de junho será a vez do curso “Boas práticas de fabricação de laticínios”, que abordará as principais exigências legais do setor, segurança dos alimentos e principais perigos que envolvem o manuseio de laticínios.

As aulas serão ministradas na sede do Centro Tecnológico de Laticínios, que conta com uma fábrica-escola para aplicação prática das atividades. “Pretendemos capacitar os participantes para que possam aumentar a oferta de produtos qualificados e seguros nos seus estabelecimentos, contribuindo para que possam conquistar novos mercados e novos clientes”, afirma Vânia Lemos, coordenadora de operações do CT Laticínios.

São oferecidas 15 vagas para cada curso. O investimento é de R$104,00 por curso. O participante deverá ter bota antiderrapante na cor branca para uso nas atividades práticas. Os interessados em participar devem entrar em contato com a unidade do Sebrae em Garanhuns no telefone (87) 3221.3333.
.

+ de 1.100 autorizações foram entregues na ação Saúde para Todos

De acordo com a secretária de Saúde, Nilva Mendes, a ação será expandida para as
demais unidades de sáude da cidade. (Secom/PMG – Fotos: Camila Queiroz).

Com o intuito de promover diversos serviços de saúde para a população de Garanhuns, a Secretaria Municipal de Saúde promoveu a ação “Saúde para Todos”, nesta quarta-feira (23), na Unidade Tripla de Saúde do bairro Francisco Figueira, a popular Cohab II. Além da unidade, a ação também foi promovida na Academia da Saúde do bairro. Segundo a Secretaria, foram entregues cerca de 1.100 autorizações, fazendo com que as filas de espera de ortopedia e oftalmologia da unidade sejam zeradas.

Foram oferecidos serviços de saúde bucal, pediatria, obstetrícia, ginecologia, oftalmologia, realização de exames laboratoriais, mamografias, distribuição de preservativos, testes rápidos de HIV, sífilis e hepatite C e vacinação contra gripe (Influenza H1N1). O Centro de Controle Ambiental (CCA) promoveu ações da campanha de adoção de cães e gatos, por meio de palestras sobre adoção responsável, e a distribuição do peixe guppy, que atua no combate às larvas do mosquito Aedes aegypti.
.

A aferição de pressão arterial e exames de glicemia capilar foram realizadas em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial de Garanhuns (Senac). A Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH) apoiou a iniciativa com a emissão de cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e orientações a respeito da atualização de informações do Cadastro Único (Cadúnico). O grupo Batuque realizou oficinas de “musicoterapia”, método que auxilia na reabilitação física, mental e social de pacientes. Além da marcação e autorização de exames.

A secretária de Saúde, Nilva Mendes, ressalta que a ação será expandida para as demais unidades. “O Saúde para Todos traz inúmeros benefícios para a população. Conseguimos autorizar diversos exames e promovemos muitos tipos de serviços. Estamos planejando esse evento desde o início do ano e iniciamos na Cohab II, mas nosso objetivo é que a cada dois meses essa ação contemple outras unidades, para que todos os moradores de Garanhuns possam ser beneficiados”, explica ela. A Secretaria de Saúde irá divulgar posteriormente o cronograma das próximas unidades a serem alcançadas.
.