quinta-feira, 12 de abril de 2018

Garanhuns: Fernando DDI é homenageado pela Câmara Municipal

Medalha de Mérito Esportivo Laércio Peixoto concedida ao atleta natural aqui
de Garanhuns, é fruto de resolução proposta pelo vereador Alcindo Correia (PCdoB).

A Câmara Municipal de Vereadores de Garanhuns, concedeu, através de projeto de resolução de autoria do Vereador Alcindo Correia (PCdoB), a entrega da Medalha Mérito Esportivo Laércio Peixoto, ao Garanhuense, Pentacampeão Mundial pela Seleção Brasileira de Futebol de Areia, e um dos mais importantes atletas da atualidade no segmento, Fernando Luiz de Oliveira Valença, o popular “Fernando DDI”, nesta quarta-feira (11).

No Plenário da Casa, durante a solenidade que marcou a entrega da medalha, Alcindo e o craque da camisa 2 da Seleção Brasileira, se deixaram levar pela emoção. DDI, pelo reconhecimento concedido a ele e suas conquistas; e Alcindo, pela histórica relação com o artilheiro e com o pai do atleta, sucedida durante os anos que Fernando batia bola no campo do Distrito do qual o parlamentar é o representante na Câmara: São Pedro.

De Garanhuns para o mundo, e após ter conquistado quase tudo dentro do universo do Futebol de Areia, em especial o pentacampeonato mundial da modalidade, abocanhado ano passado (2017) nas Bahamas, onde a seleção derrotou o Taiti por 6X0, Fernando tem dedicado parte de seu tempo ao Instituto fundado a partir de sua iniciativa ainda no ano de 2011, e que é sediado na capital pernambucana, Recife: o Geração 4.

Nele, através de uma escolinha de futebol, crianças, jovens e adolescentes são direcionados ao segmento esportivo, através de aulas e acompanhamento de profissionais da área, de forma inteiramente gratuita, embora registramos, o grande objetivo dele seja o de promover o desenvolvimento social e educacional daqueles que o integram.

Nesta quarta, ao tomar conhecimento do Geração 4 e ao perceber o protagonismo do Instituto na capital, Alcindo fez estreitar as relações de DDI com o Prefeito Izaías, afim de viabilizar a instalação de um organismo de mesma natureza aqui na cidade, a partir de uma parceria que envolva a iniciativa privada com a Lei de Incentivo aos Esportes Estadual, junto ao apoio da gestão executiva local, que pode ocorrer através da doação de um terreno. Em audiência, onde o atleta foi recebido pelo Prefeito, o novo instituto começou a ganhar forma. “Eu tô muito realizado com esse projeto em Recife, mas se houver algo que agente possa fazer aqui em Garanhuns seria uma honra pra mim”, registrou DDI a Izaías, que em resposta, manifestou: “Eu estou a disposição”
.

Carteira que garante meia entrada em eventos já pode ser solicitada

De acordo com a Prefeitura de Garanhuns, documento é destinado às pessoas com idade entre 15 e 29 anos, pertencentes à família com renda mensal de até dois salários mínimos. (Secom/PMG).

A Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), informa a população sobre o direito de acesso a meia-entrada em eventos e vagas em transportes coletivos interestaduais para os beneficiários do programa Identidade Jovem (ID Jovem), que contempla diversos jovens com mais um benefício assistencial, vinculado ao Cadastro Único do Governo Federal.

A ID Jovem assegura o pagamento de meia-entrada no valor cobrado no ingresso ao público em geral, em eventos artístico-culturais e esportivos, além de duas vagas gratuitas, por veículo, no sistema de transporte coletivo interestadual. Depois de esgotadas as vagas gratuitas, são reservadas mais duas vagas com desconto de 50%, no mínimo, no valor das passagens. A medida é válida para ônibus, trem e embarcação.

O programa é destinado especificamente às pessoas com idade entre 15 e 29 anos, pertencentes à família com renda mensal de até dois salários mínimos e inscritos no Cadastro Único do Governo Federal, com informações atualizadas há pelo menos 24 meses. Os interessados podem acessar o site do ID Jovem, clicando aqui, com o seu Número de Identificação Social (NIS), preencher os dados solicitados e gerar seu cartão. Ou por meio do aplicativo do programa, disponível para smartphones. Para utilizar o cartão, basta imprimir a imagem e apresentá-la acompanhada de documento oficial com foto.

Outra opção, segundo o Governo Municipal, é procurar o Centro de Referência em Assistência Social (Cras) mais próximo de sua residência, para mais esclarecimentos, atualização do Cadúnico, emissão do NIS, ou para eventual emissão do cartão, caso haja alguma dificuldade durante o processo emissão na plataforma de cadastramento.

Sancionada Lei que cria a Universidade do Agreste em Garanhuns

Armando Monteiro: "Com a UFAPE, não só democratizamos o maior acesso à educação universitária, como 
estaremos formando quadros voltados para as demandas específicas da região”. (Foto: Ana Luiza Sousa).


A Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (UFAPE), uma reivindicação de pelo menos 16 anos da população da região, tornou-se realidade nesta quarta-feira (11). É que na capital Federal, Brasília, o presidente Michel Temer (MDB) sancionou em solenidade no Palácio do Planalto, a emenda do senador Armando Monteiro (PTB-PE), a projeto de lei que cria a Universidade, com sede aqui na cidade de Garanhuns.  

Durante cerimônia de sanção na sede do Executivo Federal, o Senador petebista lembrou que Pernambuco conta com universidades que atendem a Região Metropolitana do Recife, a Zona da Mata e o Sertão, mas defendo que faltava uma instituição desse porte para o agreste. A nova universidade, cuja implantação está orçada em R$ 121 milhões de reais, “Um velho sonho que se concretiza”, como assinalou Armando em rápido pronunciamento durante a cerimônia de sanção nesta quarta, resultará do desmembramento do campus da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) em Garanhuns.

Para o senador petebista, a UFAPE será “um ativo estratégico no desenvolvimento de Pernambuco”. O prefeito de Garanhuns, Izaías Regis (PTB), viu na iniciativa de Armando a realização de uma antiga aspiração do município, levada por ele em 2002 como deputado estadual ao então presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, quando visitou a terra natal pela primeira vez após sua eleição. "Com a UFAPE, não só democratizamos o maior acesso à educação universitária, como estaremos formando quadros voltados para as demandas específicas da região”, comemorou o senador nesta quarta, em Brasília.

Polícia procura ex-prefeito alagoano por desvio de R$ 12 milhões

Fraudes, segundo MP, foram executadas por meio de três empresas fantasmas que, supostamente,
prestavam serviços de locação de veículos para Mata Grande. (Estadão Conteúdo – Foto: Reprodução).

Promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público de Alagoas, e a Polícia deflagraram nesta quarta-feira (11), a Operação Ánomos, para prender o ex-prefeito (2009/2016) de Mata Grande, José Jacob Gomes Brandão (PP), envolvido em um esquema de corrupção que teria desviado cerca de R$ 12 milhões dos cofres públicos. Jacob fugiu. A Justiça de Alagoas decretou a prisão de mais onze investigados, entre eles um cunhado do ex-prefeito. Ánomos, que dá nome à operação, é palavra de origem grega, que significa um estado sem lei ou regras, cujos gestores não estão submetidos a limites legais ou morais.

As fraudes, segundo informa os promotores, foram executadas por meio de três empresas fantasmas que, supostamente, prestavam serviços de locação de veículos para a administração da cidade de 25 mil habitantes, situado a 280 quilômetros da capital do Estado, Maceió. A ação acontece nos municípios de Maceió, Paulo Jacinto, Mata Grande e Santana do Ipanema. Os promotores e os policiais cumpriram dez mandados de prisão. A Justiça decretou a prisão de Jacob, apontado como o "líder do esquema".

Segundo os promotores do Gaeco, os crimes do grupo de Jacob movimentaram algo em torno de R$ 12 milhões de reais. As empresas de fachada, aponta a investigação, celebravam contratos fictícios com a prefeitura de Mata Grande como se estivessem locando veículos ao Executivo. Os promotores constataram que a prestação de serviços não acontecia e "o objetivo do bando era apenas desviar recursos públicos".

As investigações mostram que as empresas concorriam nas licitações, venciam e, depois, supostamente, sublocavam toda a frota exigida pela prefeitura a pessoas físicas, geralmente parentes e correligionários do então prefeito. Nos contratos, ficava um porcentual de 40% para o pagamento de quem sublocava os veículos e os outros 60% eram divididos entre o prefeito, o dono da empresa e possíveis atravessadores.

Curitiba: Sindicato dos Delegados da PF pede transferência de Lula

Pedido é para que o ex-presidente seja levado para uma
unidade das Forças Armadas. (JC Online – Foto: Agência Brasil)

O Sindicato dos Delegados da Polícia Federal do Estado do Paraná (SinDPF/PR) enviou um ofício à Superintendência da PF de Curitiba solicitando a transferência do ex-presidente Lula para uma unidade das Forças Armadas, com melhores condições de segurança e que evite os transtornos às pessoas que moram no entorno, ao público atendido na PF e aos próprios funcionários. A defesa dele já avaliava a sua remoção. 

Lula se encontra detido em uma cela especial no quarto andar da PF, no bairro de Santa Cândida, em Curitiba, desde a noite do último sábado (11), quando começou o cumprimento da pena de 12 anos e 1 mês de prisão pela ação penal do triplex. Desde então, centenas de militantes encontram-se acampados nas ruas do entorno à sede da PF e prometem permanecer até que o ex-presidente seja solto. A Polícia Militar fez um bloqueio que proibiu o acesso de manifestantes e trânsito de pessoas na área. Os apoiadores do petista ainda aguardam a vinda de mais pessoas ao longo desta semana.

O sindicato leva em consideração a presença dos manifestantes e a necessidade de isolar a área, o que prejudica a rotina dos moradores e pessoas que precisam de atendimento na PF, que inclui a emissão de passaportes e antecedentes criminais. 'Além disso, os policiais federais envolvidos nesta operação de segurança estão sem poder desenvolver suas atividades policiais normalmente”, diz nota do sindicato.