segunda-feira, 9 de abril de 2018

Evento sobre gestão previdenciária será realizado em Garanhuns

Na ocasião, IPSG, que está sob a direção do ex-vereador Marcelo Maçal, apresentará as boas práticas 
que fizeram o município ser premiado em dois anos consecutivos pela Aneprem. (Secom/PMG).

No próximo dia 12 de abril, quinta-feira, será realizado em Garanhuns o Seminário Lema de Investimentos - Circuito 2018. Durante todo o dia, haverá palestras que incluem temas como economia, renda, alocação de recursos e gestão atuarial e previdenciária. O evento tem o apoio do Instituto de Previdência Social de Garanhuns e será realizado no Sesc Garanhuns, na Rua Manoel Clemente, 161, no centro.  

Durante a manhã, Rogério Cruz, do Banco do Nordeste, apresentará ‘O cenário econômico e oportunidades de investimento’. Em seguida, Oswaldo Moraes, da Multi Invest, explicará como a renda variável pode ser estratégia para alcançar a meta atuarial. ‘A alocação de recursos dos RPPS pernambucanos’ será abordada por Vitor Leitão, da Lima Economia e Finanças. No período da tarde, Túlio Pinheiro, da Arima Consultoria, versará a respeito da ‘Gestão atuarial e de investimentos como foco da Pró-gestão’.

Para encerrar o Seminário, o presidente do IPSG, Marcelo Marçal, apresentará as ‘Boas práticas da gestão previdenciária’. Em agosto do ano passado, pela segunda vez consecutiva, o município foi considerado o terceiro melhor em gestão previdenciária no Prêmio de Boas Práticas de Gestão Previdenciária da Associação Nacional de Entidades de Previdência dos Estados e Municípios (Aneprem). 

Ao todo, 27 municípios concorreram à premiação e Garanhuns disputou na categoria Médio Porte, sendo único município pernambucano na concorrência. O Prêmio analisou práticas de transparência, equidade, ética e responsabilidade corporativa e social. 

Garanhuns: Secretaria de Educação abre seleção para estagiários

De acordo com Prefeitura, processo seletivo é direcionado a estudantes de 
Licenciatura em Pedagogia e Ciências da Computação. (Secom/PMG).

A Secretaria de Educação, objetivando oportunizar aos estudantes do ensino superior, aquisição da prática na área de atuação de conhecimento em Pedagogia e Ciência da Computação, realizará processo seletivo para estágio. O recrutamento é para estudantes de Licenciatura em Pedagogia e Ciências da Computação e ocorrerá de acordo de regras pré-estabelecidas em edital – disponível no portal da Prefeitura de Garanhuns, clicando aqui.

As inscrições seguem até o dia 20 de Abril, pelo site do Centro de Integração Empresa Escola de Pernambuco (CIEE): www.ciee-pe.org.br. Entre os requisitos, os candidatos devem estar cursando a partir do 4º período de curso e terem disponibilidade 04 (quatro) horas diárias e 20 (vinte) horas semanais nas instituições de ensino da Rede Municipal. Estão sendo ofertadas 20 vagas para estágio nas etapas da Educação Infantil e Ensino Fundamental. De acordo com a Secretaria de Educação Municipal de Garanhuns, para a área de desenvolvimento de novos sistemas e tecnologia, são ofertadas 4 vagas.

As provas serão aplicadas na Escola Padre Agobar Valença, localizada na Av. Caruaru, 508, Heliópolis, no 1º andar, no horário das 14h às 17h. O valor da bolsa de estágio é de R$ 468,50 e R$ 84,00 de auxílio transporte, totalizando R$ 552,50. O edital estabelece, ainda, que 5% das vagas serão destinadas para pessoas com deficiência.

Mais Ensino Superior: Universidade Paulista chega a Garanhuns

Com cursos presenciais e vantagens para estudantes, UNIP já está instalada na cidade, funcionando 
nas dependências do Colégio Monsenhor Adelmar, o CMA. (Carlos Eugênio - Foto: Reprodução)

Garanhuns se consolida, a cada dia, como pólo de educação superior. Depois do anúncio da criação da Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (UFAPE), agora é a vez de uma instituição reconhecida pelo MEC e que está no mercado educacional há cerca de 30 anos chegar a Cidade das Flores. Trata-se da Universidade Paulista (UNIP), que traz novas perspectivas de cursos e oportunidades para cidade e região Agreste.

A UNIP já está instalada em Garanhuns, funcionando nas dependências do Colégio CMA, na Avenida Júlio Brasileiro, nº 703, em Heliópolis. A mais nova instituição de Ensino Superior da Cidade está com inscrições abertas para quatro cursos: Administração, Educação Física, Enfermagem e Pedagogia, todos ministrados de forma presencial.

“A Universidade Paulista oferece a melhor relação custo x benefício, com inscrições para o vestibular gratuitas; matriculas no valor de R$ 50 e mensalidades a partir de R$ 169”, registra Euclides Lima, coordenador regional da Universidade Paulista. Ainda segundo Lima, o vestibular acontece sempre nas terças e quintas-feiras e o inicio das aulas, que são diárias, acontecerá no próximo dia 6 de agosto deste ano.

A UNIP foi reconhecida pelo MEC através da Portaria nº 550/88 e iniciou suas atividades em 9 de novembro de 1988. Ela foi constituída a partir do Instituto Unificado Paulista (IUP); do Instituto de Ensino de Engenharia Paulista (IEEP), e do Instituto de Odontologia Paulista (IOP); o primeiro destes, autorizado a funcionar em 1972. “Contamos com quase 50 unidades em todo o País e chegamos a Garanhuns para sermos um importante centro de produção de conhecimento, através das atividades de ensino, pesquisa, extensão e pós-graduação”, finaliza Euclides Lima. 

Para mais informações
sobre a UNIP, acesse: www.aquivocepode.com.br.
.

Mobilizado em Curitiba, no Paraná, PT reafirma candidatura de Lula

Na cidade, petistas estão aguardando a vinda de mais manifestantes próxima ao prédio da PF, para 
também discutir temas sobre a prisão do ex-presidente. (Estadão Conteúdo – Foto: Nelson Almeida / AFP).

Com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva preso na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, no Paraná, desde a noite de sábado (7) os apoiadores do petista aguardam a vinda de mais manifestantes para a área onde estão concentrados próximo ao prédio da PF. Ao mesmo tempo, esta segunda-feira (9) deve ser marcada pelas discussões do PT sobre os próximos passos a serem dados na tentativa de livrar Lula da prisão e insistir na manutenção da pré-candidatura do ex-presidente ao Palácio do Planalto.

A legenda reúne sua Executiva Nacional na sede estadual do partido no Paraná a partir das 14h. No domingo (8), a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), afirmou que o último recurso de Lula no âmbito judicial estará no Supremo Tribunal Federal (STF). A pressão está sobre a ministra Rosa Weber, que pode inverter um placar e votar contra a possibilidade de prisão após segunda instância na próxima quarta-feira (11).

Visitas - Enquanto isso, dois advogados de Lula que estão na capital paranaense, Cristiano Zanin Martins e Sigmaringa Seixas, fazem interlocução direta com o petista. Os aliados começarão uma negociação para que Lula possa receber visitas de parlamentares. Nesta segunda-feira, há expediente normal na Superintendência da Polícia Federal. A Polícia Militar, que isola o entorno do prédio, pedirá documentos comprovando o agendamento de serviços, como a retirada de passaportes, para que visitantes acessem ao local. A Justiça proibiu manifestantes de ficarem na área e impedirem o trânsito de pessoas.

"Um crime sem conduta", argumenta defesa do ex-presidente Lula

"Vamos recorrer sim. Discute-se isso no STJ, em nível de recurso especial, e no STF, em nível de recurso extraordinário", defende o advogado do ex-presidente. ( Estadão Conteúdo – Foto: Agência Brasil).

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, vai ao Superior Tribunal de Justiça para tentar livrar o petista da prisão da Lava Jato, sempre insistindo na tese de sua inocência. Os advogados alegam que Lula foi condenado 'por um crime sem conduta' no processo do famoso triplex do Guarujá. Aos ministros do STJ, onde cabe recurso especial, os advogados vão reiterar a versão de que o triplex não é e nunca foi de Lula "Os argumentos ao STJ são inúmeros, inclusive atipicidade da conduta", destacou o criminalista José Roberto Batochio, do núcleo de defesa do ex-presidente.

"De quem é o apartamento?", questiona o veterano advogado, referindo-se ao fato de que, formalmente, o triplex está em nome da empresa OAS -, enquanto que a Operação Lava Jato, de Curitiba (PR), sustenta que a empreiteira pagou propinas de R$ 2,2 milhões de reais a Lula por meio de obras de reforma e melhorias do apartamento do Guarujá, em troca de contratos com a Petrobras durante o governo do petista.

A defesa - Para Batochio, este é um 'caso muito claro de crime sem conduta.” "Alguma vez na vida alguém viu o Lula saindo de toalhinha no pescoço, de sunga, ou com as chaves (do triplex) na mão? Qual o ato que Lula praticou para receber a reforma da cozinha do imóvel? Qual o objeto da corrupção? Ora, o que precisa para condenar um inocente? Só a boa vontade do acusador e do julgador? Trata-se de um crime sem conduta." "Vamos recorrer sim. Discute-se isso no STJ, em nível de recurso especial, e no Supremo, em nível de recurso extraordinário", pondera Batochio.

Lula indica a Senadora Gleisi Hoffmann como sua porta-voz no PT

Além de evitar um racha no PT, ao dar poder a Gleisi, Lula cria um canal
para manter seu controle sobre o partido. (Estadão Conteúdo – Foto: Agência Brasil).

Algumas horas antes de furar o bloqueio imposto por militantes ao Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e se entregar à Polícia Federal, o ex-presidente Lula, condenado e preso na Lava Jato, reuniu vice-presidentes e demais dirigentes do PT, parlamentares e líderes de movimentos sociais para dar uma de suas últimas orientações políticas antes de ir para a prisão: enquanto estiver na cadeia, em Curitiba, quem fala por ele sobre assuntos do partido é a senadora Gleisi Hoffmann (PR), presidente nacional da legenda.

À primeira vista, a ordem, anunciada em uma sala reservada, pareceu redundante, já que Gleisi foi eleita com maioria absoluta - 61% dos votos - no 6º Congresso Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT, em junho do ano passado, em Brasília. Lula, líder de fato da legenda, no entanto, teme que, na sua ausência, as correntes e grupos internos que disputam espaço no partido deflagrem uma guerra fratricida pelo poder.

Além de evitar um racha no PT, ao dar poder a Gleisi, Lula cria um canal para manter seu controle sobre o partido. Segundo líderes petistas, a decisão contrariou setores que defendiam a nomeação de um porta-voz para o período em que Lula estiver na cadeia.

Moro tem mente doentia, diz Lula em vídeo gravado antes da prisão

Ainda no vídeo, ex-presidente alega  estar com a consciência tranquila e diz duvidar que Moro 
o procurador da Repúlbica Deltan Dallagnol, durmam tranquilos a noite. (JC Online – Foto: Reprodução).

Em um vídeo gravado a pedido de Frei Betto antes de se entregar à Polícia Federal, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, acusa o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato, de ter "uma mente doentia" e uma obsessão em prendê-lo. No vídeo divulgado na tarde deste domingo (8) pelo PT, Lula diz que ainda não havia tomado a decisão de se entregar ou não à polícia, como fez nesse sábado (7), e mostrava confiança em alguma decisão  judicial que revertesse a ordem de prisão.

"Quem sabe quando (Frei) Betto chegar em Petrópolis eu já vou estar salvo aqui. Eu acho que deve acontecer alguma coisa juridicamente para que essa alucinação, essa doença... Sabe? É uma mente doentia do Moro. Eu fui prestar depoimento e é uma mente doentia. É uma obsessão em que a mentira não tem limite", afirma Lula.

No vídeo, o ex-presidente também diz estar com a consciência tranquila e diz duvidar que Moro e o procurador da Repúlbica Deltan Dallagnol, descritos como "os caras que fizeram as mentiras todas contra mim", durmam tranquilos a noite.

'Loucura', diz Lula - "A decretação da prisão pelo Moro é porque eu sou o sonho de consumo do Moro. Toda essa palhaçada com o meu nome que eles e a Globo fazem todo santo dia não pode ter um fim se eu não for preso. A ideia era: vai que vem uma liminar, acaba com esse negócio da prisão após segunda instância, e nós não prendemos o Lula, p... assim não vale. Foi o único motivo pelo qual ele fez isso. Vaidade pessoal. Quem sabe subordinação à Rede Globo de Televisão, porque a Globo é quem manda hoje na Lava Jato. E a vontade de tirar uma fotografia minha preso. É a única explicação que eu encontro para essa loucura porque nós temos um recurso ainda que vamos entrar segunda-feira, os embargos dos embargos", afirmou ainda o ex-presidente.

Prisão - Lula se entregou a prisão nesse sábado, um dia após o prazo dado por Moro na ordem de prisão. O ex-presidente foi condenado a 12 anos e 1 mês de prisão em processo da Lava Jato porque teria recebido vantagens da construtora OAS, entre elas um triplex no Guarujá. O Partido dos Trabalhadores (PT), porém, argumenta que Lula é um preso político e vítima de perseguição política.