segunda-feira, 19 de março de 2018

Abrindo espaço à Marília, Alcindo é apelidado de “Leão do Agreste”

Alcunha que passa a partir de agora, a acompanhar o parlamentar, faz jus ao
seu empenho político para o desenvolvimento do projeto da pré-candidatura da petista.

Por tudo aquilo que vem representando para a pré-candidatura ao Governo do Estado da Petista Marília Arraes, considerando a articulação até o momento, para a chegada de cerca de 50 vereadores apenas da área Meridional do Agreste, para o palanque de Marília, bem como diversas lideranças espalhadas por todo o estado, o vereador garanhuense, atual líder do Governo Izaías na Câmara, Alcindo Correia, PCdoB ganhou um novo apelido nos bastidores políticos. Agora, ele é conhecido como “Leão do Agreste”, pelo seu apetite insaciável, na promoção da figura da neta de Arraes. 

A alcunha que passa a partir de agora, a acompanhar o parlamentar, faz jus ao seu empenho para o desenvolvimento do projeto político de Marília. Por ter construído um vasto universo de amigos ao longo de sua vida pública, Alcindo tem obtido sucesso nessa trincheira: a de dar corpo a campanha de Arras. Prova do bom resultado, foi possível ver durante a agenda que a petista cumpriu aqui na região, nos municípios de Saloá, Paranatama e Garanhuns. Em todos os casos, muito em razão da peregrinação que Alcindo tem feito carregando o seu nome, Marília foi recebida de modo irrestrito e especial por todos.

Como forma de reconhecimento à Correia, ao passar por Garanhuns, onde participou de uma plenária de apoio a sua pré-candidatura, Marília fez questão de assegurar que Alcindo desempenha papel crucial no seu palanque. Sobre ele, e com exclusividade ao Blog do Gidi Santos, ela destacou: “Alcindo é um legítimo representante de Marília Arraes na região. Ele, para nossa alegria, se apropriou da candidatura, que inclusive não é apenas nossa, tão pouco apenas do PT, mas sim de todos os Pernambucanos, que acreditam que podemos colocar em prática, um projeto popular aqui no estado, aliando desenvolvimento e justiça social, como fez o presidente Lula no Brasil”.

Beto Accioly e oposição trazem Odonto Bus para cidade de Caetés

No município, ônibus terá como ponto de parada, as imediações da Igreja Central, onde oferecerá 60
atendimentos odontológicos a partir das 8 e seguindo até as 17 horas dos dias 20 e 21 deste mês.

        Numa iniciativa do Deputado Estadual Pernambucano pelo PSL, Beto Accioly, em parceria com o grupo de oposição da cidade de Caetés, trará para o município nos próximos dias 20 e 21 de março, o Odonto Bus, veículo que percorre todo o estado, oferecendo serviços odontológicos de forma gratuita à população pernambucana. Em Caetés, o ônibus terá como ponto de parada, as imediações da Igreja Central, onde oferecerá 60 atendimentos a partir das 8:00 e seguindo até as 17 horas.

Em Caetés, a oposição ao Prefeito Armando Duarte (PTB), é composta por membros do PSB, dentre eles os vereadores Jocelino Ferreira, Sebastião de Dedé, Everaldo Ribeiro e Benedito Silva, este último, em 2016, candidato à Prefeito daquele município. Na cidade, além de uma atuação efetiva na Câmara, a oposição tem ganhado notoriedade, em razão daquilo que vem produzindo no campo da saúde, como no caso da vinda do Odonto Bus.

“Nós teremos durante dois dias em nossa cidade, a oferta de extração, obturação, limpeza e restauração de dentes para aqueles que precisam desses serviços. Para a próxima vinda do ônibus, já estamos pensando numa cota ainda maior e tentando tornar ela viável. O Deputado Beto Accioly é bastante sensível a esse tipo de demanda, e ao solicitarmos o Odonto Bus ele de pronto nos atendeu”, destaca o vereador Jocelino Ferreira.

A pedido de Zeca, Arcoverde ganha nova Agência do Trabalho

Nova agência, é uma das mais modernas do Brasil e vai garantir mais conforto, qualidade, 
além de agilidade no atendimento aos trabalhadores da região. (Inaldo Sampaio – Foto Divulgação).

Na última sexta-feira (16), Arcoverde foi contemplada com uma nova e moderna Agência do Trabalho construída pelo superintendente do Ministério do Trabalho em Pernambuco, Geovane Freitas. Da inauguração participaram o ministro interino do do Trabalho, Helton Yomura, o deputado federal Zeca Cavalcanti (PTB), de quem partiu o pedido para que a cidade fosse contemplada com a nova agência, o deputado estadual Júlio Cavalcanti (PTB), o presidente da Força Sindical, vereador Rinaldo Júnior (PRB), o presidente da UGT, Gustavo Walfrido e vários outros sindicalistas.

Em seu discurso, Geovane Freitas declarou que “um dos momentos mais difíceis da minha vida foi quando fui nomeado superintendente do Ministério do Trabalho em Pernambuco por indicação do deputado Zeca, que me confiou esse desafio. Mas foi o estímulo dele, de minha esposa, Clara e do meu filho, Dudu, que me fez enfrentá-lo para que hoje pudéssemos comemorar esta grande conquista”.

Segundo ele, a superintendência deixou de ser  apenas um órgão emissor de carteiras de trabalho para se transformar num canal de negociação entre trabalhadores e empresários, e de qualificação profissional de trabalhadores. Por fim, garantiu que a nova Agência do Trabalho de Arcoverde é uma das mais modernas do Brasil e vai garantir “mais conforto, qualidade e agilidade no atendimento aos trabalhadores da região”.

Bolsonaro silencia sobre violência e morte de vereadora no Rio

Pré-candidato a presidência, Jair é deputado Federal pelo estado Fluminense. Sobre a morte da parlamentar,
um assessor sugeriu que ele ficasse quieto. Sua opinião seria polêmica demais. (Os Divergentes).

Para alguém que fala pelos cotovelos, especialmente quando o tema é segurança pública, cala fundo o silêncio do capitão-deputado Jair Bolsonaro (PSL), que tem se omitido sobre o assassinato da vereadora carioca Marielle Franco (PSOL). Bolsonaro não é só o candidato presidencial da direita e da bancada da bala, foi eleito pelo mesmo Rio de Janeiro de Marielle. Há forte possibilidade de que Marielle tenha sido assassinada por policiais-bandidos, fardados ou milicianos – menos por criticar a intervenção no Rio e mais por denunciar sistematicamente a violência policial em áreas pobres do Rio, como Acari, na Zona Norte, onde fica o temido 41º Batalhão da Polícia Militar, o mais letal do estado. Piadista, Bolsonaro, único dos treze pré-candidatos à Presidência que não se manifestou, mandou dizer que está com intoxicação alimentar e não poderia falar.

Um assessor sugeriu que era melhor mesmo que ficasse quieto neste momento de comoção: sua opinião seria polêmica demais. Como se não soubéssemos o que pensa. O silêncio comprometedor ganhou um motivo adicional. Descobriu-se que as balas encontradas pela Polícia Civil após o assassinato da vereadora e do motorista Anderson Gomes, na quarta, 14, são do mesmo lote das capsulas encontradas após uma chacina que ocorreu em 13 de agosto de 2015, em Osasco e Barueri, na região de São Paulo.

Na ocasião, a Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC) informou para a corporação que as balas do lote UZZ18 foram repassadas à Polícia Federal. Os responsáveis pela investigação verificam, agora, se o mesmo lote foi usado em outros crimes, incluindo os que foram praticados pela milícia no Rio. Em 2008, Marielle trabalhou na CPI das Milícias, como assessora de Marcelo Freixo, que indiciou mais de 200 pessoas.

Mas se Bolsonaro pai está em silêncio, a seita de fanáticos belicistas que o segue tem feito bastante barulho nas redes. O mínimo que dizem é que Marielle cavou a própria sepultura e que defensor de direitos humanos tem mais é que morrer crivado de balas. Eduardo Bolsonaro, filho do capitão e também deputado, tem retuitado opiniões lastimáveis. Mas também deu a sua própria. “Mais uma lição: se você morrer seus assassinos serão tratados por suspeitos, salvo se você for do PSOL, aí você coloca a culpa em quem você quiser, inclusive na PM. Eis o verdadeiro preconceito, a hipocrisia. ‘Para os meus amigos tudo, aos demais a lei'”. Outro filho de Bolsonaro, o deputado estadual Flávio, num surto de humanidade, chegou a dizer que lamentava a morte, em sua conta no Twitter, e que sempre tivera “relação respeitosa” com a vereadora. A mensagem, no entanto, foi apagada posteriormente. Talvez seja melhor mesmo Bolsonaro, o pai, continuar de boca fechada.

Michel Temer decide disputar reeleição à Presidência do Brasil

Sem pressa com relação ao calendário eleitoral, já que não precisa deixar o cargo até abril para concorrer,
Temer poderá esticar ao máximo o anúncio oficial de sua candidatura. (JC Online – Foto: Beto Barata/).

Após negar reeleição, o presidente Michel Temer avisou no último sábado (17) aos seus principais interlocutores sobre seus planos de disputar a candidatura à Presidência do Brasil de 2018. Segundo informações do jornal Estado de S. paulo, Temer se diz capaz de "defender seu legado e sua própria honra" e que acredita na recuperação da economia, entre outras medidas, para o colocarem de forma competitiva no pleito deste ano.

Sem pressa com relação ao calendário eleitoral, já que graças a legislação ele não precisa deixar o cargo até abril para concorrer, Michel Temer poderá esticar ao máximo o anúncio oficial de sua candidatura. Até o último mês de fevereiro, mesmo não tendo declarado que iria disputar a reeleição deste ano, o presidente Michel Temer (PMDB) liderava o índice de rejeição de pesquisa Datafolha, divulgada no dia 30 de janeiro pelo jornal Folha de S.Paulo. No levantamento, 60% dos entrevistados declararam que não votariam no peemedebista de jeito nenhum.

Já sabiam - O próprio marqueteiro de Michel Temer, o publicitário Elsinho Mouco, já havia dito no último mês de fevereiro que o presidente tinha grandes chances para sonhar com reeleição, por causa da intervenção federal no Rio de Janeiro. “Ele já é candidato”, afirma. “A vela está sendo esticada. Agora começou a bater um ventinho”, comemora. As informações foram publicadas pelo colunista Bernardo Mello Franco, no jornal O Globo.

Após a publicação Elsinho divulgou nota à imprensa para ressalvar que as opiniões são dele, e não do Planalto, porque ele não fala pelo governo. “Nunca falei, não falo, nem tenho alçada para falar em nome do governo. E se falasse em nome do governo, não exporia as minhas ideias a respeito dos assuntos perguntados, mas as do presidente. Que neste caso são diametralmente opostas às minhas. O presidente Michel Temer nunca me autorizou a fazer qualquer movimento de natureza eleitoral”, diz trecho da nota.

Mendonça Filho libera R$ 21,5 milhões de reais para o Agreste

“A educação, como uma casa, deve começar pela base. Se não tiver base, ela não vai 
ter condição de ser uma edificação”, destaca o ministro. (Blog do Jamildo – Foto: André Nery).

O ministro da Educação, Mendonça Filho, do Democratas cumpriu agenda no último sábado, 17 de março no interior do Estado, para anunciar a liberação de R$ 21,5 milhões em investimentos nos municípios de Toritama, Santa Cruz do Capibaribe, São Bento do Una e Sanharó. Segundo o MEC, os recursos serão usados na construção de creches e escolas, e na aquisição de ônibus escolares nos municípios da região.

Em Toritama, Mendonça Filho anunciou o investimento de R$ 4,4 milhões para a construção de uma escola com 12 salas de aula e capacidade para atender até 780 estudantes. Parte destes recursos também será utilizada para a aquisição de dois ônibus escolares que atenderão, principalmente, estudantes de áreas rurais.

“A educação, como um prédio ou uma casa, deve começar pela base. Se não tiver base, ela não vai ter condição de ser uma edificação, do ponto de vista social, segura e perene para os anos”, disse o ministro pernambucano no sábado, lembrando que o ensino superior é a última etapa. “Se não tiver base, não vai chegar ao curso de nível superior, como aconteceu com muitos brasileiros espalhados por todo nosso país”, 

Em Santa Cruz do Capibaribe, o democrata anunciou a liberação de R$ 8,7 milhões de reais para a educação daquela cidade. Os recursos terão como destino a construção de duas creches, sendo uma no Sítio Malhada do Meio, com capacidade para atender até 376 crianças, e a outra em Gavião, com capacidade para 188 crianças; uma escola, que poderá abrigar até 780 estudantes e a aquisição de três ônibus escolares.

Em São Bento do Una, foram liberados R$ 4,2 milhões em investimento. Os recursos serão destinados à construção da Creche Espírito Santo, que permitirá atender até 376 crianças em dois turnos e de uma escola com seis salas de aula e capacidade para até 360 alunos. Os estudantes desta cidade também serão beneficiados com dois ônibus escolares.

Em Sanharó, por fim, foram liberados R$ 4,2 milhões de reais, que servirá para construção de uma escola com 12 salas de aula, e que terá capacidade para atender até 780 alunos, além da aquisição de um ônibus escolar.

Em Condado, Armando critica quadro atual da gestão de Paulo

Monteiro “Vocês sabem que Pernambuco está vivendo um período difícil na segurança, saúde e outras áreas.
Esse ano vai ser importante porque todos vão ser convocados, através das eleições, a se manifestarem”.

O senador Armando Monteiro (PTB) esteve presente na entrega da requalificação do hospital municipal João Pereira de Andrade, em Condado, comandada pelo seu aliado o petebista Antônio Cassiano. A pouco menos de um mês da definição do candidato do grupo de oposição “Pernambuco quer mudar” ao governo, o parlamentar – que ao lado do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) disputa a indicação – aproveitou para criticar o quadro atual da gestão do governador Paulo Câmara (PSB).

“Vocês sabem que Pernambuco está vivendo um período difícil na segurança, saúde e outras áreas. E esse ano vai ser importante porque todos vão ser convocados, através das eleições, a se manifestarem. O pernambucano terá a responsabilidade de fazer a reflexão e construir um futuro que poderá ser melhor para o nosso Estado”, afirmou.

Em meio a disputa interna no PT que teve como último episódio o afastamento do ex-prefeito João Paulo, a deputada petista Teresa Leitão também esteve presente ao lado do deputado José Humberto Cavalcanti e do deputado federal Jorge Côrte Real, ambos do PTB, além de vereadores, secretários e lideranças da região.

Requalificação do Hospital - A primeira etapa da reforma do Hospital João Pereira de Andrade, na cidade de Condado, Zona da Mata de Pernambuco, foi concluída, incluindo a ampliação das salas Vermelha e de Parto. A obra teve o custo de R$ 300 mil reais. A segunda etapa prevê, a ampliação das salas para consultas médicas, reforma da Enfermaria e do Necrotério, além de aquisição de novos equipamentos. 

Segundo a Prefeitura, esse serviço será iniciado nos próximos meses e será executado com recursos de uma emenda no valor de R$ 300 mil, viabilizada por Armando. Durante a cerimônia de entrega da requalificação do hospital, o prefeito Antônio Cassiano também entregou um ônibus TFD e uma ambulância para assistência à população.