sexta-feira, 16 de março de 2018

Pernambuco registra 2º fevereiro mais violento dos últimos 10 anos

No estado, mês passado, quase 15 homicídios por dia foram registrados. Somados os dois primeiros 
meses deste ano, já são 864 assassinatos praticados em Pernambuco. (JC Online - Foto: Arquivo).

Apesar de registrar uma queda de 16,13% no percentual de homicídios contabilizados no mês de fevereiro deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado, Pernambuco continua com uma média de quase 15 assassinatos por dia. Foram contabilizados no mês de fevereiro deste ano, 416 mortes violentas, 80 a menos do que o registrado no mesmo mês ano passado, 2017. Na série histórica, no entanto, fevereiro de 2017 aparece como o segundo mais violento dos últimos dez anos. Somados, nos dois primeiros meses deste ano, já são 864 assassinatos praticados no Estado, número alarmante.

O comparativo entre os meses de janeiro e fevereiro de 2018 apontam uma redução de 7,1% dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs). Esse percentual se explica, em parte, pela queda acentuada de homicídios em algumas das cidades que aparecem no ranking das mais violentas. Jaboatão dos Guararapes registrou a maior queda. Foram 40 assassinatos em janeiro e 26 CVLIs em fevereiro. Já Olinda contabilizou 29 homicídios no primeiro mês do ano, contra 17 no mês passado.

Na contramão da redução, duas cidades chamam a atenção pelo crescimento no número de assassinatos. Caruaru, no Agreste, vinha apresentando uma melhoria nos indicadores, mas, em fevereiro, o total de homicídios registrados no município praticamente dobrou, comparado com o mês anterior. Foram 10 CVLIs em janeiro e 19 no mês passado.

Houve uma explosão de violência também em São José da Coroa Grande, no Litoral Sul, palco de uma chacina no mês passado. A cidade que, em janeiro, registrou duas mortes, fechou o mês de fevereiro com 11 assassinatos. Os roubos seguidos de morte apresentaram uma das maiores reduções, em comparação com fevereiro do ano anterior. Caíram de 27 para 13 ocorrências, ou seja, um decréscimo de 51,85% nos índices.

De uma forma geral, os dados da Secretaria de Defesa Social apontam como a principal motivação para os homicídios a ligação com atividades criminais. Em 75% dos casos notificados em fevereiro de 2018, os assassinatos têm relação com o tráfico de drogas e acertos de contas entre grupos rivais).
.

PF: "Aparelho apreendido com Aécio é bloqueador ilegal de sinal"

Artefato recolhido de Tucano, integra conjunto de informações sobre o senador com base 
na delação de executivos da JBS, na Operação Patmos. (Estadão Conteúdo – Foto: Divulgação).

Relatório da Polícia Federal entregue ao Supremo Tribunal Federal (STF) mostra que um aparelho apreendido em apartamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) no Rio de Janeiro, durante a Operação Patmos, é um bloqueador de sinal telefônico proibido pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

O laudo frisa que o uso dessa classe de aparelho é vedado pela Anatel. "O ruído produzido causa interferência nos serviços de telefonia móvel celular 2G e 3G, dependendo da intensidade do sinal em relação à Estação Rádio Base pode causar a interrupção do serviço. Assim, o uso de equipamentos dessa natureza é vedado pela Anatel", diz.

As informações fazem parte do conjunto de apurações sobre o senador com base na delação de executivos da JBS, na Operação Patmos. A investigação em andamento é por suspeitas do crime de lavagem de dinheiro. Em junho do ano passado, o tucano foi denunciado pelo então procurador-geral da República Rodrigo Janot sob acusação dos crimes de corrupção passiva, pelo repasse de R$ 2 milhões da JBS, e obstrução de Justiça, pela suspeita de que tenha agido para barrar os avanços da Operação Lava Jato.

A Polícia Federal mandou um memorando com as informações da perícia em dezembro do ano passado. O ministro Marco Aurélio Mello é relator da ação cautelar que permitiu as buscas e apreensões que tiveram como alvo, entre outros, Aécio e o também senador Zezé Perrella, do MDP, do Estado de Minas Gerais.

João Paulo pede licença do PT alegando descontentamento interno

Ex-presidente Lula e ainda a presidente nacional da legenda, Gleisi Hoffmann, 
teriam tentado convencê-lo a rever posição. (Diário de Pernambuco – Foto: Divulgação).

No Partido dos Trabalhadores (PT) desde que foi criado em Pernambuco, há 38 anos, o ex-prefeito do Recife João Paulo protocolou na sede do PT estadual, na última terça-feira, pedido de licença da legenda. Na prática, sua decisão configura-se em desfiliação, já que o estatuto do partido não prevê o licenciamento de filiados. Os motivos para decisão tão radical foram os constantes ataques de infidelidade e as acusações de que ele estaria forçando uma aliança com o PSB em detrimento da candidatura própria no estado.

As acusações estariam sendo creditadas ao grupo da vereadora Marília Arraes, principal postulante do PT para disputar o governo de Pernambuco. O pedido de licenciamento de João Paulo caiu como uma “bomba” no ninho petista. A estratégia montada pelo partido, inicialmente, foi de não divulgar a notícia para tentar demover o ex-prefeito da decisão. A partir daí, começou a operação “fica João Paulo”. 

Segundo informações de bastidores, dirigentes nacionais e locais do PT, dentre eles, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a presidente nacional da legenda, Gleisi Hoffmann, teriam ligado para João Paulo para tentar convencê-lo a rever seu posicionamento.

No entendimento dos caciques petistas, com a legenda fragilizada nacionalmente, a saída de João Paulo neste momento poderia enfraquecer ainda mais a sigla no estado, dificultando a formação de alianças. Internamente, João Paulo vem há meses demostrando incômodo com a situação e estressado por conta dos ataques endereçados a ele e ao senador Humberto Costa (PT) em função da possibilidade de uma aliança com o PSB na corrida majoritária em busca do governo do estado, nas eleições deste ano.

Para os amigos, ele teria revelado que está numa outra fase da vida. Que passou a lecionar em universidade, faz curso de inglês e que já tinha enfrentado muitas batalhas dentro e fora do partido, mas não estava suportando os ataques. “Não é um problema partidário. João Paulo está bastante chateado é com a política rasteira de ataques que vem sofrendo junto com Humberto”, revelou um aliado do petista. Ao ser questionado sobre a desfiliação, João Paulo afirmou que não falaria sobre o assunto.

Marília Arraes: “João Paulo sempre foi uma inspiração pra mim”

Frase da petista, vem após ela e seu grupo serem acusados pelo afastamento do
Ex-Prefeito do Recife, João Paulo do PT, ocorrido na última terça-feira (13).

Nota de esclarecimento:

“É com surpresa que tenho acompanhado o surgimento de uma série de notícias e especulações atribuindo a mim, e a pessoas de minha proximidade dentro do Partido dos Trabalhadores, supostas ações de enfrentamento/críticas/acirramento contra o ex-prefeito João Paulo, o que segundo fontes - que não mostram o rosto ou a voz - teria motivado o pedido de afastamento do partido, oficializado por ele, na última terça-feira. Sou militante da esquerda desde jovem e a figura de João Paulo sempre foi uma inspiração pra mim.

Muito mais que isso, sua liderança histórica no PT, seu trabalho revolucionário no comando da Prefeitura do Recife, sua atuação aguerrida como parlamentar na Câmara Municipal do Recife, na Assembleia Legislativa de Pernambuco e na Câmara Federal são um exemplo para qualquer militante ou parlamentar que tenha compromisso com as causas populares e a justiça social. A disposição de me lançar pré-candidata ao Governo do Estado, nascida a partir do estímulo da base partidária do próprio PT – não pode ser confundida ou transformada, por pessoas costumam atuar para desagregar, em algo diferente do que é: uma proposta legítima, sempre submetida ao debate interno.

O PT é um partido conhecido pela pluralidade de opiniões e pela ampla democracia interna, no qual as divergências são tratadas como degraus de uma construção coletiva. Vivemos momentos graves na Política nacional e local, com a fragilização de nossa jovem democracia e o retrocesso de direitos e conquistas históricas. E é exatamente para tentar tirar o foco de nossa verdadeira luta, que forças aliadas ao que há de mais retrógrado e nocivo na política brasileira, querem dispersar nossas atenções e energias.  Sigo com a certeza e a tranquilidade de quem cumpre seu papel de parlamentar, mulher, militante e cidadã pernambucana e sempre à disposição para o debate e a construção coletiva de um País e de um Pernambuco melhor para todos.”

Marília Arraes – PT/Vereadora do Recife

Viva Dominguinhos 2018 terá shows de Fagner e Dorgival Dantas

Além deles, outros nomes nacionais estarão se apresentando no evento,
como Waldonys, Alcymar Monteiro e Golden Hits. (Secom/PMG - Fotos: Divulgação)

Na manhã desta quinta-feira (15), foi apresentada a grade de programação, contendo os artistas que se apresentarão na quinta edição do Festival Viva Dominguinhos aqui de Garanhuns. A apresentação dos nomes, feita pelo Prefeito Izaías, ocorreu na sede do Governo Municipal, o Palácio Celso Galvão. De 19 a 21 de abril, grandes nomes da música nacional e local se apresentarão em dois palcos com shows diurnos e noturnos. Além disso, serão realizados projetos especiais que envolvem a comunidade escolar, pintura de mural, Caminhada do Forró e Workshop para Sanfoneiros. Toda a programação é gratuita.

A estrutura montada para o evento seguirá os mesmos padrões dos anos anteriores, com o Palco Viva Dominguinhos funcionando na praça de mesmo nome, onde acontecem os shows noturnos. Não há camarotes em estruturas elevadas e sim praças de alimentação nos dois lados da praça. Durante o dia, na sexta e no sábado, o palco canta Dominguinhos, no Espaço Colunata, apresenta toda a riqueza da produção local. “É um evento que fortalece a nossa economia, é a abertura das legítimas festas juninas do Nordeste. Dominguinhos não morreu porque a música não morre, ela é eterna”, declara o prefeito.

Assim como em anos anteriores, o Desmistificando a Sanfona levará a história e noções do instrumento para alunos da Rede Municipal de Ensino durante uma semana. Em 2017 mais de 250 estudantes da rede participaram do projeto. Na Avenida Rui Barbosa um painel com cerca de 100 metros vai retratar detalhes da vida e da carreira de Dominguinhos. A novidade deste ano é a realização de Workshop Sanfona de Dominguinhos. No sábado (20), a Caminhada do Forró faz um cortejo musical pelas ruas da cidade.

O Viva Dominguinhos é realizado pelo Governo Municipal por meio da Secretaria de Turismo e Cultura, com apoio direto das Secretarias de Educação, Comunicação Social, Saúde, Assistência Social e Direitos Humanos e Infraestrutura. Ainda são parceiros a AMSTT, Conselho Tutelar, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e SAMU.

Cobertura  da imprensa - A cada ano o Viva Dominguinhos tem atraído o interesse da imprensa. No ano passado, foram credenciados mais de 60 profissionais de imprensa. Este ano o credenciamento foi  aberto no último dia 13 de março e segue até 10 de abril. Mais uma vez a Rede Globo Nordeste vai realizar a transmissão do evento ao vivo para todo o Nordeste. No ano passado a emissora transmitiu dois dias do evento. Este ano serão transmitidos os três dias, com uma estrutura de 11 câmeras.
.

ABAIXO, VOCÊ CONFERE A PROGRAMAÇÃO:
PRAÇA MESTRE DOMINGUINHOS


19/04 - QUINTA
MORINHA DO FORRÓ
QUINTETO VIOLADO
SANTANA
JORGE DE ALTINHO


20/04 - SEXTA
FORRÓ CULÉ DE XÁ
ANDRÉA AMORIM E ORQUESTRA
GOLDEN HITS
MARIANA AYDAR E MESTRINHO
DORGIVAL DANTAS
WALDONYS

21/03 - SÁBADO
KIARA RIBEIRO
MARINA ELALI
FAGNER
ALCYMAR MONTEIRO

ESPAÇO COLUNATA
20/04 - SEXTA
RODA DE SANFONA I
MESSIAS SANFONEIRO E
A MORENA FORROZEIRA
OS COROAS DO FORRÓ
VALÉRIA SANTOS
IVAN MACEIÓ
FORRÓ DO XEEH
FORRÓ PESADO DE GARANHUNS


21/04 - SÁBADO
RODA DE SANFONA II
PROJETO SEU DOMINGU´S
GENA DE ALTINHO
MATEUS CORDEIRO
ORQUESTRA DE SANFONAS

GARANHUNS DOMINGUINHOS
AMANDA BACK
NANDO AZEVEDO

PROJETOS DURANTE O EVENTO
CAMINHADA DO FORRÓ
DESMISTIFICANDO A SANFONA
DOMINGUINHOS EM QUADROS
WORKSHOP SANFONA DE DOMINGUINHOS

.