sábado, 24 de fevereiro de 2018

Zaqueu descarta ida à oposição de Izaías: “Sou aliado de 1ª hora”

Posição adotada pelo parlamentar garanhuense, vem após seu nome ter sido ventilado, numa possível 
composição política, onde ele apareceria nas municipais de 2020, como candidato a Prefeito.

Cumprindo seu quinto mandato parlamentar no Poder Legislativo de Garanhuns, atual vice-presidente da Casa e ainda relator da comissão mais importante da Câmara, a de Legislação, Justiça e Redação de Leis, Zaqueu Naum, PRB, afastou de vez as cogitações de que ele estaria seguindo para oposição ao Prefeito Izaías, ao mesmo tempo em que também estaria compondo uma frente, cujo objetivo, seria projetar um postulante ao Palácio Celso Galvão nas próximas eleições municipais, marcadas para 2020.

Na última quarta-feira (21), ao se posicionar sobre essas especulações que circulam nos bastidores da política local e ainda em parte da imprensa de Garanhuns, Zaca, como é conhecido o parlamentar, foi taxativo, ao reafirmar seu apoio ao Prefeito Izaías. “Eu continuo na base do Prefeito, dando a minha contribuição à nossa cidade, ajudando o nosso município e fazendo o meu papel de vereador. Sigo sendo aliado de primeira hora do Prefeito Izaías e não há nada sendo discutido nesse sentido”, cravou Zaqueu em plenário.

A posição adotada pelo parlamentar, vem após seu nome ter sido ventilado, numa possível composição política, onde ele apareceria nas municipais de 2020, como candidato a Prefeito, ou ainda a vice, fazendo corpo frente a candidatura que deve ser apresentada pelo Prefeito Izaías. Segundo Zaca, essa possibilidade sequer vem sendo considerada por ele, daí portanto sua fala feita na quarta, que registramos em plenário.

MP cobra correção de irregularidades em Escolas de Garanhuns

Reparo em ônibus do Transporte Escolar, fornecimento de água potável ào alunado, e ainda, 
a reforma de uma unidade de ensino, fazem parte das cobranças do MPPE a Secretaria de Educação.

Com o objetivo de reparar as irregularidades na escola Abílio Valença, em Garanhuns, o procurador João Antônio Pontes, junto a servidores da Secretaria de Educação, firmaram Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) perante o Ministério Público de Pernambuco (MPPE). Em 19 de fevereiro, foi realizada uma audiência ministerial com objetivo de analisar a situação da escola, durante a qual foi verificado que não era a única do município que sofria com irregularidades diversas. Foram elaboradas uma série de medidas para que os problemas encontrados fossem devidamente ajustados.

A superlotação do transporte denunciada pelos pais e mães de estudantes da rede municipal de ensino, deve ser ser corrigida imediatamente, observando para que o transporte de estudantes da escola, assim como os das demais unidades de ensino do município, observem o limite de lotação. Deve garantir ainda o acesso escolar a todos os estudantes que necessitem do transporte, assim como o fornecimento de água potável para os alunos, professores e funcionários da escola consumirem.

É necessário também providenciar o conserto da porta do ônibus que transporta os estudantes e encaminhar o comprovante de que tanto ônibus quanto seu motorista são devidamente autorizados pelo Departamento de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE). A Secretaria de Educação deverá realizar um levantamento e saneamento completo das irregularidades, apresentando relatório ao Ministério Público de Pernambuco aqui em Garanhuns, inclusive quanto à reforma necessária na escola, com o devido cronograma.

Boa notícia. Obra da Ceaga deve retornar dentro de dois meses

Carlos Carvalho: “Praticamente 80% da nova Ceaga está concluída. Ela está  gora 
em fase final de acabamento. Após a recuperação da drenagem, finalizaremos a obra".

Parada em razão de problemas alheios a ação humana, a obra que que se encarregará de edificar dois importantes novos pavilhões da Central de Abastecimento de Garanhuns (Ceaga), segundo informa o atual Secretário de Planejamento e Gestão de Garanhuns, Carlos Carvalho (foto acima), deve retornar dentro de um prazo de dois meses.

De acordo com ele, que falou com exclusividade ao Blog do Gidi Santos, a construção da nova central sofre há meses com um problema que guarda relação com as chuvas. Segundo Carvalho, essas águas pluviais, não estão sendo drenadas da forma esperada - com isso, o bom andamento da obra acaba sendo inteiramente comprometido.

O secretário se refere, especificamente, a tubulações que estão situadas paralelamente a obra, na rua André Vidal de Negreiros e que são responsáveis pela absorvição dessas águas. Para solucionar a adversidade, uma licitação foi iniciada na última semana, afim de contratar uma empresa, que se encarregará de restabelecer o bom funcionamento dessa drenagem. Com isso, o piso da nova central, não sofrerá inundações, como vem ocorrendo, quando as chuvas alcançam a região onde ela vem sendo construída.
.

Num primeiro momento, o Governo Municipal de Garanhuns considerou a possibilidade de se utilizar dos serviços da Secretaria de Obras e Serviços Públicos do Município, com o titular da pasta, Pedro Maia, para proceder com os trabalhos de reestruturação das tubulações, apesar disso, informou Carlos à nossa redação, optou-se por elaborar um processo licitatório, dada a confirmação da viabilidade da contratação de uma empresa terceirizada para realizar os reparos.

“Praticamente 80% da nova Ceaga está concluída. Ela está agora em fase final de acabamento, faltando apenas concluir a elétrica do segundo pavilhão, reservatórios, tratamento para os esgotos e por fim os pisos. Após a recuperação da drenagem, finalizaremos a obra”, revelou o Secretário de Planejamento, ao Blog, neste sábado (24).

A nova Central de Abastecimento de Garanhuns é uma antiga promessa de campanha do atual Prefeito Izaías, que agora, se aproxima de ser concretizada. Como forma de apoiar a política de gestão da Cega, emplacada pelo Governo Municipal de Garanhuns, o Senador Armando Monteiro, do PTB aqui de Pernambuco, foi o responsável por viabilizar, em Brasília, no Senado, junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a maior ordem de recursos destinada a edificação da central: quase R$ 5 milhões de reais (R$ 4,875.000,00). Some-se também, a colaboração do Deputado Federal Jorge Côrte Real, que assim como Armando, angariou subsídios para construção.

“Quem mais ajuda Garanhuns é o deputado Jorge Corte Real e o senador Armando Monteiro. Esses dois sempre alocam recursos expressivos para o município. A maior parte do dinheiro para a reforma da Ceaga foi conquista do deputado e do senador, ambos do PTB. Além do problema com a drenagem, a obra está atrasada por conta da burocracia da Caixa Econômica Federal, que às vezes demora na liberação de recursos, porém até julho deste ano (2018), ela deve estar concluída, beneficiando os comerciantes e consumidores da Central de Abastecimento”, assegura o Prefeito Izaías.
.

Izaías assina Protocolo de Intenções para acesso ao INSS Digital

Régis: “Essa parceria vai facilitar o acesso aos serviços do INSS aos cidadãos de Garanhuns, 
que poderão fazer o pedido de benefício diretamente na Prefeitura”. (Secom/PMG).

O prefeito Izaías Régis (PTB), assinou na última quinta-feira (22) o Protocolo de Intenções junto à Gerência-Executiva do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para que seja firmado um Acordo de Cooperação Técnica entre o Município e o INSS para proporcionar, através de órgãos da Prefeitura, o acesso ao INSS Digital.

O INSS Digital consiste no atendimento através de processos eletrônicos, como agendamento e concessão de benefício, para o segurado pela internet e através de entidades representativas, ou seja, conceder o direito do cidadão, neste caso, em especial ao garanhuense, sem que ele tenha necessariamente, que ir a uma agência do INSS.

“Essa parceria vai facilitar o acesso aos serviços do INSS aos cidadãos de Garanhuns, que poderão fazer o pedido de benefício diretamente na Prefeitura, sem precisar ir a uma Agência do INSS. Como o processo é eletrônico pode ser acompanhado pelo segurado, pela internet”, explica o gestor Izaías Régis.

Após a assinatura do Acordo de Cooperação Técnica e da construção do Plano de Trabalho, os idosos e as pessoas com deficiência poderão solicitar seu Benefício Assistencial em um dos postos de atendimento da Prefeitura, facilitando a vida do segurado que não precisará mais se deslocar à uma agência do instituto.

Porto vem a Garanhuns e pavimenta caminho de volta ao PTB

Durante agenda cumprida aqui na cidade, deputado participou de reunião na 
sede do Governo local, o Palácio Celso Galvão, com diversos vereadores.

Na reta final do prazo para migração partidária, o deputado estadual pernambucano pelo PSD, representante da região Agreste Meridional na Assembleia Legislaiva, Álvaro Porto, reforça a reaproximação com o PTB, sigla para qual deve retornar. Nesta quinta-feira (22), aqui em Garanhuns, o parlamentar visitou o prefeito Izaías Régis (PTB) e o vice-prefeito, Haroldo Vicente, que integra os quadros do PSC. 

Durante a agenda cumprida aqui na cidade, Porto participou de reunião na sede do Governo local, o Palácio Celso Galvão, com os vereadores Alcindo Correia (PCdoB) , Carla de Vilaço ( PTB), Professor Márcio (PHS), Gersinho Filho (PTB), Ary Júnior (PTB), Daniel da Saúde (PSC), além dos ex-vereadores Zé de Vilaço e Diretora Nelma, e do atual secretário de Governo e Articulação Política de Garanhuns, Mewitton Araújo.

O fortalecimento do diálogo com representantes da sociedade civil e lideranças de Garanhuns, principal colégio eleitoral da região Agreste Meridional do Estado, vem sendo construído por Porto desde 2015. Representante da região na Alepe, Porto está no primeiro mandato e tem feito da defesa do Agreste a principal bandeira da sua atuação na Casa.

O deputado foi eleito pelo PTB e se filiou ao PSD em 2016. Mesmo sendo a sigla integrante da base do governo Paulo Câmara (PSB), Porto mantém uma postura independente em relação ao Palácio do Campo das Princesas, jamais deixando de apresentar críticas e cobranças à gestão estadual.

Paulo: “Governo Federal trata segurança de maneira improvisada”

Para Câmara, criação do novo Ministério de Segurança Pública, não resolverá 
a questão da segurança pública no País. (Mariana Araújo – Foto: Hélia Scheppa/SEI).

O governador do Estado de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) criticou a criação do ministério de Segurança Pública, proposta pelo presidente Michel temer (MDB), nesta sexta-feira (23), na sede do Governo do Estado, o Palácio do Campo das Princesas. Para o socialista, o tema está sendo tratado pelo governo federal, de maneira improvisada e a nova pasta não irá resolver a questão da segurança pública no País.

"Precisou agora ter um grande estresse como o que está ocorrendo em alguns Estados para que o governo começasse a falar nisso de forma, ao meu ver, muito improvisada", afirmou o Governador, referindo-se à intervenção federal no Rio de Janeiro na área de segurança. O registro da fala de Paulo, foi feito após a solenidade que se encarregou de lançar a edição deste ano, do programa Governo Presente

"É só ler o que a imprensa publica, a forma como as atuações estão ocorrendo para ver que o planejamento ficou bem aquém do necessário para um assunto tão sério e um assunto que não é só exclusivo e pontual em alguns locais", acrescentou o governador.

Ainda de acordo com o socialista, os governadores não foram chamados para construir uma política nacional de segurança conjunta. "Não dá para a gente tratar um tema como esse de maneira improvisada. Isso precisa de planejamento. Precisa ouvir os governadores do Nordeste, que falam desse tema há muito tempo, inclusive da questão das fronteiras e do aumento do tráfico de drogas", afirmou o Governador.

Guilherme Uchoa: “Meu problema é com o PDT. Vou sair do partido”

Veto a entrada de seu filho a legenda, é o principal motivo da
saída de Uchô do PDT. (Anderson Bandeira – Foto: Gus).

O presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), Guilherme Uchoa, deixará o PDT, sigla que está a mais de duas décadas. A decisão de deixar o partido foi confirmada nesta quinta-feira, 22, pelo pedetista em conversa com a Folha de Pernambuco. O motivo da debandada seria o veto dado pela executiva estadual da sigla ao ingresso do empresário, Guilherme Uchoa Junior, no Partido Democrático Trabalhista (PDT). 

Atualmente, Uchoa Junior está integra os socialista pernambucanos, no PSB, mas procurava uma legenda para disputar o mandato de deputado federal. A expectativa era que o empresário fosse para o PDT numa articulação feita pelo pai. No entanto, em resolução feita pela cúpula do partido local, leia-se o presidente Wolney Queiroz, ficou definido que ninguém com mais de 50 mil votos entraria na legenda, o que sustou completamente os anseios de Uchoa Junior que espera ultrapassar a marca dos votos delimitados. 

O óbice criado, no entanto, gerou a revolta do chefe do Legislativo. Nos bastidores, comenta-se que o pedetista estaria revoltado com o Palácio por deixar livre os aliados a realizarem chapinhas para atenderem os interesses das lideranças partidárias. Apesar disso, Guilherme minimiza: "O meu problema é com o PDT. Vou sair do partido no dia 7 de março com os quadros do partido", anunciou o deputado e em tom de ironia disparou: "Eu já vi deputado sem voto ser rejeitado, agora com voto, é a primeira vez", disse.