quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

PE: Governador libera mais R$ 82 milhões para Adutora do Agreste

Com a liberação prometida nesta quinta, pelo Ministro da Integração Nacional, Estado de 
Pernambuco baterá a meta dos R$ 150 milhões liberados do Orçamento 2018. (SEI).

BRASÍLIA - O governador Paulo Câmara conseguiu assegurar a liberação de mais R$ 82 milhões do Orçamento Geral da União (OGU) para as obras da Adutora do Agreste. A garantia foi dada nesta quinta-feira (12) em audiência com o ministro da Integração Nacional, Antônio de Pádua. O OGU 2018 previa R$ 150 milhões para a Adutora. "Ao término do ano, essa liberação é fundamental para que as obras tocadas pela Compesa tenham andamento e possam beneficiar o maior número de pessoas. O ministro Pádua teve a sensibilidade em compreender a importância da Adutora para Pernambuco e assumiu esse compromisso conosco e está cumprindo", avaliou Paulo. 

Atualmente, a Adutora do Agreste é a obra hídrica mais importante para o enfrentamento da seca que castiga Pernambuco e o Nordeste. “Com muita dedicação e empenho do governador, a Compesa vem conseguindo vencer as etapas para levar água para a população", afirmou o presidente da estatal pernambucana, Roberto Tavares, que participou da audiência, juntamente com o secretário-chefe do Gabinete do Governo de Pernambuco, José Neto. “A água já começa a chegar em Pesqueira e também chegará a Belo Jardim, beneficiando municípios vizinhos como Sanharó, Tacaimbó, Alagoinha e São Bento do Una”, completou Paulo Câmara.

O governador também destacou a importância de o Governo Federal acelerar as obras do Ramal do Agreste, para que, no futuro, Pernambuco possa levar as águas do Velho Chico para 68 municípios.  

Com a liberação prometida hoje, que se somará aos R$ 68 milhões repassados nos últimos dois meses, Pernambuco baterá a meta dos R$ 150 milhões liberados do Orçamento 2018. “Considero fundamental a atuação pessoal do governador Paulo Câmara na liberação dos recursos, ratificando a dedicação e compromisso com a melhoria do abastecimento em todas as regiões de Pernambuco”, destacou Roberto Tavares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário