segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Sivaldo sinaliza que Hospital Mestre Dominguinhos sairá do papel

De acordo com Albino, compromisso para edificação da unidade de
saúde, partiu do próprio governador reeleito Paulo Câmara (PSB).

Vivendo a expectativa de assumir o mandato de deputado estadual no próximo ano, o ex-gerente da casa civil do Governo do Estado de Pernambuco, Sivaldo Albino (PSB), manifestou em recente entrevista concedida ao jornalista e Blogueiro garanhuense, Kléber Cisneiros, que a construção do Hospital Regional Mestre Dominguinhos (HRMD), aqui em Garanhuns deve finalmente sair do papel nos próximos anos.

De acordo com Albino, o compromisso para edificação da unidade de saúde, partiu do próprio governador reeleito Paulo Câmara (PSB). Em conversa com o chefe do executivo estadual, antes mesmo da eleição deste ano, ocasião em que Albino cobrou de Câmara uma posição mais clara e efetiva sobre o tema que é tão caro aos garanhuenses e ao Agreste Meridional, o Governador destacou: “Olha Sivaldo, agente consolidando o nosso mandato de reeleição, nós vamos sim, construir o Hospital Mestre Dominguinhos”.

Na entrevista que concedeu ao Programa “Cafezinho com Cisneiros”, onde discorreu sobre diversos assuntos, Albino ainda reservou espaço para esclarecer os motivos que inviabilizaram a edificação do hospital no decorrer do primeiro mandato de Câmara. De acordo com ele, a crise econômica que atingiu o país, aliada a instabilidade política, em especial a registrada nos últimos dois anos, foram fatores decisivos para que o Governo do Estado de Pernambuco não avançasse com o obra.

Convicto – Ciente da importância do hospital, Sivaldo destacou na entrevista, que perseguirá a execução da obra, ao longo dos quatro anos de mandato de deputado estadual, que tudo indica, ele irá exercer, a partir de fevereiro de 2019. “Tenho certeza, que agora vai sair”, revelou o socialista ainda em outubro passado.
.

Estrutura do Hospital – A inquietação do ex-vereador Garanhuense é justificável. É que de acordo com o Governo do Estado, a estrutura do Hospital Mestre Dominguinhos, após edificada, irá desafogar consideravelmente outra unidade de saúde aqui no município, que também é gerida pela gestão estadual: o Hospital Regional Dom Moura. Em atividade, o Mestre Dominguinhos, contará com 106 leitos; atenderá emergências adulto e pediátrica, terá um bloco cirúrgico, e ainda oferecerá o serviço de atenção de enfermaria.

No Hospital, segundo informações do Governo do Estado, ainda serão realizados atendimentos de alta complexidade, além de serem executados os programas “Doutor Chegou”; que realiza mutirões de cirurgias, consultas e exames, e o “Medicamento em Casa”; que levará remédios aos domicílios de pacientes com mobilidade comprometida. Não menos importante, o Programa “PE Conduz”, serviço gratuito de transporte especializado à pessoas com deficiência, será ampliado.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário