terça-feira, 2 de outubro de 2018

Compesa realiza ação de reflorestamento na Barragem do Cajueiro

Ação, contou com a participação de 50 escoteiros que
plantaram  mudas às margens do reservatório.

A Barragem do Cajueiro, o maior reservatório que atende a cidade de Garanhuns, no Agreste Meridional, recebeu uma importante ação da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), no último dia 29 de setembro. Um grupo de 50 jovens escoteiros, do 97º Grupo Escoteiro Governador Eduardo Campos, plantaram 500 mudas de árvores nativas na Área de Preservação Permanente (APP) da barragem.

O objetivo da Compesa com a ação às margens do reservatório foi o de promover uma atividade prática para os escoteiros sobre a importância da preservação da vegetação local, das matas ciliares, permitindo assim, a proteção das nascentes. Segundo a engenheira Florestal da Compesa, Ana Luz, iniciativas como essa trazem inúmeros benefícios para o meio ambiente em curto e longo prazo. “As matas ciliares auxiliam na preservação dos recursos hídricos, evitando o assoreamento dos corpos d'água, protegem o solo e garantem a defesa da biodiversidade", explica a engenheira.

Durante o mês de setembro, outras ações foram realizadas pela Compesa para engajar a população na preservação ambiental e disseminar o conceito de sustentabilidade. Foram promovidos um encontro com estudantes, para discutir a importância das árvores e de todos os componentes dos ecossistemas, e visitas técnicas à Estação de Tratamento de Água (ETA) de Gurjaú e à sede da Unidade de Conservação Matas do Sistema Gurjaú, em conjunto com Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH).

Além disso, segundo informa a Compesa, o Projeto Semeando Cidadania, eixo de atuação do Programa Florestar, tem formado adolescentes da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) de Vitória de Santo Antão em viveiristas florestais, integrando a convivência com a natureza como processo de ressocialização.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário