terça-feira, 2 de outubro de 2018

Ciro: "43% do eleitorado admite mudar de voto. Tô de olho nisso aí"

Sobre o impacto que a delação de Antonio Palocci poderia ter no quadro eleitoral, pedetista detonou: 
“Se eu fosse o povo brasileiro não deixaria me levar por estes assuntos de última hora”. (Estadão Conteúdo).

O candidato a presidência da República pelo  PDT, Ciro Gomes, exx-prefeito de Fortaleza e ex-governador do Ceará, afirmou nesta terça-feira (02), que vê espaço para crescimento do apoio a ele nesta última semana. De acordo com ele, essa semana será decisiva, e o dia 7, que marca a eleição deste ano, poderá ser de boa surpresa, inclusive para ua candidatura. “Tem 43% do eleitorado que admite mudar de voto e eu tô de olho nisso aí”, afirmou, sem, no entanto, deixar de criticar os institutos de pesquisa.

Ciro também advogou contra a polarização política. “Esta confrontação odienta entre (Jair) Bolsonaro e o PT vai levar o Brasil ao abismo”, disse. “Se antes eu dizia que eu queria ser presidente, agora eu falo que eu tenho de ser presidente para enfrentar isso.”

Durante a coletiva a jornalistas no sudeste, onde Ciro participou de plenária com sindicalistas, um homem passou pela rua gritando Bolsonaro. Ciro disse então que vai lutar pela reconciliação do País e contra o “fascismo” que alguns apoiadores de Bolsonaro emanam. Ele também afirmou que vai “tirar a máscara” do capitão da reserva.

Questionado sobre o eventual impacto que a delação do ex-ministro Antonio Palocci poderia ter no quadro eleitoral, Ciro pregou moderação aos eleitores. “Se eu fosse o povo brasileiro não deixaria me levar por estes assuntos de última hora”, disse.

Trump - Ciro manifestou preocupação sobre as críticas do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a postura comercial brasileira. “Está anunciada uma tensão que vai estressar o comércio internacional brasileiro”, disse. Ciro voltou a criticar também o acordo Boeing-Embraer. O pedetista voltou a dizer que, se eleito, vai revogar a parceria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário