quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Polícia Federal prende e identifica agressor de Jair Bolsonaro

Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, foi o responsável pelo atentado contra o presidenciável. Deputado, foi
atingido na região do abdômen. Lesões no fígado e no intestino estão confirmadas. (Estadão Conteúdo)

JUIZ DE FORA - A Polícia Militar do Estado de Minas Gerais confirmou  a pouco a imprensa, que Adelio Bispo de Oliveira, de 40 anos, que aparece na imagem acima, foi o responsável por esfaquear o deputado federal e presidenciável Jair Messias Bolsonaro (PSL) no início da tarde desta quinta-feira, 6, em Juiz de Fora. Ainda de acordo com a PM, Adélio foi agredido enquanto era escoltado até a delegacia da Polícia Federal na cidade. 

Bolsonaro caminhava pelas ruas do centro de Juiz de Fora e era carregado nos ombros quando Adelio se aproximou e desferiu uma facada na região do abdômen. A polícia informou que abrirá um inquérito para apurar o ataque ao candidato.

Em nota divulgada pela Polícia Federal (PF), a corporação afirma que Bolsonaro "contava com a escolta de policiais federais quando foi atingido por uma faca durante um ato público". A mensagem ainda diz que  "o agressor foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia da PF naquele município. Ainda de acordo com a nota, um inquérito policial foi instaurado para apurar as circunstâncias do fato.

Bolsonaro deu entrada no hospital por volta de 15h40 após lesão na região do abdômen. Lesões no fígado e no intestino foram confirmadas. O deputado foi atendido na área de urgência, passou por um exame de ultrassom e agora está no centro cirúrgico.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário