quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Izaías: “Paulo está descendo ladeira e levando Humberto com ele"

Segundo Prefeito, resultado da Pesquisa Datafolha divulgada ontem (19), onde Armando 
já empata tecnicamente com Paulo, reflete o desejo de mudança dos pernambucanos.

Ligado ao senador Armando Monteiro Neto (PTB); sendo seu principal aliado na região Agreste Meridional do estado, o Prefeito de Garanhuns, Izaís Régis (PTB), foi irônico ao comentar o crescimento de seis pontos percentuais de Armando na pesquisa Datafolha, divulgada nesta quarta. Considerando o avanço de Mendonça Filho (Dem), para quem Régis pede voto para senador, e ainda levando em conta que Humberto Costa caiu da 2ª para terceira posição na evolução do Datafolha, o Prefeito disparou: “Paulo está descendo ladeira abaixo e levando com ele Humberto Costa. A soberba, enfim, está com seus dias contados”.

Para o Prefeito, a oscilação de apenas um ponto do atual Governador Paulo Câmara neste novo levantamento da série do Datafolha (34% para 35%), reflete o péssimo desempenho de sua gestão. Já no caso de Armando, segundo Règis, a evolução está ligada ao desejo de mudança, aliada a alta rejeição que desfruta Câmara. Para Izaías, Armando crescerá ainda mais, e conseguirá conduzir a eleição deste ano para o segundo turno.

Briga boa - Como o Datafolha desta quarta, também retrata um segundo turno em empate técnico, Paulo 42% x Armando 39%, Régis; os coordenadores da campanha de Armando e os demais integrantes do Pernambuco Vai Mudar, estão animados, haja vista esses dados revelarem que nada está definido. Segundo o entendimento dos petebistas, no segundo round, outro cenário eleitoral será construído, e neste caso, mais favorável a Armando; que de acordo com eles, carrega o elemento da dúvida na consciência do eleitorado pernambucano, já que nunca conduziu o executivo estadual.

Virada – Fato novo, e que muitos tem considerado como decisivo, poderá emergir a partir da vereadora do Recife, Marília Arraes (PT). Em se confirmando seu apoio à Monteiro no segundo turno, e neste caso, ela já figurando como deputada federal eleita, a petista poderá arrematar musculatura final para Monteiro ascender ao Palácio do Campo das Princesas. Vai depender de muito diálogo, mas sobretudo, do PT não considerar sua postura como infidelidade partidária, já que a legenda apoia a reeleição de Paulo Câmara este ano.
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário