domingo, 23 de setembro de 2018

''Dou para as feministas ração na tigela”, diz música de Bolsonaro

Jingle de campanha do presidenciável, promoveu polêmica, ao ser executado na manhã deste
domingo, em ato a favor de sua candidatura, na capital, Recife. (JC Online – Foto: Sérgio Bernardo).

Mesmo em segundo lugar nas intenções de voto em Pernambuco (17%), a campanha de Jair Bolsonaro (PSL) a presidência da república ganhou reforço em caminhada de apoio ao candidato, que ocorreu na manhã deste domingo (23) na Avenida Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. O ato, que contou com a presença de centenas de pessoas, teve início ás 9h nas imediações da Rua Padre Bernardino Pessoa.

Vários líderes de movimentos da sociedade civil e representantes religiosos estiveram no local, que contou com um trio elétrico e carros de som. Muitas pessoas estavam com a camisas que estampavam o rosto do candidato, da seleção brasileira e com cartazes de apoio ao presidenciável, onde um deles dizia 'Pela moral, os bons costumes e a família'.

Polêmica - Durante o ato, várias músicas foram cantadas pelo público. Muitas delas faziam crítica a esquerda, a outros presidenciáveis e a políticos em geral, como a deputada Maria do Rosário, e exaltavam a direita e o candidato Jair Bolsonaro (PSL).

Em uma das canções, paródia da música 'Baile de Favela', a letra faz críticas ao feminismo e cita a Central Única dos Trabalhadores. ''Dou para CUT pão com mortadela e para as feministas ração na tigela, as minas de direita são as top mais belas, enquanto as de esquerda têm mais pelo que cadela''.

          Veja o vídeo, clicando aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário